🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-06-06T13:49:32-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Privatização

Vale a pena investir o FGTS na oferta de ações da Eletrobras (ELET3)?

Quem tiver saldo no FGTS poderá destinar até metade dos recursos à oferta pública de ações que privatizará a estatal. Saiba para quem é vantajoso e como fazer para investir

5 de junho de 2022
8:00 - atualizado às 13:49
FGTS
Período de reservas para quem quer participar da oferta vai de 3 a 8 de junho. Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Na última sexta-feira, dia 3 de junho, foi dada a largada para a oferta pública de ações que resultará na tão aguardada privatização da Eletrobras (ELET3; ELET6). E como aconteceu no início dos anos 2000 com uma oferta de ações da Petrobras e a privatização da Vale, o governo abriu a possibilidade de os trabalhadores usarem seus recursos do FGTS para participar da oferta.

Até a próxima quarta-feira (08), os trabalhadores residentes no Brasil que tiverem recursos do FGTS em contas ativas, inativas ou em fundos de Vale ou Petrobras poderão destinar até metade do seu fundo de garantia a Fundos Mútuos de Privatização - FGTS (FMP-FGTS) constituídos especialmente para investir nas ações da Eletrobras (ELET3) durante esta oferta.

A utilização do FGTS para investir na oferta da Eletrobras está prevista na Resolução nº 203/2021 do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), que estabeleceu as condições da desestatização da companhia.

A ideia é que a União, hoje sócia majoritária da Eletrobras, oferte ações ao mercado de modo a diluir a sua participação no capital da empresa de 55% a 45%, tornando-a privada. O potencial para a compra de ações da elétrica com recursos do fundo de garantia durante a oferta chega a R$ 6 bilhões.

  • ‘MULTIPLICOU PARTE DO FGTS EM MAIS DE 24 VEZES’: é isso que aconteceu com quem investiu parte do FGTS em Petrobras (PETR3) e Vale (VALE3) quando o governo permitiu. Agora com a Eletrobras, será que isso pode acontecer de novo? Baixe agora um relatório sobre a oportunidade que se abriu a empresa de energia elétrica e veja se isso pode se repetir. Basta clicar aqui.

Os interessados em fazer a migração de recursos de FMP-FGTS Petrobras ou Vale têm até amanhã, segunda-feira (06) para fazer suas reservas junto à instituição financeira administradora do FMP-FGTS Eletrobras escolhido; já aqueles que quiserem investir uma parte do saldo das suas contas no FGTS têm até quarta-feira, dia 08, para fazerem essa reserva.

O investimento de uma parcela do fundo de garantia numa oferta de ações como esta permite ao trabalhador dar um destino potencialmente mais rentável aos seus recursos do FGTS. Mas será que realmente vale a pena investir o FGTS na oferta da Eletrobras? E, se sim, como fazer?

No vídeo a seguir, eu falo sobre isso, mas esmiúço o assunto no texto mais abaixo. Confira:

Vale a pena investir o FGTS na oferta da Eletrobras?

A resposta curta e grossa é sim. Primeiro porque você não pode dispor livremente dos recursos do seu FGTS, que só podem ser acessados em situações específicas, ficando “presos” na maior parte do tempo; segundo porque a rentabilidade do FGTS ainda é baixa, mesmo com o incremento que recebeu nos últimos anos.

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço foi criado para dar algum amparo ao trabalhador em momentos difíceis e só pode ser resgatado em situações específicas, como demissão sem justa causa, compra da casa própria, aposentadoria ou em caso de doença grave ou calamidade pública (veja todas as situações que permitem resgate do FGTS).

Em 2019, o governo passou a oferecer a possibilidade também de um saque-aniversário, de valor bastante restrito, e eventualmente também permite o saque extraordinário de valores relativamente baixos, para estimular a economia, o que está ocorrendo atualmente.

Entretanto, caso você nunca tenha se enquadrado em nenhum dos casos de resgate, provavelmente ainda tem uma boa grana no seu fundo de garantia, ainda que você tenha efetuado todos os saques-aniversários e extraordinários a que teve direito.

Esses recursos que permanecem aplicados no fundo têm apresentado até uma rentabilidade razoável desde que o FGTS passou a distribuir uma parcela dos seus lucros aos trabalhadores, em 2017.

Mesmo assim, o retorno ainda tem ficado no limite da reposição da inflação nos últimos anos, e corre o risco de voltar a ficar abaixo dos principais índices de preços depois que estes voltaram a explodir.

Veja, o FGTS tem um retorno básico de 3% ao ano mais Taxa Referencial (TR), um componente que passou anos zerado e só agora, com a Selic mais alta, voltou a render alguma coisa - mas ainda está bem próximo de zero.

Repare que é um retorno-base bem inferior ao da poupança na maior parte do tempo, só tendo sido capaz de superar a caderneta quando a Selic esteve perto das mínimas históricas - até 4,25% ao ano, para ser mais exata, o que até hoje ocorreu apenas entre fevereiro de 2020 e agosto de 2021, para o combate aos efeitos econômicos da pandemia de covid-19.

Em tempo: a poupança rende 70% da Selic mais TR quando a taxa básica é igual ou menor do que 8,5% e 6,17% ao ano mais TR quando a Selic supera essa marca, o que é o caso, atualmente.

Em adição a esse retorno pífio, desde 2017, porém, o fundo de garantia tem distribuído parte do seu lucro - advindo de investimentos variados - aos trabalhadores, como forma de melhorar essa rentabilidade.

De fato, a medida ajudou muito, e o FGTS conseguiu, por cinco anos consecutivos, superar a inflação oficial, medida pelo IPCA. Em três deles, bateu até a caderneta de poupança. Para um “investimento” de baixo risco, até que não está mau.

Ainda assim não é um rendimento exatamente alto. Também não é garantido - o lucro do FGTS pode variar e, como vimos, recentemente a inflação explodiu. Até o fim deste ano conheceremos o rendimento referente a 2021, e pode ser que ele decepcione muita gente.

Se você pudesse sacar todo o dinheiro do seu FGTS livremente, poderia constituir uma reserva de emergência com liquidez diária em uma aplicação financeira de baixo risco com um rendimento líquido semelhante ou superior ao que o fundo de garantia vem pagando.

Ou seja, levando em conta que o dinheiro do FGTS está “preso”, o retorno pago, mesmo com os incrementos dos últimos anos, não tem sido lá grandes coisas.

Investir na Eletrobras tem risco, mas também tem um bom potencial de retorno

Sendo assim, ter a oportunidade de usar parte dos recursos do FGTS para investir em ações de uma boa empresa, com potencial de ter ganhos de eficiência elevados com a privatização, pode ser uma boa pedida, do ponto de vista da relação risco-retorno.

É claro que o investimento em ações tem risco alto - lembre-se, o investimento pode tanto dar lucro quanto prejuízo. Mas levando-se em conta o potencial de retorno no longo prazo e o fato de que é só uma parte do seu fundo de garantia, a diversificação é sim interessante.

E o histórico dos Fundos Mútuos de Privatização da Vale e da Petrobras está aí para provar que pode valer a pena. Os fundos de Petrobras, lançados no ano 2000, renderam, até hoje, até dez vezes mais que o FGTS e quatro vezes mais que a poupança antiga (que paga sempre 6,17% ao ano mais TR). Já os de Vale, lançados em 2002, renderam até 24 vezes mais que o FGTS e 10 vezes mais do que a poupança.

Em ambos os casos, os investimentos também superaram com folga o CDI, principalmente no caso da Vale, que foi a companhia realmente privatizada. A comparação dos desempenhos desses fundos com a poupança, a inflação e o CDI está disponível nesta ótima matéria da minha colega Flávia Alemi, que levanta o histórico dos FMP-FGTS.

  • ‘MULTIPLICOU PARTE DO FGTS EM MAIS DE 24 VEZES’: é isso que aconteceu com quem investiu parte do FGTS em Petrobras (PETR3) e Vale (VALE3) quando o governo permitiu. Agora com a Eletrobras, será que isso pode acontecer de novo? Baixe agora um relatório sobre a oportunidade que se abriu a empresa de energia elétrica e veja se isso pode se repetir. Basta clicar aqui.

Ou seja, mesmo se a remuneração do FGTS nesses últimos 20 anos fosse similar à atual, é bem possível que os fundos de Petrobras e Vale também a tivessem superado. É claro que retornos passados não são garantia de retornos futuros, e que estamos falando de empresas diferentes. Mas parece ser um caso de “vale a pena tentar”.

Para quem não vale a pena investir o FGTS na oferta da Eletrobras

Entretanto, se você pretende adquirir um imóvel com recursos do FGTS em breve, talvez seja melhor não destinar parte desse dinheiro à oferta, uma vez que os FMP-FGTS Eletrobras têm 12 meses de carência.

Além disso, os analistas creem que a Eletrobras deve dar bons ganhos somente no longo prazo, então provavelmente não valeria a pena, de qualquer forma, ficar com o dinheiro investido por pouco tempo.

Finalmente, se você nunca investiu em ações, o mais recomendável, ao participar da oferta, é destinar às ações da Eletrobras menos do que os 50% aos quais você tem direito, para apenas começar a sentir a volatilidade do mercado e não se expor demais ao risco de uma única ação.

E se você não tem outras reservas além do seu FGTS - como uma reserva de emergência em uma aplicação conservadora, como a caderneta de poupança, por exemplo -, talvez seja sábio ficar de fora da oferta ou então investir apenas uma parcela pequena do seu FGTS, dependendo da quantia que você tem no seu fundo de garantia.

É bom não expor demais ao risco recursos dos quais você certamente vai precisar caso seja demitido sem justa causa, por exemplo.

Como investir o seu FGTS na oferta da Eletrobras

Vamos então às regras e ao passo a passo para destinar uma parte do seu FGTS à oferta de ações da privatização da Eletrobras.

O trabalhador residente e domiciliado no Brasil que tenha saldo no seu fundo de garantia - em conta ativa ou inativa - poderá destinar até metade dos seus recursos do FGTS a fundos mútuos de privatização que entrem na oferta. Isso inclui os valores eventualmente já investidos em FMP-FGTS de Vale ou Petrobras que não tenham retornado ao FGTS.

Caso você já tenha recursos investidos em FMP-FGTS de Vale ou Petrobras, você terá a opção de migrá-los para um FMP-FGTS de Eletrobras. Isso pode ser uma opção caso o saldo disponível para a oferta da Eletrobras na sua conta do FGTS seja insuficiente para o investimento ou inferior ao valor que você deseja investir. Nesta matéria eu explico como fazer essa migração.

A aplicação mínima na oferta com recursos do FGTS é de R$ 200 e está sujeita a uma carência de 12 meses. Isto é, o trabalhador não poderá retirar os recursos investidos no FMP-FGTS Eletrobras por um ano após a oferta.

Lembre-se de que, ao resgatar um FMP-FGTS, o dinheiro retorna ao fundo de garantia, e só poderá ser sacado caso o trabalhador se enquadre em uma das regras habituais já mencionadas de saque do FGTS.

Segundo a Eletrobras, está garantida uma alocação mínima de R$ 5 mil e máxima de R$ 50 mil para os investidores de varejo, o que inclui os trabalhadores que investirem o seu FGTS.

Passo a passo e cronograma

Os trabalhadores que tiverem saldo em conta ativa ou inativa no FGTS têm de 3 a 8 de junho para fazer suas reservas nos Fundos Mútuos de Privatização da Eletrobras (6 de junho, no caso dos FMP-FGTS Migração). A oferta será concluída no dia 9, quando será definido o preço por ação, e os papéis começam a ser negociados na bolsa no dia 13.

Mas mesmo antes do início do período de reservas já é possível ir se preparando. A primeira coisa que você deve fazer depois de decidir investir seu FGTS na oferta da Eletrobras é escolher uma administradora de FMP-FGTS Eletrobras - em outras palavras, uma instituição financeira por meio da qual investir seus recursos.

Até agora, pelo menos 15 instituições financeiras já têm fundos do tipo cadastrados junto à CVM, totalizando 24 fundos, incluindo as modalidades específicas para quem vai fazer a migração de recursos de FMP-FGTS Petrobras ou Vale.

Em seguida, você deverá checar o seu saldo disponível para aplicação junto ao FGTS, o que já pode ser feito desde o dia 27 de maio, e autorizar a instituição escolhida a consultá-lo também.

Finalmente, você deve manifestar à instituição financeira o seu interesse pelo investimento e o valor, para que ela possa fazer a reserva dos seus recursos disponíveis no FGTS.

Eis o passo a passo detalhado:

1. Escolha uma instituição financeira que ofereça um FMP-FGTS Eletrobras

Todos os FMP-FGTS Eletrobras são similares. As diferenças são a taxa de administração, que varia de zero a 0,55% ao ano, a instituição financeira e se o fundo é ou não destinado aos recursos migrados de outros FMP-FGTS. Quem quiser fazer essa migração deverá investir na oferta da Eletrobras por meio de um FMP-FGTS do tipo “Migração”. Nesta matéria, eu dou dicas de como escolher o melhor fundo para você.

Eis a lista das instituições financeiras que já estão oferecendo FMP-FGTS Eletrobras, os fundos oferecidos e as taxas cobradas em cada um deles:

FundoTaxa de administraçãoTipo
Alfa I Eletrobras FMP-FGTS0,45%FMP-FGTS
Alfa II Migração Eletrobras FMP-FGTS0,45%FMP-FGTS Migração 
BB Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS
BB Migração Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS Migração 
BNB Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS
Bradesco Eletrobras FMP-FGTS0,40%FMP-FGTS
Bradesco Migração Eletrobras FMP-FGTS0,40%FMP-FGTS Migração 
BTG Pactual Reference Eletrobras  FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS
Caixa Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS
Caixa Migração Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS Migração 
Daycoval Eletrobras FMP-FGTS0,00%FMP-FGTS
Genial Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS
Genial Migração Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS Migração 
Guide Eletrobras FMP-FGTS0,15%FMP-FGTS
Itaú Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS
Itaú Migração Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS Migração 
MAM Eletrobras FMP-FGTS0,80%FMP-FGTS
Safra Eletrobras FMP-FGTS0,15%FMP-FGTS
Safra Migração Eletrobras FMP-FGTS0,15%FMP-FGTS Migração 
Santander Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS
Santander Migração Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS Migração 
Warren Eletrobras FMP-FGTS0,50%FMP-FGTS
XP Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS
XP Migração Eletrobras FMP-FGTS0,20%FMP-FGTS Migração 
Fontes: CVM e Quantum Finance

*Tabela atualizada em 06 de junho com a redução de taxas de administração.

2. Baixe o App FGTS ou compareça a uma agência Caixa

Baixe o aplicativo do FGTS no seu celular ou compareça a uma das agências da Caixa Econômica Federal para checar seu saldo no fundo de garantia, simular a aplicação e autorizar a administradora escolhida a consultar e realizar a reserva dos valores.

Passo a passo para simular o valor disponível para aplicação no App FGTS:

Tela inicial
Clique na opção “Mais” e “Simulador de aplicação no FMP-FGTS”.

Confira o valor disponível
Veja o resultado da simulação por conta do FGTS.

Fonte: FGTS

Passo a passo para autorizar a administradora a consultar seu saldo no App FGTS:

Acesse o APP FGTS
No menu principal, clique na opção “Autorizar bancos a consultarem seu FGTS”.

Autorize a consulta
Autorize a consulta das suas informações do FGTS pela Administradora FMP escolhida.

Selecione o Fundo de Privatização para autorização
Selecione o FMP disponível para aplicar.

Confirme clicando em "Visualizar termo"

Confira o termo de autorização
Aceite os termos para autorizar a Administradora FMP.

Selecione a Administradora FMP
Digite o nome da Administradora FMP-FGTS.

Selecione a Administradora FMP
Após selecionar a Administradora, autorize clicando na opção "Sim" e confira a Administradora selecionada.

Pronto!
Foi realizada a autorização à Administradora FMP escolhida para consultar as informações do FGTS.

Fonte: FGTS

Caso não consiga realizar esse procedimento conforme o descrito no passo a passo, veja aqui um caminho alternativo.

3. Entre em contato com a instituição financeira administradora escolhida

Após efetuar a autorização, o trabalhador deve entrar em contato com a instituição financeira administradora de FMP-FGTS escolhida para informar os valores que deseja aplicar.

Daqui em diante, todo relacionamento do trabalhador para aplicação em FMP-FGTS Eletrobras se dará com a administradora escolhida, que passa a ser a responsável pela aplicação dos valores das suas contas FGTS.

  • ‘MULTIPLICOU PARTE DO FGTS EM MAIS DE 24 VEZES’: é isso que aconteceu com quem investiu parte do FGTS em Petrobras (PETR3) e Vale (VALE3) quando o governo permitiu. Agora com a Eletrobras, será que isso pode acontecer de novo? Baixe agora um relatório sobre a oportunidade que se abriu a empresa de energia elétrica e veja se isso pode se repetir. Basta clicar aqui.
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

NOITE CRIPTO

Sem fôlego: bitcoin (BTC) opera em alta, mas ainda não volta para os US$ 20 mil; entenda por quê

Apesar do respiro desta sexta-feira (1), o bitcoin ainda sente todo o peso de um Federal Reserve mais agressivo contra a inflação. A semana também não foi tão positiva assim com o noticiário do universo digital.

VAI TER QUE PAGAR!

Um acordo de milhões: Petrobras (PETR4) se entende com a ANP sobre royalties da operação de xisto no Paraná

Segundo a estatal, o acordo envolve o pagamento de R$ 601 milhões pela companhia — um montante que já foi provisionado nas demonstrações financeiras

CASOU!

Enfim, sós! Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) consumam combinação de negócios; confira detalhes

Por conta do enlace, hoje foi o último dia de negociação das ações de emissão da Unidas na B3

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa começa julho com o pé direito, o reforço de caixa da MRV (MRVE3) e a semana em cripto; confira os destaques do dia

Que sexta-feira costuma ser o dia da semana favorito de muita gente não é novidade, mas você já reparou na tendência que temos de tentar fazer dele o mais leve de todos para não atrapalhar o descanso do fim de semana? Seja no escritório ou no mercado financeiro, o último dia útil é o momento […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa dá uma pausa nas perdas e sobe 0,29% na semana, mas dólar dispara e chega a R$ 5,32

O começo de julho foi mais animador para o Ibovespa, mas as dificuldades seguem pressionando o câmbio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies