A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-07-12T13:40:04-03:00
Carolina Gama
DOS PÉS PARA AS CARTEIRAS

Havaianas: todo mundo usa, mas todo mundo tem? Saiba se comprar ações da Alpargatas (ALPA4) é uma boa ideia

Segundo o Bank of America, a empresa deve contar com volumes resilientes, aumentos de preços e estabilização dos custos de insumos para ajudar na recuperação dos negócios durante o segundo semestre deste ano

12 de julho de 2022
13:39 - atualizado às 13:40
A Alpargatas (ALPA4) é dona da marca Havaianas
A Alpargatas (ALPA4) é dona da marca Havaianas -

A Havaianas é um dos maiores casos de sucesso de reposicionamento de marca. De uma empresa que corria o risco de desaparecer, virou a queridinha dos brasileiros e conquistou até os gringos. Mas será que a Alpargatas (ALPA4), sua controladora, deve sair dos pés para ir para as carteiras dos investidores?

Segundo o Bank of America (BofA), a empresa tem boas oportunidades de mix, segmentação e produtividade no Brasil, espaço para crescimento internacional substancial e a Rothy's, uma marca norte-americana de bolsas e sapatos da qual tem 49%.

A Alpargatas ainda deve contar com volumes resilientes, aumentos de preços e estabilização dos custos de insumos — fatores que devem ajudar na recuperação da companhia durante o segundo semestre deste ano.

Ainda assim, o BofA iniciou a cobertura da Alpargatas com recomendação neutra e preço-alvo de R$ 24, o que representa um potencial de valorização de 21,5% em relação ao fechamento de segunda-feira (11).

Por volta de 13h15, as ações ALPA4 caíam 1,72%, cotadas a R$ 19,74.

Alpargatas (ALPA4) e seus pares

As ações da Alpargartas (ALPA4) são preferenciais, sem direito a voto. Os papéis também não têm direito de tag along, mas recebem um prêmio de dividendo de 10%.

O tag along é uma proteção concedida aos acionistas minoritários que possuem ações ordinárias (ON) em operações de venda do controle de uma empresa.

Ou seja, quando a empresa é vendida, o novo controlador deverá oferecer aos minoritários ON pelo menos 80% do valor pago para comprar as ações do bloco de controle.

Nos cálculos do Bank of America, ALPA4 é negociada a 22x/18x o lucro por ação para 2022 e 2023 — um prêmio para pares domésticos e produtores de calçados como Crocs ou Steven Madden, mas um desconto para as principais marcas de calçados esportivos.

Além disso, o preço-alvo de R$ 24 baseia-se em um preço/lucro (P/E) de 15x em 2024 para Havaianas e R$ 2,77 por ação para Rothy's.

Já os riscos incluem demanda mais fraca, custos de insumos mais altos, concorrência, investimento internacional e execução da Rothy's, segundo o banco.

Veja também: Ganhar 1% ao mês ficou fácil? A renda fixa é a campeã do primeiro semestre — sabia onde investir no segundo semestre

Havaianas: uma marca aspiracional de 60 anos

A Havaianas, principal marca da Alpargatas (ALPA4), é conhecida pela qualidade, longevidade e, mais recentemente, pela moda e inovação.

O forte patrimônio da marca permitiu que ela passasse para uma série de chinelos e sandálias de valor agregado e calçados com preços cada vez mais altos.

O Bank of America diz que percebe oportunidades de longo prazo em gerenciamento de categorias, otimização de canais, dados demográficos com pouca penetração, categorias de estilo de vida adjacentes e expansão internacional.

A Alpargatas (ALPA4) não é só Havaianas 

A participação de 49,9% da Alpargatas (ALPA4) na Rothy's agrega potencial para geração de valor fora do mercado do Brasil, segundo o Bank of America.

A marca norte-americana nasceu na internet, com modelo verticalmente integrado que produz uma ampla gama de calçados, bolsas e acessórios nos EUA.

Os produtos vendidos pela Rothy's são feitos a partir de PET reciclado, os processos minimizam o desperdício e a marca tem forte apelo entre os consumidores ambientalmente conscientes.

A Rothy's, embora deficitária, cresceu rapidamente e o BofA espera que a injeção de capital de US$ 200 milhões da Alpargatas ajude a acelerar o crescimento da empresa.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) sobe, mas perde o protagonismo para o ethereum (ETH); entenda

12 de agosto de 2022 - 20:29

Além de aproveitar a inflação dos EUA mais branda, o que ajudou as criptomoedas em geral, o ETH se beneficiou dos progressos na direção do The Merge

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Magalu (MGLU3) dispara, BC amigo das criptomoedas e outros destaques do dia

12 de agosto de 2022 - 19:07

O mercado financeiro começou a semana olhando aterrorizado para os céus. Já era esperado que os dias fossem marcados pelo avistamento de dragões no ar, mas não se sabia ao certo o tamanho da encrenca que precisaria ser enfrentada.  Com traumas dos episódios recentes, quando a cada mês a ameaça se mostrava maior e mais […]

FECHAMENTO DO DI

Alívio com inflação leva Ibovespa a subir 6% na semana; Magazine Luiza (MGLU3), Hapvida (HAPV3) e Via (VIIA3) disparam após balanço

12 de agosto de 2022 - 18:41

Os indicadores melhores do que o esperado deram um respiro para o Ibovespa nesta semana; dólar caiu quase 2%

SEMANA EM CRIPTO

Ethereum (ETH) rouba a cena e dispara 14%, mas bitcoin (BTC) encerra semana acima dos US$ 24 mil; saiba o que esperar das criptomoedas

12 de agosto de 2022 - 17:56

O otimismo com a atualização do éter, as sanções ao Tornado Cash e o real digital são alguns dos destaque da semana

FEBRABAN TECH 2022

Setor financeiro melhora planos para o metaverso e já fala em criptomoedas como ‘espinha dorsal’ do processo — mas isso vai levar algum tempo; entenda

12 de agosto de 2022 - 17:40

O Febraban Tech 2022 foi realizado entre os dias 9 e 11 de agosto, em São Paulo; confira alguns destaques

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies