Menu
2018-10-18T20:24:17-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Gigante de calçados prepara sucessão

Depois de 15 anos, Márcio Utsch vai vestir suas havaianas e deixar a presidência da Alpargatas

Conselho de Administração da empresa aprovou o nome de Roberto Funari para substituir o executivo

18 de outubro de 2018
20:24
marcio-utsch
Utsch ficou à frente da Alpargatas por 15 anos - Imagem: Miguel Ângelo/CNI

Márcio Luiz Simões Utsch assumiu a presidência da Alpargatas em 2003, quando a empresa ainda pertencia à Camargo Corrêa.

De lá para cá, muita coisa mudou na casa dos chinelos Havaianas: em 2013, a compra do controle total da subsidiária na Argentina; em 2015, a venda das marcas Topper e Rainha e, pouco tempo depois, a J&F Investimentos, dona da JBS, comprou a empresa por R$ 2,67 bilhões - isso pouco tempo antes do escândalo das delações dos Batista.

Em julho de 2017, outra mudança: as empresas Cambuhy Investimentos e Brasil Warrant e a holding Itaúsa fecharam a negociação de compra da Alpargatas por R$ 3,5 bilhões de reais.

Apesar de tudo isso, o nome do presidente permanecia intocável. Mas nesta quinta-feira, 18, a Alpargatas deu o primeiro passo para colocar um fim a era Utsch, quando o conselho de administração da empresa anunciou a indicação de Roberto Funari para assumir o controle dos negócios.

Funari é formado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e fez carreira em gestão de negócios e marcas globais, estratégia corporativa e inovação. Ele ocupou cargos em empresas como Reckitt Benckiser e Imperial Brands. O plano de sucessão começa hoje e deve se estender até o primeiro trimestre de 2019. Vale ficar atento à reação das ações da Alpargatas no pregão de sexta-feira, 19, diante dessa mudança que já pode ser considerada histórica.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

COLUNA DO PAI RICO PAI POBRE

Alfabetização financeira para crianças: quando é a hora de falar sobre dinheiro?

As idades entre nove e quinze anos são cruciais no desenvolvimento de uma criança. Muito do que vivem como adultos vem das fórmulas vencedores que aprendem quando crianças.

Novo nome no MEC

Bolsonaro anuncia pastor Milton Ribeiro como novo ministro da Educação

Decreto presidencial nomeou professor para o cargo nesta sexta-feira

Investimento para o cliente

Corretora Warren recebe aporte de R$ 120 milhões para investimento em plataformas digitais

Fintech visa multiplicar por cinco patrimônio sob gestão até o fim de 2021 e aumentar alcance da marca: ‘Nossa meta é seguir investindo em tecnologia’

Chegou lá

E o Ibovespa, quem diria, voltou aos 100 mil pontos. O que isso significa?

Depois de mais de quatro meses, o Ibovespa finalmente reconquistou o patamar dos três dígitos. Algumas boas notícias da economia doméstica ajudam a explicar o otimismo na semana, mas há mais fatores que influenciaram esse movimento

Crise se afastando?

Barômetros globais sinalizam retomada gradual da economia mundial, diz FGV

Melhoras ainda estão condicionadas a um ‘grau elevado’ de incerteza diante da pandemia, pondera pesquisador

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements