Menu
2018-10-18T20:24:17-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Gigante de calçados prepara sucessão

Depois de 15 anos, Márcio Utsch vai vestir suas havaianas e deixar a presidência da Alpargatas

Conselho de Administração da empresa aprovou o nome de Roberto Funari para substituir o executivo

18 de outubro de 2018
20:24
marcio-utsch
Utsch ficou à frente da Alpargatas por 15 anos - Imagem: Miguel Ângelo/CNI

Márcio Luiz Simões Utsch assumiu a presidência da Alpargatas em 2003, quando a empresa ainda pertencia à Camargo Corrêa.

De lá para cá, muita coisa mudou na casa dos chinelos Havaianas: em 2013, a compra do controle total da subsidiária na Argentina; em 2015, a venda das marcas Topper e Rainha e, pouco tempo depois, a J&F Investimentos, dona da JBS, comprou a empresa por R$ 2,67 bilhões - isso pouco tempo antes do escândalo das delações dos Batista.

Em julho de 2017, outra mudança: as empresas Cambuhy Investimentos e Brasil Warrant e a holding Itaúsa fecharam a negociação de compra da Alpargatas por R$ 3,5 bilhões de reais.

Apesar de tudo isso, o nome do presidente permanecia intocável. Mas nesta quinta-feira, 18, a Alpargatas deu o primeiro passo para colocar um fim a era Utsch, quando o conselho de administração da empresa anunciou a indicação de Roberto Funari para assumir o controle dos negócios.

Funari é formado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e fez carreira em gestão de negócios e marcas globais, estratégia corporativa e inovação. Ele ocupou cargos em empresas como Reckitt Benckiser e Imperial Brands. O plano de sucessão começa hoje e deve se estender até o primeiro trimestre de 2019. Vale ficar atento à reação das ações da Alpargatas no pregão de sexta-feira, 19, diante dessa mudança que já pode ser considerada histórica.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

seu dinheiro na sua noite

A vingança das sardinhas

Podia ser o título de um filme de terror, mas está mais para uma história de superação. No jargão do mercado financeiro, sardinhas são os pequenos investidores — pessoas físicas como eu e você. No mar revolto da bolsa de valores, as sardinhas costumam virar presas fáceis para os grandes investidores — ou tubarões, como […]

balanço

Pix movimenta R$ 11,8 bilhões na primeira semana de operação

Volume considera as transações realizadas entre o dia 16 de novembro, início da ferramenta, até ontem, dia 22

ainda não é oficial

Biden deve nomear Janet Yellen como secretária do Tesouro, diz jornal

Se confirmada pelo Senado, Janet Yellen será a primeira mulher a assumir a função; bolsas subiram com a notícia

fim do dia

Tudo para cima: Ibovespa fecha em alta com vacina de Oxford 70% eficaz, enquanto risco fiscal pressiona dólar e juros

Principal índice da B3 fecha no maior patamar desde 21 de fevereiro e acumula ganhos de 14% em novembro. Paralisia com reformas e crescente dívida pública instigam alta da moeda americana

Corrida contra o tempo

Moody’s: vacinação em massa tem potencial significativo de melhora do PIB global

Hoje foi a vez da AstraZeneca, que seguiu as farmacêuticas Moderna e Pfizer nas semanas anteriores, todas com eficácia na casa dos 90%.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies