🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
semana em cripto

Investidores de bitcoin e criptomoedas liquidam mais de meio bilhão de dólares em contratos futuros em menos de 24h; BTC já cai 16% em 2022

Com queda de quase 8% nas últimas 24 horas, bitcoin perde o patamar de US$ 39 mil; confira o que mexe com o mercado de criptomoedas

Renan Sousa
Renan Sousa
21 de janeiro de 2022
9:11 - atualizado às 10:48
Bitcoin (BTC) acumula perdas de 16% em 2022 e criptomoedas também caminham para semana negativa; confira o preço delas hoje
Confira como anda o mercado de criptomoedas e o preço do bitcoin (BTC) hoje. - Imagem: Shutterstock

Os analistas do mercado de criptomoedas já mantinham no radar uma preocupação com o mercado de contratos futuros de bitcoin (BTC). O volume negociado estava muito alto e uma liquidação-relâmpago poderia fazer o preço dos ativos digitais despencar a qualquer momento. 

E o medo se tornou realidade na madrugada desta sexta-feira (21). Em 24h, foram liquidados cerca de US$ 730 milhões em contratos futuros em criptomoedas, dos quais US$ 295 milhões foram em bitcoin, de acordo com o CoinGlass.

Dessa forma, por volta das 8h20, a maior criptomoeda do mundo operava em queda de 7,96%, cotada a US$ 38.783,72 (R$ 210.370,52), o que representa um recuo de 8,01% nos últimos sete dias.

Em 2022, o preço do BTC já perdeu cerca de 16% do valor. Confira como anda o desempenho das demais criptomoedas do mundo:

#NomePreço24h %7d %
1Bitcoin (BTC)US$ 38.783,72-8,01%-7,66%
2Ethereum (ETH)US$ 2.855,20-9,27%-11,21%
3Tether (USDT)US$ 1,000,00%0,00%
4BNB (BNB)US$ 429,29-8,83%-10,57%
5USD Coin (USDC)US$ 1,00-0,06%0,06%
6Cardano (ADA)US$ 1,23-8,99%-3,07%
7Solana (SOL)US$ 123,69-9,54%-15,79%
8XRP (XRP)US$ 0,6935-6,81%-11,09%
9Terra (LUNA)US$ 77,94-5,51%-1,63%
10Polkadot (DOT)US$ 22,56-8,20%-15,89%
Fonte: Coin Market Cap

Com isso, o mercado de fundos de índice (ETF, em inglês) da bolsa brasileira também segue relativamente positivo. Você pode clicar aqui para saber mais sobre cada um deles. 

Confira o fechamento de ontem dos ETFs em criptomoeda da bolsa brasileira e o acumulado da semana até o momento: 

TickerGestoraPreçoVariação (24h%)Variação (7d%)
HASH11HashdexR$ 42,85-1,88%-0,92%
ETHE11HashdexR$ 51,70-1,55%-2,82%
BITH11HashdexR$ 55,52-1,33%-0,50%
QBTC11QR CapitalR$ 14,67-1,65%-0,47%
QETH11QR CapitalR$ 12,68-2,07%-2,76%
Fonte: TradeMap

Saldão esperado do bitcoin?

Os analistas do Glassnode destacaram na newsletter semanal do portal que o mercado de contratos futuros poderia “explodir” a qualquer momento.

Mas essa forte correção já era esperada por quem acompanha esse mercado de perto.

Os investidores de longo prazo consolidam o movimento de acumular criptomoedas há algumas semanas, o que, tradicionalmente, indica a proximidade de um momento de alta nos preços. 

Existe uma expectativa geral dos analistas e entusiastas do mercado de que qualquer “gatilho” seja suficiente para fazer o mercado de criptomoedas disparar. 

Contudo, vale lembrar que o investimento em criptomoedas é extremamente arriscado e que é recomendado colocar apenas uma pequena parcela do seu dinheiro nesses ativos.

O que mais movimentou as criptomoedas

A terça-feira (18) foi agitada para os ativos de risco, e tudo começou nos Emirados Árabes. O aeroporto de Abu Dhabi, capital do país, sofreu um atentado da minoria étnica houthis do Iêmen, que assumiu a autoria do ataque.

O aumento da tensão na região, principal produtora de petróleo no mundo, fez os preços da commodity dispararem pela manhã. O barril do Brent chegou a atingir os US$ 88, maior cotação desde 2014, e é negociado no patamar de US$ 87 no momento. 

Com os temores envolvendo o Oriente Médio e o petróleo, quem se beneficiou foram os títulos do Tesouro norte-americano, os chamados Treasuries. O retorno desses ativos cresceu pela manhã, o que retira o apetite de risco dos investidores. 

Já o bitcoin…

O atentado aconteceu durante a madrugada no Brasil, o que fez a maior criptomoeda do mundo tocar os US$ 40 mil naquele dia, mas voltou aos patamares entre US$ 41 mil e US$ 42 mil nas sessões seguintes.

Ataque à Crypto.com

A corretora de criptomoedas (exchange) Crypto.com sofreu um ataque nesta semana e perdeu cerca de US$ 33,8  milhões (R$ 182,52 milhões) em unidades de ethereum (ETH).

Na terça-feira desta semana, a corretora havia paralisado as negociações dos usuários alegando “movimentações estranhas” nas contas. Depois foi constatado que houve um ataque hacker e o dinheiro dos clientes desapareceu. 

Nós entramos em contato com a assessoria da Crypto.com no Brasil e não há maiores informações sobre a perda de moedas dos clientes brasileiros.

O CEO da Crypto.com, Kris Marszalek, usou sua conta no twitter para comentar o ocorrido.

“Como parte de nosso processo, agora que o relatório do incidente foi publicado, nossa equipe está entrando em contato proativamente com os reguladores para discutir o incidente e nossa resposta”

Um Fed na esquina

Os investidores estão a poucos dias da reunião do Fomc, que decidirá sobre a alta nos juros, e a cautela começa a tomar o cenário geral dos ativos de risco.

Serão dois dias de reunião, na próxima terça (25) e quarta-feira (26). Com uma alta nos juros, os retornos dos Treasuries, os títulos do Tesouro americano, devem se valorizar e roubar recursos de ativos de risco, como ações e criptomoedas

Bitcoin mais sustentável

A mineração de criptomoedas sempre foi um “calcanhar de Aquiles” do bitcoin, mas o cenário está mudando.

O uso de energia renovável na mineração cresceu no último trimestre de 2021, segundo o último relatório do Bitcoin Mining Council (BMC), e atingiu os 58,5% do total. 

A pesquisa se concentrou em três métricas: mix de energia sustentável, eficiência tecnológica e consumo de eletricidade.

A mineração de criptomoedas é uma atividade descentralizada, mas o BMC faz uma estimativa, baseada nos dados de grandes empresas do setor, como a Bit Digital, BitFury, Bitfarms, Atlas Mining, e outras organizações. 

Bitcoin banido…

O Banco Central da Rússia anunciou na última quinta-feira (20) uma proposta de banimento de atividades de mineração e negociação de criptomoedas. A autoridade monetária ressalta os perigos à estabilidade financeira do país e afirma que os ativos digitais, como o bitcoin (BTC), são pirâmides financeiras.  

Você pode saber mais sobre o possível banimento das criptomoedas do país governado por Vladimir Putin no nosso Instagram, aproveite para nos seguir (basta clicar aqui).

Lá entregamos aos leitores análises de mercado, notícias relevantes para o seu patrimônio, oportunidades de compra na bolsa, insights sobre carreira, empreendedorismo e muito mais. Veja abaixo:

… De novo

E a nova proibição fez a Rússia se junta a países como China, Egito, Iraque, Catar, Omã, Marrocos, Argélia, Tunísia, Bangladesh e outros quarenta e dois países, incluindo Argélia, Bahrein, Bangladesh e Bolívia, de acordo com um relatório resumido de 2021 da Biblioteca Jurídica de Congresso americano, publicado em novembro.

Contudo, um país consegue banir oficialmente criptomoedas, mas não seu uso. 

O bitcoin e as demais moedas digitais nasceram para substituir o dinheiro controlado por instituições financeiras e Bancos Centrais, focada na negociação pessoa a pessoa (peer-to-peer, ou P2P, em inglês). 

Em outras palavras, é difícil banir e fiscalizar o uso das criptomoedas no dia a dia. 

E a regulação do bitcoin...

É difícil de pensar em 2022 sem pensar nas propostas que tramitam no Congresso Nacional — tanto aqui quanto nos Estados Unidos — e como isso afeta o preço das criptomoedas. Confira o nosso último Papo Cripto com a representante da Binance no Brasil, Mayra Siqueira:

Compartilhe

NOITE CRIPTO

A poucas horas do The Merge, bitcoin reage e passa a subir; confira cotações do BTC e do ethereum

14 de setembro de 2022 - 20:42

Mais cedo, a maior criptomoeda do mundo não refletia o ânimo dos investidores com o The Merge, chegando a recuar mais de 9%

ANOTE AÍ

The Merge do Ethereum (ETH): confira lista de plataformas e exchanges que terão as atividades suspensas durante atualização

14 de setembro de 2022 - 15:51

Por motivo de segurança, alguns aplicativos devem suspender as atividades durante a principal atualização do sistema

CRIPTO TOMANDO ESPAÇOS

Sistema internacional de pagamentos Swift inicia projeto com tecnologia blockchain — mas isso é seguro?

14 de setembro de 2022 - 11:52

O corte parcial do Swift foi um dos mecanismos utilizados pelos Estados Unidos para impor sanções à Rússia pela invasão da Ucrânia

DIA AGITADO PARA O INVESTIDOR

‘Revolta’ de mineradores um dia antes do The Merge do ethereum (ETH), bitcoin (BTC) em queda de 9%: confira tudo que movimenta o dia das criptomoedas

14 de setembro de 2022 - 9:29

Do outro lado do mercado, o token que registra a maior alta do dia é o Celsius (CEL), da plataforma que segue fora do ar e “travou” o dinheiro dos investidores há meses

NOITE CRIPTO

Terça-feira 13: bitcoin é mais uma vítima da inflação dos EUA; confira como o BTC reagiu ao dado

13 de setembro de 2022 - 20:25

A perspectiva de aperto monetário mais agressivo nos EUA derrubou o bitcoin e outros ativos considerados mais arriscados com as ações em Wall Street

WEB 3.0

Navegador Opera dá mais um passo em direção à Web 3.0 e integra wallet de criptomoedas Metamask ao seu sistema; entenda o que significa

13 de setembro de 2022 - 15:53

Em janeiro deste ano, o Opera já havia anunciado que passaria a integrar as carteiras de criptomoedas ao seu navegador

HOJE NÃO!

Bitcoin (BTC) não sustenta sétimo dia seguido de alta e passa a cair com inflação dos EUA; Ravecoin (RNV) dispara 63% com proximidade do The Merge

13 de setembro de 2022 - 10:28

O ethereum (ETH) passa por um período de consolidação de preços, mas o otimismo é limitado pelo cenário macroeconômico

PREPARE A PIPOCA

Terra (LUNA), o retorno: por que você não deve investir na criptomoeda que disparou 120% em uma semana

12 de setembro de 2022 - 15:19

Nos últimos sete dias, a “família Terra” registrou ganhos substanciais e gerou um grande fluxo de pesquisa sobre essa que foi uma das maiores criptomoedas do mundo

JOGADA ARRISCADA

Você trocaria ações da sua empresa por bitcoin? Michael Saylor, ex-CEO da Microstrategy, pretende fazer isso com o valor de meio bilhão de dólares

12 de setembro de 2022 - 11:51

Desde o começo do ano, o bitcoin registra queda de mais de 50% e as ações da Microstrategy também recuam 52%

QUE FIM DE SEMANA!

Bitcoin (BTC) atinge os US$ 22 mil pela primeira vez em quase um mês; criptomoedas disparam até 20% no acumulado da semana

12 de setembro de 2022 - 9:21

A mesma semana em que acontece o The Merge também é marcada por um elevado apetite de risco

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar