Menu
2021-04-20T20:19:09-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

20 de abril de 2021
20:19
Sao,Paulo,Dec,15,,2020,President,Bolsonaro,Takes,Part,In
São Paulo, 15 de dezembro de 2020. Bolsonaro participa da cerimônia de reabertura da torre do relógio no CEAGESP - maior armazém de frutas e vegetais do Brasil. - Imagem: Shutterstock

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse aos empresários que a vacinação é fundamental para que o País volte a crescer com mais velocidade.

"Não temos medo de CPI, mas espero que essa ação não prejudique o nosso trabalho", afirmou o presidente, segundo a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Bolsonaro e outros dez ministros participaram nesta terça-feira (20) de uma videoconferência com o Conselho Diálogo pelo Brasil, que reúne os 50 maiores grupos privados do País e é coordenado pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

Segundo a entidade, durante o encontro, empresários ressaltaram a importância da vacinação da população e de um bom ambiente econômico para haver investimentos e das reformas estruturais.

Bolsonaro falou em recuperação de empregos formais e disse que as vagas informais ainda são um desafio. "A política do fechar tudo, adotada por muitos governadores, foi completamente equivocada e destruiu milhões de empregos no Brasil", disse.

O ministro Paulo Guedes lembrou a geração de 260 mil postos de trabalho em janeiro e 400 mil em fevereiro e o desempenho dos setores econômicos. "Indústria e comércio seguem firmes. O setor de serviços foi o mais atingido, mas também caminha para se recuperar e voltar aos níveis pré-pandemia", disse.

'Prioridade absoluta'

O ministro Marcelo Queiroga afirmou que, com a imunização em andamento, a queda de novos casos não demorará a acontecer. "A vacinação é prioridade absoluta", disse o ministro.

O ministro também que o governo está fazendo o possível para reforçar os kits intubação, que irá fazer campanha de testagem e que a pasta divulgará novos protocolos em relação à covid-19.

Queiroga destacou ainda que é preciso encontrar soluções para haver menos aglomerações no transporte público das cidades.

Além do ministro da Saúde e Guedes, participaram da reunião, entre outros integrantes do governo, Tereza Cristina (Agricultura), Tarcísio Freitas (Infraestrutura), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Carlos França (Relações Exteriores) e Ricardo Salles (Meio Ambiente).

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Mudanças

BB confirma Ieda Cagni para presidência do Conselho de Administração

Nesta quarta-feira, foi realizada a primeira reunião do novo Conselho do Banco do Brasil. Na ocasião, os membros eleitos na assembleia definiram os ocupantes dos cargos de presidente e vice-presidente do colegiado.

Seu Dinheiro na sua noite

A receita do dr. Copom: +0,75 ponto de Selic na veia

O Copom cumpriu as expectativas e aumentou a Selic ao nível de 3,5%. No entanto, o comunicado trouxe algumas surpresas

Ficou para 31 de maio

Bolsonaro veta novo adiamento de prazo para entrega do Imposto de Renda

O presidente aceitou a recomendação feita pelo Ministério da Economia, que previa um impacto negativo na arrecadação da União e estados com uma nova data

Mudança nos juros

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou na decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 3,5% ao ano

CRYPTO NEWS

O mercado está cheio de bitcoin, mas as prateleiras estão vazias

O fluxo de saída da criptomoeda mais famosa das exchanges é algo inédito deste ciclo e pode representar a falta do ativo nas exchanges de cripto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies