Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-15T18:59:48-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
BREAKING NEWS

SEC autoriza Nasdaq a negociar primeiro ETF de bitcoin (BTC) dos EUA e anima mercado de criptomoedas hoje

Fundo não replicará o desempenho do bitcoin, mas investirá em contratos futuros da criptomoeda, que recuperou hoje o patamar dos US$ 60 mil

15 de outubro de 2021
12:54 - atualizado às 18:59
EUA aprovam primeiro ETF em criptomoeda do país
Agência americana aprova primeiro ETF em criptomoedas dos Estados Unidos - Imagem: Shutterstock

No dia em que o bitcoin (BTC) recuperou o patamar dos US$ 60 mil, a notícia mais esperada dos últimos tempos saiu. A Nasdaq recebeu autorização da SEC, a agência regulatória dos mercados americanos, para listar o primeiro fundo de índice (ETF, em inglês) de criptomoedas dos Estados Unidos.

O ETF de contratos futuros de bitcoin Valkyrie Bitcoin Trust será negociado com o ticker "BTCV" e foi registrado segundo o ato de 1940. Isso significa que o regulador exige que a gestora providencie proteção extra para os investidores, porque considera os ativos que compõem o fundo de alto risco.

De acordo com a SEC e a Valkyrie, gestora do fundo, a taxa de administração do ETF será de 0,4% ao ano, com aplicação mínima de US$ 25 (cerca de R$ 100). Mais cedo, um tuíte da própria CVM americana gerou alta expectativa no mercado de criptomoedas.

Na publicação, a SEC traz informações sobre o que é o bitcoin (BTC) e o que são contratos futuros de criptomoedas. “Antes de investir, pense e pese cuidadosamente os riscos e benefícios”, afirma.

O primeiro ETF de criptomoeda dos Estados Unidos não é uma réplica exata do preço do bitcoin. Na página da SEC, a agência define “contrato futuro” como “um acordo de compra ou venda para uma quantidade específica de bitcoin a um preço especifico para uma dada específica no futuro. Nos Estados Unidos, o bitcoin é considerado commodity e a negociação de [contratos] futuros de commodities deve ocorrer nas bolsas regulamentadas e supervisionadas pela CFTC.”

Confira o documento:

Esse é o primeiro passo antes da aprovação oficial da SEC, mas já gerou reações do mercado: por volta das 13h40, o bitcoin (BTC) avançava 6,48%, cotado a US$ 60.918,62.

Aliás, convidamos você para conhecer a visão da analista de criptoativos Helena Margarido, com nove anos de experiência nesse mercado, sobre o futuro do bitcoin e do ethereum. Ela avalia que o BTC pode triplicar de valor e o ETH pode subir 300% entre o fim do ano e o começo de 2022.

Confira abaixo e aproveite para nos seguir no Instagram (basta clicar aqui). Lá entregamos aos leitores análises de investimentos, notícias relevantes para o seu patrimônio, oportunidades de compra na bolsa, insights sobre carreira, empreendedorismo e muito mais.

 

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

Una publicación compartida por Seu Dinheiro (@seudinheiro)

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

NOVATA NA FINAL

Não estranhe: patrocinadora da final entre Palmeiras e Flamengo é a nova corretora de criptomoedas do Brasil; conheça Crypto.bom

A exchange resolveu investir no segmento de esportes e patrocina Fórmula 1, NBA e até o campeonato europeu

Raio-X

Análise: Por que a alta da inflação pode ameaçar o pacote de infraestrutura de Joe Biden?

O presidente americano tem ambiciosos planos pela frente, mas a alta da inflação e gargalos estruturais da economia podem alterar o rumo

A SEMANA EM GRÁFICOS

Covid-19 pressiona aéreas, turismo, Ibovespa e bitcoin, mas inflação avança no mundo: entenda a última semana com estes gráficos

As companhias aéreas sofreram perdas significativas na bolsa esta semana e nem o bitcoin (BTC) conseguiu se salvar

O MELHOR DA SEMANA

Piora da covid no mundo e criptomoedas além do bitcoin (BTC): 5 assuntos mais lidos no Seu Dinheiro esta semana

O mercado já trabalhava amplamente com a visão do verdadeiro normal. Mas os mercados globais voltaram a entrar em pânico com a covid-19

PAPO CRIPTO #007

Tecnologia que criou o bitcoin (BTC) pode reduzir custo de captação de recursos em quase 70%, diz chefe de ativos digitais do BTG

“Empresas pequenas e médias têm menor possibilidade de acesso ao mercado de capitais, muito por causa dos custos envolvidos”, comenta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies