Menu
2021-02-02T17:56:08-03:00
Rafael Lara
Rafael Lara
Estudante de jornalismo na Faculdade Cásper Líbero de São Paulo. Trabalhou em empresas como: TV Gazeta, Suno Research e Portal iG.
Eu bem que te avisei

Tudo que sobe, desce: ações da GameStop tem tombo de mais de 50% nesta terça

Nos últimos cinco dias, a ação está em queda de aproximadamente 72,72%.

2 de fevereiro de 2021
17:56
Loja de videogame Gamestop no bairro comercial Herald Square, em Nova York
Loja de videogame Gamestop no bairro comercial Herald Square, em Nova York - Imagem: Shutterstock

Assim como um elefante em cima de uma árvore, ninguém entendeu como as ações da GameStop chegaram lá em cima, mas com certeza iriam cair. Nesta terça-feira (2), o tombo foi grande.

Leia também:

Por volta das 17h30, as ações da GameStop (GME) estão em queda de 57.39%, cotadas a US$ 95,90. Nos últimos cinco dias, a ação está em queda de aproximadamente 72,72%.

Entenda a história

Para quem é fã de games, uma das melhores coisas nos Estados Unidos é a GameStop. A cada esquina, uma loja nova com milhares de jogos e novidades da tecnologia que fazem todo "nerd" achar seu paraíso. Com a pandemia, infelizmente, a rede perdeu muito dinheiro e planeja fechar 450 lojas em 2021.

Ainda assim, a ação da GameStop se tornou uma das mais quentes do ano, subindo mais de 100% em menos de uma semana, provocando perdas históricas para vários “tubarões” do mercado, que apostavam na queda dos papéis da rede com grandes posições vendidas.

A companhia de 37 anos virou o foco de uma batalha estilo Davi e Golias (ou na "gíria gamer", estilo Kratos e Cronos, da franquia God Of War) entre um exército de pequenos investidores e Wall Street. Por incrível que pareça, os pequenos investidores chegaram a levar a melhor.

Para se ter uma noção do impacto que essa briga tomou, cerca de 71,66 milhões de ações da GameStop chegaram a ser vendidas ao valor de US$ 4,66 bilhões. No acumulado anual, essas apostas custaram aos investidores cerca de US$ 6,12 bilhões (o que dá um prejuízo de US$ 2,79 bilhões na segunda-feira), de acordo com o jornal The Guardian.

Isso, obviamente, empolgou os pequenos investidores. Um usuário do fórum de discussões Reddit afirmou: "Nós quebramos. Quebramos o GME (ticker da GameStop) na abertura". Confira a explicação completa desta história.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

via de mão dupla

PEC do auxílio tem de ter contrapartida, diz Funchal

“Se essa PEC não andar com as contrapartidas, o vulnerável que vai ter o benefício hoje será o desempregado dos próximos anos”, diz Funchal.

Mudanças a caminho

Se PEC for aprovada, 14 Estados já podem congelar salário de servidor

Pela proposta, as medidas de ajuste seriam acionadas sempre que as despesas obrigatórias primárias excedessem 95% das receitas correntes.

Décimo Andar

[Vídeo] O que aconteceu (e acontecerá) com os fundos imobiliários?

Tijolos, argamassa, tinta e cimento. É nisso que investem pessoas que tem fundos imobiliários? Não exatamente. Os empreendimentos como shoppings, escritórios e lojas é que geram valor a esses materiais. E com a pandemia de covid-19, diversos desses estabelecimentos acabaram entregando as chaves, o que provocou um certo desconforto no setor imobiliário. Acompanha o comentário […]

Crise

Vendas do comércio encerram 2020 com queda histórica de 12,2%, diz Serasa

Essa é a maior retração de toda a série, iniciada em 2001.

o que está acontecendo?

5 pontos para entender o resultado e a reação ao PIB do 4º trimestre

Atividade fecha com pior queda da história em 2020, mas vem acima do esperado, só que bolsa está caindo; confira os motivos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies