O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-06-22T17:16:15-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
espaço para mais ganhos

Credit Suisse vê Totvs protegida contra inflação e aponta impulso com PIB

Analistas do banco lembram que empresa repassa a alta dos preços para os contratos anuais; papéis TOTS3 já subiram mais de 80% no último ano

22 de junho de 2021
17:07 - atualizado às 17:16
Totvs Inflação Protegida Escudo Dragão
Imagem: Shutterstock, com intervenção de Andrei Morais

As perspectivas para a economia brasileira devem favorecer a empresa de software Totvs, disse o Credit Suisse ao elevar o preço-alvo para as ações da companhia (TOTS3) de R$ 35 para R$ 43. O banco manteve a recomendação de compra para os papéis.

As ações da empresa eram negociadas a R$ 37,68 nesta terça-feira (22) na B3, em alta de 2,5%. No último ano, os papéis acumulam ganhos de 87%. Veja a cobertura de mercados do Seu Dinheiro.

O Credit Suisse defende que a ação da Totvs é uma boa pedida porque a empresa repassa a alta da inflação para os contratos anuais. A variação dos preços medida pelo IPCA chega a 8,06% em 12 meses, enquanto o IPG-M ultrapassa 30% no período.

Os analistas do banco falam ainda que a empresa pode ser beneficiada pelo crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), com um maior investimento em TI, considerado cíclico.

As projeções para a economia brasileira têm sido continuamente revisadas para cima neste ano, depois de o IBGE revelar um avanço de 1,2% do PIB no primeiro trimestre, acima do esperado.

Transformação dos negócios

O novo preço-alvo para as ações da Totvs ainda considera o avanço do EPR (Enterprise Resource Planning) da empresa no primeiro trimestre. A tese é que a empresa se beneficia do momento de transformação de ERPs em plataformas para outros produtos e serviços.

O banco ainda incorporou a operação da RD Station as suas projeções. Segundo o Credit Suisse, o valor justo da empresa adquirida pela Totvs seria o dobro do R$ 1,8 bilhão desembolsado, considerando uma taxa de crescimento de 30% por "mais alguns anos".

Para o Credit Suisse, a Totvs ainda vai ganhar escala, o que dará impulso aos ganhos por ação (EPS, na sigla em inglês). A estimativa é de um crescimento da receita em 18% em 2021 (ou 15%, no critério pro-forma) e de 15% no próximo ano.

Ebitda e lucro devem crescer cerca de 30% neste ano e aproximadamente 25% em 2022, diz a instituição. "O momento é positivo, já que o negócio SaaS da Totvs está ganhando escala e margem rapidamente, enquanto os custos fixos da Supplier e a RD devem gradualmente se diluir".

Além de listar os pontos positivos, o Credit lembra da possibilidade de o segundo trimestre ser o mais fraco do ano para a Totvs, do ponto de vista da margem Ebitda, devido à sazonalidade e ao avanço da pandemia de covid-19.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies