🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela o nome da ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2022-09-06T13:48:24-03:00
Camille Lima
INVESTIMENTO DE LONGO PRAZO

Warren Buffett desistiu de competir com Elon Musk? Berkshire Hathaway vende US$ 600 milhões em ações da BYD, rival da Tesla

CEO da Berkshire Hathaway embolsou cerca de US$ 600 milhões nos últimos dois meses, ao vender quase 18 milhões de ações da chinesa a um preço médio de US$ 35

6 de setembro de 2022
13:48
Elon Musk e Warren Buffett
Elon Musk, dona da Tesla, e Warren Buffett, da Berkshire Hathaway - Imagem: Shutterstock

Até mesmo o homem mais rico do mundo pode errar feio em suas projeções. Pouco mais de uma década atrás, Elon Musk gargalhava em uma entrevista quando Warren Buffett incluía a montadora chinesa BYD no portfólio da Berkshire Hathaway.

Acontece que, 11 anos depois, a asiática fez a Tesla perder o cargo de maior vendedora de automóveis elétricos do mundo — e ainda rendeu ao Oráculo de Omaha um retorno de 35 vezes o valor de seu investimento inicial. Vou explicar.

Warren Buffett e os investimentos na BYD

Quando o conglomerado do megainvestidor decidiu investir na montadora BYD, a holding pagou cerca de US$ 1 por ação, gastando cerca de US$ 232 milhões para comprar 225 milhões de ações em 2008.

Essa posição foi mantida até 12 de julho deste ano, segundo registros arquivados na SEC (a CVM dos Estados Unidos). De lá para cá, a Berkshire diminuiu a posição na BYD em 8%, permanecendo com 207 milhões de ações da asiática no portfólio.

Ou seja: o CEO da holding embolsou cerca de US$ 600 milhões só nos últimos dois meses, ao vender quase 18 milhões de ações da chinesa a um preço médio de US$ 35, segundo análise do Markets Insider.

Não é de se espantar. Afinal, é difícil falar de Buffett sem lembrar de sua renomada estratégia de longo prazo em investimentos, o buy & hold (que, em tradução livre, significa comprar e segurar uma ação).

Warren Buffett versus Elon Musk

Há algum tempo, Warren Buffett e Elon Musk enfrentam-se num verdadeiro duelo de gigantes, na disputa pelo maior valor de mercado entre suas empresas. 

Atualmente, a Berkshire Hathaway possui US$ 617,8 bilhões em valor de mercado, segundo dados do MarketWatch, enquanto a Tesla conta com US$ 846,7 bilhões — uma diferença de aproximadamente US$ 228,9 bilhões.

Acontece que a competição entre os dois bilionários ultrapassou o quesito de indicadores financeiros das empresas. Nos últimos meses, os CEOs passaram a disputar também o coração dos consumidores de carros elétricos.

De um lado, a Tesla, a maior fabricante de veículos elétricos do mundo. Do outro, a BYD, tão caçoada por Elon Musk anteriormente, agora consagrada a maior vendedora de automóveis elétricos do mundo

Acontece que, apesar de a chinesa BYD ter feito a Tesla perder o posto de maior vendedora de carros elétricos do planeta, os últimos passos de Warren Buffett plantaram dúvidas na cabeça dos investidores.

Warren Buffett desistiu da BYD?

As recentes alienações feitas pelo Oráculo de Omaha geraram questões como “o CEO da Berkshire Hathaway desistiu de vez da competição com a empresa de Elon Musk?” e “a holding de Buffett ainda vai se desfazer de mais ações da montadora asiática?”.

Para o diretor de investimentos da Atlantis Investment, Yang Liu, o mercado pode ter que se preparar para novas vendas por parte de Buffet. 

“Esta é uma tendência comum para os investidores que começam a tirar dinheiro do mercado. Talvez vejamos mais”, disse Liu à CNBC.

Enquanto isso, o analista da Daiwa Capital Markets Hong Kong, Kelvin Lau, afirmou esperar mudanças ainda mais duras por parte da Berkshire Hathaway.

“Esperamos que a Berkshire Hathaway saia completamente de sua posição. Embora esperemos que os fundamentos da empresa permaneçam sólidos, acreditamos que a venda da participação da Berkshire possa impor pressão sobre o preço das ações no curto prazo”. 

Um temor (justificado) dos investidores

Vale destacar que os investidores acompanham atentos os próximos movimentos de Warren Buffett. Afinal, a Berkshire pode vender mais de 9,6 milhões de ações sem precisar divulgar ao mercado novas mudanças de participação. 

Isso porque as regras da bolsa de valores de Hong Kong estipulam que empresas só devem atualizar o mercado em transações que alteram sua participação percentual em um número inteiro.

Ou seja, o conglomerado só teria que informar aos investidores caso sua fatia na BYD caísse abaixo de 18% de participação.

As ações da BYD

Com receio de que o megainvestidor Warren Buffett continue vendendo mais ações da chinesa — ou que até mesmo exclua por inteiro a empresa do portfólio de seu conglomerado —, os papéis da BYD desabaram cerca de 30% desde 11 de julho, um dia antes de a Berkshire Hathaway registrar os dados de participação na chinesa.

Atualmente, a participação que a empresa de Buffett detém na BYD, de 18,87%, vale aproximadamente US$ 5,7 bilhões. 

O valor corresponde a uma queda de 35% em relação ao pico de US$ 8,8 bilhões visto ao fim de junho.

*Com informações de Markets Insider e Bloomberg

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Eleições 2022

Líder das pesquisas, Lula decide faltar a debate do SBT e ouve críticas de adversários

24 de setembro de 2022 - 14:08

Candidato Ciro Gomes (PDT) disse que Lula “tem muito a esconder”, enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) chamou a decisão de “estratégia”

Eleições 2022

Pesquisa Ipespe/Abrapel mostra Lula oscilando para cima e Bolsonaro estável

24 de setembro de 2022 - 11:41

Pesquisa mostrou que votos brancos e nulos também subiram, assim como o número de eleitores que não souberam ou preferiram não responder

Tax the rich!

Imposto sobre heranças vai aumentar? Saiba quais candidatos à presidência são a favor de tributá-las ou de taxar grandes fortunas

24 de setembro de 2022 - 10:00

A discussão sobre o aumento de impostos sobre os ricos ou os “super-ricos” é tendência mundial, e no Brasil não é diferente. Mas nem todos os candidatos à presidência têm propostas nesse sentido

Banho mais caro

Tarifa de energia elétrica deve subir mais do que toda a inflação projetada pelo Banco Central em 2023, dizem especialistas

24 de setembro de 2022 - 9:47

Reajuste das tarifas chegaria a 5% em 2023, enquanto a projeção do Banco Central para a inflação é de 4,6%

Irregularidades

TSE vê indício de fraude em R$ 605 milhões em gastos das campanhas eleitorais

24 de setembro de 2022 - 9:22

Na lista de casos suspeitos estão gastos que teriam sido feitos por parentes e empresas de fachada, além de doações feitas por pessoas mortas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies