Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-07T12:39:40-03:00
Estadão Conteúdo
Economia brasileira

Recessão foi mais curta e menos aguda que o esperado, diz diretor do BC

Segundo Fabio Kanczuk, economia brasileira enfrentou recessão menos aguda que projetado

7 de junho de 2021
12:39
Fábio Kanczuk
Imagem: Geraldo Magela/Agência Senado

O diretor de Política Econômica do Banco Central, Fabio Kanczuk, avaliou nesta segunda-feira, 7, que a economia brasileira enfrentou uma recessão em 2020, em função da pandemia do novo coronavírus, mas que ela foi "mais curta" e "menos aguda" que o esperado pelo mercado financeiro.

Ele lembrou que, no início da pandemia, havia projeções de retração de 9% para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2020, algo que não se verificou.

"O retorno da economia é muito rápido", afirmou Kanczuk. "As empresas sofreram bem menos do que poderiam ter sofrido."

O diretor do BC afirmou ainda que o ano de 2020 "foi muito difícil" em função da pandemia. "Em termos de saúde pública, foi terrível.", reconheceu. "Mas houve reação importante de política pública em 2020."

De acordo com o diretor, a forma na qual a política pública atuou na pandemia foi via crédito. "Numa recessão típica, o crédito contrai fortemente ante o PIB. Na atual crise, o crédito subiu, em vez de cair. E isso se deveu à política pública", disse.

Kanczuk participa nesta segunda-feira da divulgação do Relatório de Economia Bancária (REB) referente a 2020.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O Ibovespa na contramão do mundo, o impulso das commodities, a pressão dos servidores públicos e tudo o que agitou os mercados nesta terça

Nada como uma perspectiva de aperto monetário para segurar o desempenho dos ativos de risco. E nesta terça-feira (18), os mercados financeiros americanos voltaram do feriado colocando nos preços a expectativa dos investidores com a alta dos juros e a redução dos estímulos monetários nos Estados Unidos. O resultado foi uma disparada nos juros futuros, […]

Fechamento Hoje

Ibovespa sobrevive a mar vermelho no exterior e consegue fechar em alta; avanço nos retornos dos Treasuries pesa nos juros e no câmbio

Principal índice da B3 lutou para se manter no lado positivo ao longo de todo o pregão, com ajuda das commodities; dólar, porém, também fechou em alta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies