Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-07T08:37:27-03:00
Estadão Conteúdo
De olho nos ipos

Previ terá até R$ 2 bilhões para aplicar em ‘novatas’ na Bolsa no 2º semestre

O diretor de investimentos da entidade, Marcelo Wagner, diz que a intenção é participar da safra de ofertas prevista para o segundo semestre

7 de julho de 2021
8:37
Dinheiro
Imagem: Shutterstock

Maior fundo de pensão do Brasil, a Previ tem previstos no orçamento R$ 3 bilhões para ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) em 2021.

Desse valor, R$ 1 bilhão foi aplicado na primeira metade do ano. O diretor de investimentos da entidade, Marcelo Wagner, diz que a intenção é participar da safra de ofertas prevista para o segundo semestre.

Em 2020, a Previ montou uma equipe de trabalho para avaliar e selecionar empresas candidatas a ofertas públicas de ações. Desde então, o fundo investiu no lançamento dos papéis de Petz, Rede D'Or, Caixa Seguridade, Grupo Mateus e Quero-Quero, entre outros.

"Estamos atentos às empresas que estão se candidatando ao IPO. É um trabalho conjunto com as áreas de planejamento, risco, participações", afirma o diretor de investimentos da Previ.

Um dos maiores investidores institucionais do País, com carteira de mais de R$ 100 bilhões em renda variável, a Previ inclui em suas escolhas de investimentos um filtro com critérios ambientais, sociais, de governança e integridade - práticas que a entidade chama de ASGI, acrescentando um critério ao acrônimo original, o ASG.

Apesar dos investimentos previstos nos IPOs, a renda variável seguirá perdendo peso na carteira de investimentos da Previ, sobretudo do Plano 1, maior e mais antigo dos funcionários do Banco do Brasil.

Desde 2018, o Plano 1 da entidade vendeu ações de 28 empresas e reduziu em mais de R$ 35 bilhões sua exposição à Bolsa. Os ativos desse plano estavam em R$ 222 bilhões em 30 de abril.

"Mais de 95% das pessoas do Plano 1 já estão aposentadas. É um plano maduro, em fase de pagamento de benefícios. Isso significa que precisamos vender ativos para pagar os benefícios", explica Wagner.

O Plano 1 da Previ alcançou um superávit acumulado de R$ 21,65 bilhões nos quatro primeiros meses deste ano. A rentabilidade até abril era de 7,29%, quase o dobro da meta atuarial no período (3,94%).

O Previ Futuro, que tinha sido mais afetado pela volatilidade do mercado no primeiro trimestre, teve desempenho positivo em abril. A rentabilidade acumulada do plano no ano é de 1,07%.

A Previ também está retomando o processo de diversificação do portfólio, suspenso durante o cenário de maior incerteza da pandemia, em 2020. A entidade tem reservados investimentos de aproximadamente R$ 7 bilhões até o fim do ano para alocar em fundos imobiliários, multimercados e no exterior.

A ideia é acessar fundos expostos a mercados como EUA e China, entre outros. Com a montagem da carteira, a Previ vai alocar montantes de R$ 1 bilhão, divididos em parcelas de R$ 250 milhões. Recentemente, a entidade aplicou na Europa.

Um dos benefícios de investir no exterior é acessar ativos não disponíveis no Brasil, como nanotecnologia e química fina. Além disso, existe a própria redução do risco Brasil no portfólio. "O investidor global vem ao Brasil em busca de maiores riscos. A gente pode pegar a mesma avenida para o exterior olhando na redução do risco."

Caixa

A Funcef, fundo de pensão dos funcionários da Caixa, iniciou um processo de revisão de sua política de investimentos de 2021 e pode mudar o destino de quase R$ 2 bilhões inicialmente previstos para serem alocados no exterior e em fundos de investimento imobiliários. A informação é do presidente da entidade, Gilson Santana, que assumiu o cargo há pouco mais de um mês.

"Salvo alguma mudança de oportunidade (…), é pouco provável que a gente consiga fazer alocação nessa monta que está prevista. Isso deve gerar uma revisão da política de investimento, que precisa alocar em outro tipo de ativo com a rentabilidade esperada", disse. O destino dos quase R$ 2 bilhões em revisão ainda é incerto. Uma possibilidade seria apostar na safra de IPO prevista para os próximos meses.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Exile on Wall Street

Para ser faixa-preta nos investimentos é preciso ter a paciência japonesa

Na literatura de alocação de ativos, “momentum” é a tendência que um ativo tem de continuar subindo apenas porque… já vem subindo. Nos últimos 30 anos, dezenas de estudos acadêmicos e gestores sistemáticos praticantes têm validado a existência de um prêmio por momentum no mercado de ações. Contrariando o senso comum, seria possível ganhar dinheiro […]

MERCADOS HOJE

Com clima doméstico tenso e inflação, Ibovespa não acompanha otimismo de NY; dólar recua

A crise política segue pesando no cenário interno, com a reforma ministerial e os ruídos em Brasília

O melhor do seu dinheiro

O mercado de ações à brasileira, a expectativa contra a realidade dos investimentos e outros destaques

A expressão Made in Brazil já foi muito mais utilizada do que é hoje em dia. Trazia inclusive uma conotação de nacionalismo, de orgulho do que era produzido por aqui e fazia sucesso no exterior. E pesquisando sobre o termo, encontrei uma banda de rock brasileira, bastante importante na cena musical dos anos 1970, exatamente […]

Bitcoin para os ricaços

Milionários passam a ver bitcoin como uma proteção contra a inflação, segundo Goldman Sachs

Confira o que uma pesquisa da instituição financeira descobriu sobre o interesse de escritórios de milionários em criptomoedas

De olho no dragão

IPCA-15 fica em 0,72% em julho e acumula 8,59% em 12 meses; confira o que pesa na inflação

O resultado do mês vem dentro das expectativas do mercado que projetava um crescimento de 0,46% até um teto de 0,78%, com a mediana de 0,65% ao índice

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies