🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela o nome da ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2021-11-22T13:42:29-03:00
Ricardo Gozzi
CHURRASCO NO BAFO DO DRAGÃO

Muito além da inflação de 10%. Veja os itens que mais aumentaram de preço e pesaram no bolso do brasileiro

O IPCA acumulado em 12 meses atingiu dois dígitos em setembro. E se você resolveu fazer um churrasco e pegar a estrada, sua inflação foi muito maior do que a média

8 de outubro de 2021
13:26 - atualizado às 13:42
inflação
Imagem: Shutterstock

O IPCA de setembro superou a marca de 10% pela primeira vez desde fevereiro de 2016. Mas, a depender do que você fez no mês passado, sua inflação pode ter sido bem maior do que a já salgada alta dos preços enfrentada pelos brasileiros.

Vamos supor que você, contrariando todas as recomendações médicas motivadas pela pandemia, tenha feito um churrasco com seus melhores amigos em um sítio fora da cidade em setembro do ano passado e vocês tenham resolvido repetir a dose um ano depois.

Com os preços dos alimentos e dos combustíveis em destaque no IPCA, o impacto da inflação sobre seus gastos teria sido muito maior do que o da média dos brasileiros.

Tanque mais caro

A inflação já começa a pesar no caminho, quando você vai abastecer o carro. Enquanto um lado reclama da carga tributária e outro culpa a política de preços de combustíveis da Petrobras, o preço dos combustíveis deixa os dois discutindo e avança sem trégua.

O litro da gasolina aumentou 39,6% no período, de acordo com o IBGE. Ah, mas seu carro tem motor flex. Sem problema, o etanol subiu 64,77%, terceira maior taxa em 12 meses dentre todos os itens que compõem o IPCA. Hoje, aliás, a Petrobras determinou novos reajustes aos preços da gasolina e do gás de cozinha.

E se algum participante dessa confraternização precisou ir de avião, as passagens aéreas de ida e volta custaram 56,81% mais em relação ao churrasco anterior. Individualmente, as passagens aéreas apresentaram a quinta maior taxa entre os integrantes do índice.

Tá, vamos parar de reclamar do combustível e passar logo pro churrasco

Quem levou uma peça de picanha, por exemplo, pagou por ela 26,82% a mais do que há 12 meses. O amigo que levou um contrafilé pra assar viu o preço do quilo avançar 26,88%. Já quem chegou com a alcatra sentiu menos, pero no mucho: +24,54%.

Aquele que tentou economizar logo pensou: vou levar um franguinho. Se levou um frango inteiro, pagou 28,78% a mais; em pedaços, +28,91%; só o peito, +29,80%.

Por que subiu tanto?

Em relação a isso, não tem muito segredo. Além dos insumos mais caros em meio à falta de chuvas, economistas apontam para o peso da alta da taxa de câmbio na inflação. O dólar mais caro levou as grandes empresas de proteína animal a privilegiarem as exportações em detrimento do mercado interno.

Amigos veganos

Trata-se, porém, de um grupo bastante heterogêneo. Os amigos veganos chegaram com pimentão, abobrinha e repolho - respectivamente líder, vice-líder e quarto colocado entre os vilões inflacionários do período.

O pimentão quase dobrou de preço - subiu 96,34% -, seguido pela abobrinha (+64,93%) e pelo repolho (+57,90%). Muito mais do que um benchmark recente, o tomate (+24,32%), quase tão salgado quanto aquela picanha que alguém esqueceu na churrasqueira sem bater o sal grosso.

Mas está tudo sob controle. O sal subiu só 5,85%.

E o carvão? Ainda bem que não entra no cálculo do IPCA. Mas com um dragão desse naipe, quem precisa de carvão?

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O Ibovespa na órbita do dólar: o desafio da bolsa brasileira para se descolar de Wall Street e os 4 anos do Seu Dinheiro

26 de setembro de 2022 - 8:47

Enquanto o dólar forte azeda o dia dos ativos de risco, conheça os investimentos mais rentáveis dos últimos quatro anos e confira a entrevista coletiva com o CEO da MRV

CAÇADOR DE TEDÊNCIAS

Day trade na B3: Oportunidade de lucro de mais de 7% com ações da NeoEnergia (NEOE3); confira a recomendação

26 de setembro de 2022 - 8:11

Identifiquei uma oportunidade de swing trade baseada na análise quant – compra dos papéis da NeoEnergia (NEOE3). Veja os detalhes

SEGREDOS DA BOLSA

Esquenta dos mercados: Semana das bolsas internacionais começa no vermelho com cautela global; Ibovespa acompanha reta final das eleições

26 de setembro de 2022 - 7:45

A prévia da inflação brasileira será divulgada na terça-feira, enquanto o PCE, índice cheio dos EUA, é a bola da vez na sexta-feira

ENTREVISTA EXCLUSIVA

MRV (MRVE3) acelera lançamentos adiados pela crise e traça planos para a incorporadora nos EUA que brilhou nos últimos balanços

26 de setembro de 2022 - 7:01

A maior companhia do programa Casa Verde e Amarela viu suas margens serem comprimidas nos últimos balanços, mas o CEO Rafael Menin diz que uma nova fase está por vir

ESPECIAL SD 4 ANOS

Bitcoin ainda é o melhor investimento dos últimos 4 anos, mas deixa gosto amargo; Ibovespa cai algumas posições no ranking

26 de setembro de 2022 - 7:00

No nosso tradicional balanço dos investimentos desde o nascimento do Seu Dinheiro, bitcoin mantém maior alta, apesar de tombo recente, e bolsa cai algumas posições, apesar de manter bom desempenho; poupança é uma das piores aplicações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies