Menu
2021-04-06T09:08:42-03:00
Estadão Conteúdo
Avanço dos estímulos

Decisão no Senado aumenta expectativas para pacote de infraestrutura de Biden

A estratégia permitiria aos democratas na Casa contar com um limite de 51 votos para avançar alguns projetos de lei, ao invés dos 60 votos normalmente necessários

6 de abril de 2021
9:08
eua dolar Casa Branca
Montagem da bandeira dos EUA em pilha de dólares - Imagem: Shutterstock

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden recebeu um impulso de uma fonte inesperada nesta segunda-feira, 5. A conselheira independente do Senado dos Estados Unidos, Elizabet MacDonough, decidiu a favor de um esforço democrata para aprovar legislações adicionais por meio de um processo orçamentário chamado de reconciliação.

Com Biden promovendo seu plano de infraestrutura de US$ 2,3 trilhões, o Senado deu luz verde a uma estratégia que permitiria aos democratas na Casa dividida igualmente 50-50 contar com um limite de 51 votos para avançar alguns projetos de lei, ao invés dos 60 votos normalmente necessários.

As chamadas regras de reconciliação do orçamento agora podem ser usadas com mais frequência do que o esperado - dando aos democratas um novo caminho em torno do bloqueio republicano. O partido está fazendo a aposta de que é mais vantajoso se opor Plano de Emprego Americano, de Biden.

As perspectivas de um investimento maciço em infraestrutura, que já foram uma questão bipartidária de unidade, rachou sob o peso da polarização política. Onde Biden vê urgência em crescer, os republicanos querem um plano estreito que se concentre em estradas e pontes e avisam que qualquer aumento de impostos corporativos esmagaria o crescimento econômico.

Não é de todo certo que o manual do Partido Republicano que funcionou há mais de uma década produzirá os mesmos ganhos políticos desta vez. Biden está apostando em pesquisas que sugerem que seu pacote de infraestrutura é popular entre os eleitores de ambos os partidos, tornando mais fácil contornar qualquer bloqueio republicano no Capitólio.

Mas um único senador pode quebrar as fileiras democratas para influenciar o tamanho e a forma do pacote. Nesta segunda, o senador Joe Manchin, Indicou que preferia uma alíquota de imposto sobre as empresas de 25%, inferior à proposta por Biden.

*Com informações da Associated Press

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

ESTRADA DO FUTURO

A equação do e-commerce: onde estamos investindo quando o assunto é varejo

O varejo é grande demais para exista um tipo de “vencedor leva tudo”. Na geração de demanda é a mesma coisa. Todos estão crescendo como derivada de uma tendência maior, que é o desenvolvimento do e-commerce

CRIPTOMOEDA

Bitcoin ultrapassa US$ 60 mil antes de abertura de capital da Coinbase Global

Criptomoeda teve alta de 4,87%, a quatro dias de IPO da maior corretora de moedas digitais dos EUA

pandemia

Mortes por Covid-19 cresceram 468% no Brasil entre janeiro e março, alerta Fiocruz

Para os novos casos, o aumento foi de 701%; Sul e Centro-Oeste tendem a cenário mais crítico nas próximas semanas.

IPCA DE MARÇO

Inflação vai a 0,93% e mercado vê risco de estourar meta

Taxa acumulada passou a 6,10% no mês passado, reforçando temor de que inflação oficial termine o ano acima do teto da meta, de 5,25%.

congresso X executivo

Orçamento tem guerra de pareceres

Câmara e Senado se armaram com notas técnicas para mostrar que o presidente Jair Bolsonaro pode sancionar o Orçamento sem vetos a emendas; Ministério da Economia já prepara próprio embasamento jurídico.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies