Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-24T07:45:16-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: cautela com possível calote de Evergrande pesa nas bolsas; inflação medida pelo IPCA-15 fica no radar

Os principais índices mundiais seguem pressionados pela imobiliária chinesa e cautela predomina antes da fala de Jerome Powell em evento

24 de setembro de 2021
7:38 - atualizado às 7:45
dívida da evergrande eve deixar bancos na mão
Dívida de US$ 300 bilhões da Evergrande deve deixar bancos na mão - Imagem: shutterstock

O bom humor do pregão da última quinta-feira (23) animou os negócios por aqui, o que fez o principal índice da bolsa brasileira recuperar os 114 mil pontos. No cardápio desta sexta-feira (24), o IPCA-15 de setembro já deve sentir os impactos do aumento na conta de luz e, no pior cenário das projeções, ultrapassar os 10% nos últimos 12 meses.

Evergrande, a incorporadora chinesa, segue no radar do exterior. Os bancos para quem a gigante do setor imobiliário deve já afirmaram que conseguem segurar um possível calote, mas ainda se sentem "no escuro", em busca de maiores informações.

Outra notícia que também movimenta o exterior é o discurso de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, antes de um evento. Powell já movimentou os mercados na última quarta-feira (22), com o anúncio do tapering adiado, o que refletiu nas bolsas pelo mundo. Saiba o que esperar do pregão de hoje:

IPCA-15 e acordos no Congresso

A Comissão especial da Câmara aprovou o texto do relator Arthur Maia (DEM-BA) sobre a reforma administrativa no final da última quinta-feira (22). Ainda faltam 21 destaques, partes da proposta que podem ser alteradas, para serem apreciados pelos deputados. 

Entre outras medidas, a proposta prevê a possibilidade de parceria privada para execução de serviços públicos, aposentadoria integral para policiais e contratos temporários com até 10 anos de duração. Os destaques da proposta você confere aqui.

Enquanto isso, o acordo para a nova proposta de pagamento dos precatórios vai exigir a montagem de uma grande mesa de negociação de ativos da União em troca da quitação de cerca de R$ 50 bilhões.

Essa é a soma das dívidas definidas pela Justiça que ficarão fora do teto de gastos, regra que limita o avanço das despesas à inflação, e não serão pagos à vista, mas poderão ter a quitação acelerada mediante acerto entre as partes.

Para hoje, o investidor deve seguir de olho na divulgação do IPCA-15, uma prévia da inflação oficial para setembro. O índice deve avançar 1,03% no mês, na mediana das expectativas de especialistas ouvidos pelo Broadcast. Na base anual, o avanço deve ser de 9,93% também na mediana das projeções.

Evergrande: uma história que não acaba

A incorporadora chinesa Evergrande não saiu do noticiário esta semana, após ameaças de um calote da dívida de US$ 300 bilhões. A gigante do setor imobiliário chinês fez um acordo para pagar os juros da dívida na última quarta-feira (22), mas os credores se dizem “no escuro” sobre os pagamentos que venceriam nesta quinta-feira (23)

O Banco do Povo da China (PBoC) tem limitado as informações sobre os desdobramentos de Evergrande. Já os bancos credores da segunda maior imobiliária do mundo se preparam e dizem que são capazes de absorver um possível calote. 

Até o final da noite da última quinta-feira, a companhia tinha que pagar US$ 83,5 milhões em juros sobre títulos no valor de US$ 2,03 bilhões, de acordo com o Dow Jones Newswires. Entretanto, os investidores globais ainda não receberam este montante.

Os investidores devem acompanhar os desdobramentos desse possível calote, que deve colocar ainda mais pressão sobre o sistema financeiro chinês. No radar do dia, ficam as falas do presidente do Fed, Jerome Powell, em evento no final da manhã. 

Na última reunião, o Federal Reserve já pretende iniciar o tapering, a retirada de estímulos da economia norte-americana, ainda em novembro, quando ocorre a próxima reunião do Fomc, o Copom americano. Dessa forma, o BC dos EUA continua a injetar dinheiro na economia, enquanto os juros e a inflação sobem.

Bolsas pelo mundo

Os índices asiáticos encerraram o pregão majoritariamente em baixa nesta sexta-feira. A endividada gigante do setor imobiliário chinês Evergrande segue pesando nas negociações, mesmo após alguns acordos de pagamentos de juros da dívida. 

O caso de Evergrande também pressiona os índices da Europa, que operam em baixa após três sessões de ganhos. A cautela prevalece também antes do discurso de Jerome Powell, em evento.

Por fim, os futuros de Nova York operam em baixa, após dois pregões de ganhos e de olho nas falas do presidente do Federal Reserve.

Agenda do dia

  • IBGE: IPCA-15 de setembro (9h)
  • Banco Central: Conta corrente do setor externo em agosto e investimentos diretos no país (9h30)
  • Estados Unidos: Vendas de moradias novas em agosto (11h)
  • Estados Unidos: Presidente do Fed, Jerome Powell, discursa antes de evento Fed Listens (11h)
  • Aneel anuncia bandeira tarifária para famílias atendidas pelo programa Tarifa Social. Os demais consumidores seguem com a bandeira 'Escassez Hídrica' até abril
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Clube do livro

Um passeio entre chás, sementes e cerveja: como “Uma Senhora Toma Chá…” conta a história da estatística moderna de maneira descomplicada

O livro de David Salsburg te convida a conhecer o pouco mais de um dos campos mais necessários para o melhor entendimento do mundo das finanças, e claro, da ciência

A bolsa como ela é

Onde as fake techs não têm vez: mercado não tem mais espaço para empresa que não gera valor de verdade

Com alta dos juros, quem não gerar caixa suficiente para remunerar o investidor em 16% ao ano está, em bom português, no sal

Ora, pois

Bradesco deve abrir base em Portugal para ‘seguir’ milionários brasileiros

Movimento de migração de famílias clientes do segmento private do banco após a pandemia levou à retomada dos estudos para entrar no mercado lusitano

De volta aos dois dígitos

Mercado já vê juros de até 11% em 2022

Drible no teto de gastos gerou movimento generalizado nas instituições financeiras para revisar para cima suas projeções para a taxa de juros

Óleo e gás

3R Petroleum (RRRP3) certifica reservas provadas de 185,1 milhões de barris

Companhia divulgou resultado da certificação de reservas do Campo de Papa-Terra, na Bacia de Campos, cuja participação foi adquirida da Petrobras

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies