Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-28T10:26:03-03:00
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Bitcoin (BTC) hoje

O que mexe com o preço do bitcoin (BTC) hoje: sites relacionados a criptomoedas são bloqueados na China após proibição de transações

O desligamento de máquinas de mineração de ethereum também pressiona o preço da segunda principal criptomoeda do mercado hoje

28 de setembro de 2021
10:25 - atualizado às 10:26
preço do bitcoin e ethereum hoje
o desligamento de máquinas de mineração do Ethereum (ETH) e a pressão sobre o preço do bitcoin (BTC) movimentam o mercado hoje - Imagem: Pierre Borthry / Unsplash

O bitcoin (BTC) sente os reflexos do novo avanço regulatório da China contra criptomoedas, com o bloqueio de sites relacionados a informações do mundo cripto nesta terça-feira (28). Por volta das 9h30, a principal criptomoeda do mercado recuava 3,68%, cotado a US$ 42.019,37 (R$ 227.194,32).

No acumulado dos últimos sete dias, o bitcoin registra queda de 3,11%. Entre as dez principais criptomoedas do mercado, a maior queda fica para o ethereum (ETH), que recua 5,04%, aos US$ 2.924,90 (R$ 15.824,59) no mesmo horário. 

Entenda o que movimenta o mercado de criptomoedas hoje:

Fora da tomada

Um grupo de mineração de criptomoedas fundado em 2016 teve que iniciar o desligamento das máquinas na segunda-feira (27) após o avanço regulatório chinês. O Sparkpool é focado na mineração de ethereum, que é um pouco diferente da mineração de bitcoin, o que explica a queda maior da segunda principal moeda do mercado. 

O pool (como são chamados os grupos de mineração) segue o mesmo caminho da Huobi Global, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo. A exchange limitou suas atividades na China devido ao avanço regulatório no país. 

Fora do ar

Sites relacionados a cotação e movimentos do mundo cripto, como Coin Market Cap, CoinGecko e Tradingview estão fora do ar na China. O firewall chinês, sistema de segurança que impede o acesso a determinados portais, bloqueou o acesso desses portais em todo o país. 

O bloqueio aconteceu durante a madrugada no Brasil pela agência de censura à internet da China. Em entrevista ao portal The Block, o co-fundador do CoinGecko, TM Lee, afirmou que “até onde sabemos, não bloqueamos o site ativamente”. Representantes do Coin Market Cap preferiram não se pronunciar sobre o ocorrido.

Por outro lado, sites como Bybt.com estão liberados, mas, devido às restrições chinesas, a empresa decidiu bloquear ativamente o endereço na China até maiores desdobramentos das restrições.

A proibição de sites nunca foi um problema para os investidores em criptomoedas na China. Os usuários usam VPNs, acessos privados à redes de internet, que driblam o firewall da agência reguladora. Entretanto, as autoridades chinesas já afirmaram que as transações em cripto são proibidas e ilegais, e as punições, severas. 

Por dentro do preço

Um dos maiores temores dos analistas era o bitcoin (BTC) perder o suporte de preço de US$ 40 mil. A principal criptomoeda do mercado chegou a cair para os US$ 41.600, mas reduziu as perdas ao longo da manhã no Brasil.

A perda desse suporte poderia indicar que o próximo patamar de sustentação do bitcoin seria em US$ 38 mil, o que não se confirmou até agora. Os investidores seguem analisando o avanço regulatório da China, que deve ter um impacto limitado no preço da criptomoeda.

ETFs brasileiros

Preço de fechamento da última segunda-feira (27):

TickerGestoraPreçoVariação
HASH11HashdexR$ 42,30+1,08%
ETHE11HashdexR$ 48,33+2,72
BITH11HashdexR$ 55,79+2,47%
QBTC11QR CapitalR$ 14,69+2,15%
QETH11QR CapitalR$ 11,81+2,69%

Não deixe de conferir também o nosso Papo Cripto, onde eu converso com os principais analistas do mercado de criptomoedas. O CFO da Ripio, Bernardo Teixeira, é o nosso convidado desta semana:

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa fecha semana no azul, Nubank valendo bilhões a menos e primeiro ETF cripto dos EUA: veja as principais notícias desta sexta

Em uma limousine brilhante, o Ibovespa chegou atrasado para a festa das bolsas globais — mas chegou.  Os balanços das empresas europeias e americanas abriram as portas do salão de baile: com o bom resultado das companhias, dados mistos da economia e um desenho mais nítido da retirada de estímulos monetários, Wall Street brilhou.  O […]

CRIPTOMOEDAS

Quais as dificuldades na regulamentação do Bitcoin e demais criptomoedas?

Analista de criptomoedas, Valter Rebêlo, comenta sobre o processo de regulamentação das criptomoedas ao redor do mundo

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa tira uma lasquinha da festa das bolsas globais e sobe mais de 1% na semana; dólar recua após atuações do BC

Com uma bolsa descontada após as turbulências recentes, o Ibovespa tinha tudo para chegar cedo nessa festa, mas foi preciso que o Banco Central assumisse a condução para que a B3 tivesse uma chance.

ALGUNS BILHÕES A MENOS

Nubank prepara IPO com listagem na Nasdaq e na B3 até o fim deste ano, mas deve baixar a pedida no valuation

Meses atrás, a startup buscava ir a mercado avaliada em cerca de US$ 100 bilhões; veja o novo valor de mercado segundo o Broadcast

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies