Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-04T13:55:48-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin (BTC) subiu 40% em outubro, mas ethereum (ETH) e polkadot (DOT) são destaques do dia; confira o mercado de criptomoedas hoje

Depois do “uptober”, os primeiros dias de novembro começam no campo positivo para as altcoins, mas moedas alternativas ao bitcoin

3 de novembro de 2021
11:02 - atualizado às 13:55
moedas de prata de bitcoin e ethereum em um notebook
As altcoins aproveitaram o avanço do bitcoin para subir ainda mais; confira - Imagem: Pixabay

O final de semana foi intenso para o mundo das altcoins, as criptomoedas alternativas ao bitcoin (BTC). Enquanto a principal moeda digital do mundo se mantém em um patamar acima dos US$ 60 mil, as demais aproveitaram o embalo do uptober para crescer ainda mais e bater novos recordes de preço.

Confira como anda o bitcoin (BTC) hoje, quinta-feira (04): Briga entre sardinhas e baleias faz bitcoin (BTC) patinar nos US$ 61 mil, mas outras criptomoedas avançam

Por volta das 9h40 desta quarta-feira (03), o bitcoin (BTC) recuava 0,59%, cotado a US$ 62.808,33 (R$ 355.345,91), após um forte movimento de ajuste da última semana. Nos últimos sete dias, a principal criptomoeda do mercado avança 6,38%. 

Essa alta se deve principalmente à última semana de outubro, quando a criptomoeda teve o maior avanço mensal do ano, em uma valorização de 40%. No acumulado de 2021, a valorização do bitcoin é de 115,8%, de acordo com dados do Cryptorank. 

10 maiores moedas do mercado hoje

#NamePrice24h %7d %
1Bitcoin (BTC)US$ 62524,91,16%5,69%
2Ethereum (ETH)US$ 4.534,891,55%12,81%
3Binance Coin (BNB)US$ 545,840,67%19,19%
4Tether (USDT)US$ 1,000,02%0,07%
5Cardano (ADA)US$ 2,085,46%3,64%
6Solana (SOL)US$ 229,0311,72%18,37%
7XRP (XRP)US$ 1,174,83%13,54%
8Polkadot (DOT)US$ 5,.702,48%20,11%
9Dogecoin (DOGE)US$ 0,26811,45%11,44%
10SHIBA INU (SHIB)
US$ 0,00006433
7,71%12,96%

Recorde do Ethereum

Enquanto o bitcoin se recupera da ressaca dos US$ 66 mil e os investidores seguem de olho até onde o BTC pode chegar este ano, outras criptomoedas aproveitam os bons ventos para acelerar o barco. 

Durante o feriado da última terça-feira (02), o ethereum (ETH) não parou e atingiu novas máximas históricas aos US$ 4.636,42 (R$ 26.250,35), puxado principalmente pelas boas notícias envolvendo o desenvolvimento do projeto. 

A atualização Altair foi aceita por 95% dos validadores da rede do ethereum, o que permite à criptomoeda dar mais um passo para a conclusão até o Ethereum 2.0, considerado  o “ethereum definitivo” e que tem potencial para competir com o bitcoin como principal moeda do mercado. 

Mineradores felizes

Com os recordes sucessivos, é de se esperar que a recompensa pela mineração, chamada de gas fee, seja maior. De acordo com dados do Arcane Research, os mineradores da segunda principal criptomoeda do mercado acumularam US$ 17 bilhões em 2021, frente aos US$ 13 bilhões de receita gerados pela mineração de bitcoin. Você pode entender mais sobre o que é mineração clicando aqui. 

A última atualização do ethereum, o chamado London Fork, foi essencial para reduzir a volatilidade das taxas de transações, essenciais para a receita dos mineradores. Além disso, a procura por criptomoedas mais baratas como alternativas ao bitcoin também impulsionou o preço e a procura pelo ether, o que explica a receita bilionária.

E outros recordes da semana

Outros projetos em criptografia menos badalados, mas igualmente importantes, também registraram recordes nos últimos dias. A solana (SOL), atualmente a sexta principal criptomoeda do mercado, aproveitou o feriado para renovar as máximas. 

Aos US$ 234,9, a SOL continua sendo uma alternativa viável ao ethereum, motivo de tanto ânimo do mercado com essa criptomoeda. A Solana é um protocolo que otimiza a negociação de finanças descentralizadas, as DeFis. A blockchain da SOL também permite a criação de aplicativos descentralizados, chamados de DApps. 

Um dos pontos fortes da Solana é que ela resolve um dos maiores problemas das criptomoedas: a escalabilidade do projeto. De maneira simples, a blockchain consegue crescer e somar usuários mantendo a segurança da rede. 

Por volta das 10h desta quarta-feira, a solana avançava 11,72%, cotada a US$ 229,03 (R$ 1.298,82), o que representa uma alta de 18,37% nos últimos sete dias. 

ETFs de bitcoin e criptomoedas na B3

Aqui no Brasil, os primeiros ETFs com lastro em criptomoedas foram lançados neste ano. Confira o preço dos principais ativos negociados na B3 (por volta das 10h30):

TickerGestoraPreçoVariação
HASH11HashdexR$ 65,38+2,62%
ETHE11HashdexR$ 76,97+2,22%
BITH11HashdexR$ 85,40+2,52%
QBTC11QR CapitalR$ 22,62+3,10%
QETH11QR CapitalR$ 18,94+4,41%
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa

DOBRANDO A ESQUINA

Lucro das empresas com ações na bolsa deve cair 6,3% em 2022, diz BTG Pactual

Mesmo assim ainda é possível encontrar setores em que o cenário é positivo; saiba quem é quem

Bateu o martelo

IPO do Nubank sai no topo da faixa indicativa, a US$ 9 por ação; banco ultrapassa Itaú (ITUB4) e é a instituição financeira mais valiosa da América Latina

Com isso, os BDRs, que serão negociados por aqui a partir da próxima quinta-feira (09), saem valendo R$ 8,38

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies