Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-12-08T20:17:45-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
bitcoin (BTC) hoje

O rali de fim de ano do bitcoin (BTC) derrapou. E você, novato em criptomoeda, pode ser o culpado

O movimento de queda do bitcoin das últimas semanas veio dos novos investidores em cripto, chamados de short-term holders, segundo a Glassnode

8 de dezembro de 2021
12:17 - atualizado às 20:17
Bitcoin derrapa no rali do final de ano e criptomoedas acompanham
Entenda porque os short-term holders fizeram tanto estrago. Imagem: Shutterstock

O final do ano entra nas últimas curvas e o esperado rali das criptomoedas perdeu tração com a chegada de dezembro. Mesmo com os investidores otimistas, o bitcoin (BTC) segue pressionado pela cautela dos mercados tradicionais.

O bitcoin chegou a recuperar os US$ 50 mil na manhã desta quarta-feira (08), mas patina para manter esse patamar de preço. Por volta das 11h45, a maior criptomoeda do mundo operava em queda de 2,37%, cotada a US$ 50.064,82 (R$ 279.098,31).

As demais criptomoedas do mercado também ensaiaram uma recuperação, mas seguem a tendência de queda do bitcoin de hoje:

#NamePrice24h %7d %
1Bitcoin (BTC)US$ 50.064,82-2,37%-14,28%
2Ethereum (ETH)US$ 4.393,100,22%-7,64%
3Binance Coin (BNB)US$ 589,060,42%-9,20%
4Tether (USDT)US$ 0,9999-0,14%-0,11%
5Solana (SOL)US$ 191,29-4,54%-15,78%
6Cardano (ADA)US$ 1,39-3,92%-13,53%
7USD Coin (USDC)US$ 0,9994-0,09%-0,15%
8XRP (XRP)US$ 0,84271,17%-16,83%
9Polkadot (DOT)US$ 29,19-0,68%-23,63%
10Terra (LUNA)US$ 71,96-0,59%20,20%
Fonte: Coin Market Cap

O barulho dos novatos

A newsletter semanal da Glassnode, portal que fornece informações e análises sobre criptomoedas, destaca que o movimento das últimas semanas veio dos novos investidores em cripto, chamados de short-term holders

Esses endereços entraram há pouco menos de três meses com a popularização do mercado de criptomoedas. Na época, o bitcoin (BTC) rondava os US$ 47 mil.

Entretanto, boa parte dessas carteiras (wallets) começou a efetivamente comprar criptomoeda nos últimos dois meses, durante uma alta do mercado que elevou o preço do bitcoin acima dos US$ 55 mil e até as máximas históricas em US$ 68 mil.

Mas os novatos no mundo das criptomoedas também estão por trás da queda repentina. O movimento teve início com a liquidação de contratos futuros em bitcoin, mas virou uma bola de neve com a venda que partiu de wallets que entraram nos últimos meses. 

Por outro lado, os investidores mais antigos (long-term holders) ainda não começaram um movimento mais intenso de realização de lucros, apesar do movimento de queda do início de novembro ter sido atribuído aos investidores mais antigos. 

Bitcoin no Congresso (americano)

Está marcada para hoje uma audiência no Comitê de Serviços Financeiros do Congresso americano para ouvir uma série de presidentes das maiores corretoras de criptomoedas dos Estados Unidos. São eles: 

  • Jeremy Allaire, co-fundador, presidente e CEO da Circle;
  • Samuel Bankman-Fried, fundador e CEO da FTX;
  • Brian P. Brooks, CEO da Bitfury Group;
  • Charles Cascarilla, co-fundador e CEO da Paxos Trust Company;
  • Denelle Dixon, diretor executivo e CEO da Stellar Development Foundation;
  • Alesia Jeanne Haas, CEO da Coinbase e CFO da Coinbase Global.

A expectativa geral do mercado é de que o Congresso americano revise a proposta de lei de regulamentação das criptomoedas, em especial na parte que trata das stablecoins.

De acordo com a proposta atual, empresas por trás das stablecoins, as moedas com lastro em moedas e commodities, passam a serem vistas como instituições financeiras e precisam apresentar relatórios de segurança e custódia como os bancos. 

Os investidores devem aguardar maiores desdobramentos da legislação americana, que só deve apresentar maiores contornos no ano que vem.

Vale destacar que o Brasil tem projetos de lei sobre regulamentação de criptomoedas e exchanges, que colocam o Banco Central como o principal órgão regulador desse novo mercado. 

ETFs de bitcoin e criptomoedas na B3

Você pode clicar aqui para saber mais sobre cada um dos ETFs da bolsa brasileira. Confira o preço dos principais ativos negociados na B3 (fechamento de ontem):

TickerGestoraPreçoVariação (24h%)
HASH11HashdexR$ 54,70-0,36%
ETHE11HashdexR$ 73,10+0,15%
BITH11HashdexR$ 67,47-1,36%
QBTC11QR CapitalR$ 17,72-1,01%
QETH11QR CapitalR$ 18,04+2,97%
Fonte: TradeMap
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

MÚSICA NO FANTÁSTICO

Unilever recebe mais um não da Glaxo para oferta de US$ 68 bilhões por divisão que produz Advil; entenda o caso

Se fosse concretizado, o acordo seria o maior em termos globais desde o início da pandemia de covid-19

EFEITOS COLATERAIS

Ômicron e seus investimentos: variante do coronavírus terá efeitos distintos sobre empresas de saúde na bolsa; saiba quais são eles

Planos de saúde devem enfrentar um cenário menos favorável dado o aumento dos índices de sinistralidade e pressão sobre os custos

FOI DADA A LARGADA

Petrobras (PETR4) e Novonor iniciam oficialmente processo para vender participações na Braskem; veja quanto a operação bilionária pode levantar

O pedido de registro para a oferta pública secundária, que será realizada no Brasil e no exterior, foi publicado na madrugada deste sábado (15) na CVM

INCENTIVO À MUDANÇA

Meca das criptomoedas? Estado americano tenta atrair trabalhadores com pagamento em bitcoin (BTC)

Iniciativa acontece em meio a explosão de crescimento no setor de tecnologia, especificamente naquelas habilitadas para blockchain

HEY, BROTHERS!

BBB é ‘fábrica de milionários’: prêmio de R$ 1,5 milhão é fichinha perto da fortuna que ex-participantes constroem; veja como Juliette, Gil do Vigor e outros ficaram ricos após reality

A edição de 2022 do BBB começa na próxima segunda e pode conceder o título de milionário a mais pessoas; veja quem já conseguiu se consagrar com a participação na casa mais vigiada do Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies