Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-08T12:23:20-03:00
Estadão Conteúdo
Sinal vermelho

Com falta de peças, produção de veículos recuou 21,9% em agosto

Além disso, as vendas caíram 5,8% em agosto ante o mesmo período de 2020. O resultado vendidas é o mais baixo para o mês em 16 anos

8 de setembro de 2021
12:23
Carros (1)
Desde o início do ano, o total vendido chega a 1,42 milhão de veículos / Imagem: Divulgação

Com falta de peças, em especial componentes eletrônicos, nas linhas de montagem, a produção de veículos recuou 21,9% em agosto frente ao mesmo período do ano passado.

No total, 164 mil unidades foram montadas, entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus, num resultado praticamente em linha (leve alta de 0,3%) com o número de julho.

Só nas linhas de carros de passeio, as mais prejudicadas pela escassez mundial de componentes eletrônicos, a produção, um total de 119 mil unidades, registrou o pior agosto em 18 anos.

O balanço foi divulgado nesta quarta-feira, 8, pela Anfavea, entidade que representa as montadoras e que agora registra, na soma de todas as categorias, crescimento de 33% da produção do setor desde o início do ano. De janeiro a agosto, a indústria automotiva produziu 1,48 milhão de veículos.

Vendas

Como falta carro nas concessionárias, as vendas, embora exista demanda, caíram 5,8% em agosto ante o mesmo período de 2020. As 172,8 mil unidades vendidas são as mais baixas para o mês em 16 anos. Na comparação com julho, a queda foi de 1,5%.

Desde o início do ano, o total vendido chega a 1,42 milhão de veículos, 21,9% a mais do que nos oito primeiros meses de 2020, um período, como sempre é preciso contextualizar, em que as vendas foram muito fracas em razão do impacto da pandemia.

Exportações

Do lado das exportações, que têm a Argentina como principal destino, o balanço seguiu positivo no mês passado, com alta de 5,5% no comparativo com agosto de 2020 e de 23,9% na variação mensal.

As montadoras embarcaram 29,4 mil veículos em agosto, levando o total exportado desde janeiro para 253,3 mil unidades: crescimento de 43,5%.

Emprego

O levantamento da Anfavea mostra ainda que a indústria de veículos abriu 277 vagas de trabalho em agosto, empregando no fim do mês 103 mil pessoas.

Tratores e máquinas de construção

A exemplo do que acontece desde o balanço relativo a janeiro, a Anfavea segue sem divulgar os resultados dos fabricantes de tratores e máquinas de construção, também sócios da entidade.

Em razão do desligamento da John Deere da associação, a entidade vem revisando toda a série estatística do setor.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Exile on Wall Street

O que faz as empresas falharem? Conheça as cinco “assassinas silenciosas” que podem impactar nos seus investimentos

O verdadeiro início da derrocada de uma empresa não pode ser devidamente noticiado pelas finanças ou pelas operações, mas somente dentro do núcleo de cultura corporativa

CAPTAÇÕES BILIONÁRIAS

Localiza, Unidas e Movida vão a mercado em busca de R$ 5 bilhões com emissões de debêntures

Locadoras de veículos se recuperaram rapidamente da crise da covid-19 e buscam recompor o caixa em meio à escassez de componentes no setor automotivo

De olho no dragão

Ministério da Economia eleva expectativa para inflação em 2021; veja qual a nova projeção

A pasta também atualizou as estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor, utilizado para a correção do salário mínimo

MERCADOS HOJE

Com precatórios e queda do minério de ferro no radar, Ibovespa opera em queda de 1%; dólar avança

Em Brasília, os investidores acompanham de perto as discussões em torno do pagamento dos precatórios e repercutem mais uma queda expressiva do minério de ferro

Logística

MSC quer comprar controle da Log-In (LOGN3), que tem a gestora Alaska como maior acionista; papéis disparam

A proposta da MSC Mediterranean equivale a R$ 25 por ação LOGN3 e pode chegar a R$ 1,8 bilhão; Alaska e Tarpon estão entre os principais acionistas da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies