Menu
2020-08-29T12:57:28-03:00
Estadão Conteúdo
Auxílio em pauta

Bolsonaro reitera intenção de prorrogar auxílio emergencial até dezembro, com valor menor

Comentários foram feitos pelo presidente durante inauguração de energia solar em Caldas Novas (GO)

29 de agosto de 2020
12:57
Jair Bolsonaro
Imagem: Isac Nóbrega/Presidência da República

O presidente Jair Bolsonaro disse, na manhã deste sábado, que pretende prorrogar até o fim de 2020 a vigência do auxílio emergencial para ajudar a economia a voltar à normalidade, mas com valor menor que os atuais R$ 600.

"Não será R$ 600, mas também não será R$ 200. Pretendemos prorrogá-lo até o final do ano e com isso fazer com que a economia volte à normalidade", afirmou Bolsonaro durante discurso em Caldas Novas (GO), onde inaugurou uma usina de energia solar.

O presidente afirmou que o País passa por "restrições orçamentárias bastante sérias" e que o auxílio é "pouco para quem recebe e muito para quem paga". Segundo ele, o custo é de R$ 50 bilhões mensais.

O presidente elogiou a equipe de ministros - sem citar Paulo Guedes - e afirmou que, como eles adotaram seu slogan de campanha, lançaria um novo, na sua oitava visita ao Estado. "Brasil acima de tudo, Goiás acima de todos e Deus abençoe o nosso Brasil".

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Um outro olhar

Investidores mudam o foco, dólar cai e Ibovespa vive dia de forte recuperação

Bolsa recupera terreno e fecha em alta de 1,33%; dólar retorna a R$ 5,51 com reação a sinalizações de banqueiros centrais

fintech do Mercado Livre

Mercado Pago recebe aporte de R$ 400 milhões do Goldman Sachs

Os recursos têm como destino a divisão de crédito da instituição, o Mercado Crédito, e servirão para expandir a oferta de crédito para pequenos e médios vencedores que usam o Mercado Pago e o Mercado Livre

presidente popular

Avaliação positiva de Bolsonaro sobe de 29% para 40%, diz Ibope

Após cair ao longo do primeiro ano de governo, a popularidade do presidente Jair Bolsonaro disparou agora em setembro, na comparação com dezembro do ano passado

218.679 pedidos

Pedidos de seguro-desemprego caem 11,6% na 1ª quinzena de setembro, diz Economia

Os pedidos de seguro-desemprego somaram 218.679 nos primeiros 15 dias de setembro

maiores altas percentuais

IRB, PetroRio e CVC são destaques em dia de recuperação do Ibovespa

IRB Brasil e CVC estão entre os três papéis que mais perderam valor na bolsa em 2020

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements