Menu
2020-05-22T09:06:57-03:00
Estadão Conteúdo
PERMISSÃO RETOMADA

Após crítica de Carlos Bolsonaro, BB libera anúncio em site acusado de fake news

O presidente do BB, Rubem Novaes, disse à reportagem que não concordou com a restrição e que o site não deveria ser punido.

22 de maio de 2020
9:06
banco-do-brasil
Banco do Brasil - Imagem: Shutterstock

O Banco do Brasil retirou na quinta-feira, 21, o veto ao site Jornal da Cidade Online para receber publicidade do banco após o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, ter criticado a medida. A área de marketing e comunicação do BB, cujo gerente é Antonio Hamilton Rossell Mourão, filho do vice-presidente Hamilton Mourão, considerou exagerado o bloqueio e retomou a permissão para que o site, alinhado à direita conservadora, receba publicidade do banco. A decisão, no entanto, não foi divulgada.

O presidente do BB, Rubem Novaes, disse à reportagem que não concordou com a restrição e que o site não deveria ser punido.

Como mostrou o jornal O Estado de S. Paulo, na quarta-feira, Carlos Bolsonaro criticou a atitude da área de comunicação do BB de vetar anúncios no site.

"Marketing do @BancodoBrasil pisoteia em mídia alternativa que traz verdades omitidas. Não falarei nada pois dirão que estou atrapalhando… agora é você ligar os pontinhos mais uma vez e eu apanhar de novo, com muito orgulho! Obs: não conheço ninguém do @JornalDaCidadeO", escreveu o filho do presidente Jair Bolsonaro no Twitter.

O banco foi informado de que estava monetizando o site pelo Sleeping Giants Brasil. Trata-se de um perfil no Twitter que alerta empresas quando suas publicidades estão em sites com conteúdo racista ou de fake news. Nesse caso, o perfil comunicou o banco pela rede social de que sua publicidade estava numa página conhecida por espalhar fake news e, ainda, que é contra o isolamento social para combater a pandemia do coronavírus.

O Jornal da Cidade Online publicou pelo menos oito textos que foram desmentidos pelo Estadão Verifica.

Em nota, o editor do Jornal da Cidade Online afirmou que a escolha do site para veicular o anúncio deriva do "considerável número de acessos" no Estado. "Quanto às verificações realizadas pelo Estadão, foram matérias que, de acordo com as agências verificadoras, continham algumas imprecisões. Tanto é que foram prontamente corrigidas."

TCE-MS

O Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul determinou a exclusão de anúncio publicitário da Corte que vinha sendo veiculado no Jornal da Cidade Online. O anúncio foi excluído na noite de quarta. A peça publicitária era sobre medidas do TCE-MS relacionadas à capacitação de gestores no combate ao coronavírus.

Em nota, o Jornal da Cidade Online afirmou que a prefeitura e a Câmara de Campo Grande, além de empresas privadas do Estado, divulgaram campanhas na página. A presença do anúncio também foi destacada pelo Sleeping Giants Brasil.

A assessoria da Corte informou que o presidente do órgão, Iran Coelho das Neves, ordenou à agência de publicidade responsável pela campanha que suspendesse a divulgação no site. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Tensão em Brasília

Racha no Congresso põe reformas em xeque

A decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de fatiar a reforma tributária foi vista como a pá de cal nas chances de avanço das reformas no Congresso até o fim do atual governo. Embora Lira tenha prometido abrir o diálogo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para definir os próximos passos, […]

Rapidinhas da semana

BLINK: Itaúsa, B2W, Eletrobras e mais recomendações rápidas

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Alpargatas, Eletrobras, Itaúsa, Lojas Americanas e muito mais no Blink

Reserva de emergência

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, vende ações da Amazon e põe US$ 5 bi na conta

O bilionário Jeff Bezos vendeu cerca de 1,5 milhão de ações da Amazon nos últimos dias e pode vender outros 500 mil papéis em breve

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies