Menu
2020-09-04T17:25:45-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
crise no setor tech?

Com Nasdaq em queda livre, Tesla registra os piores resultados desde março

O índice Nasdaq, que reúne as empresas de tecnologia da bolsa americana, interrompeu a sequência de alta e recua forte, puxando o restante das bolsas globais junto

4 de setembro de 2020
13:39 - atualizado às 17:25
Modelo S da Tesla, fabricante de automóveis elétricos do bilionário Elon Musk
Imagem: Shutterstock

A boa fase das ações da Tesla decidiu tirar alguns dias de folga. Depois de se valorizar quase 500% em 2020, as ações da companhia do bilionário Elon Musk amargam quatro dias consecutivos de queda pela primeira vez desde março - auge da crise do coronavírus nos mercados.

Nesta sexta-feira, por volta das 13h40, as ações da montadora viraram para o campo positivo, subindo quase 2%, depois de chegar a cair quase 8%. Os papéis terminaram a sessão em alta de 2,78%, cotadas a US$ 418,32.

Na quarta-feira, as ações da companhia chegaram a cair cerca 15%. Hoje, a companhia registra uma valorização de aproximadamente 375% no ano.

Os papéis da companhia seguem a queda em bloco das ações de tecnologia. Após a queda de mais de 5,2% registrada ontem, interrompendo uma sequência de novos recordes, o Nasdaq 100, índice do setor tech, continua recuando e cai cerca de 2,65%.

O temor agora é que uma bolha tenha se formado no setor de tecnologia após a rápida e intensa recuperação do segmento com a pandemia do coronavírus no radar.

A queda registrada nesta quinta-feira foi a pior desde o dia 16 de março. Em apenas um dia, o índice perdeu o equivalente a US$ 730 bilhões em valor de mercado.

Com a grande valorização das ações em 2020, a empresa decidiu passou por um processo de desdobramento de ações de uma para cinco. A medida passou a valer na última segunda-feira(4).

*Com informações da Bloomberg

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Fechou bem o ano

Petrobras tem lucro de quase R$ 60 bi no 4º trimestre e anuncia R$ 10 bi em dividendos

Alta extraordinária de 635% no lucro teve influência de itens não recorrentes de peso, mas mesmo o lucro recorrente totalizou R$ 28 bilhões, alta de 120% na comparação anual; em 2020, estatal lucrou R$ 7,1 bilhões, queda de 82% em relação a 2019

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Quanto vale a Eletrobras privatizada

Ontem à noite, o governo federal entregou ao Congresso a Medida Provisória que possibilita a privatização da Eletrobras e de quase todas as suas subsidiárias. O procedimento será feito por meio de uma capitalização que vai diluir a participação da União, que apenas manterá uma ação com poderes especiais de veto, a chamada golden share. […]

FECHAMENTO

Eletrobras dá susto na reta final, mas Ibovespa segue se recuperando do tombo recente; dólar recua

Estatais seguem se recuperando do tombo recente e a bolsa brasileira também conta com uma ajudinha do exterior

De volta ao topo

País volta a ser maior mercado de caminhão da Mercedes, que reafirma investimento

O volume supera os 24,5 mil caminhões vendidos na Alemanha, que caiu para a segunda posição no ranking de mercados globais da montadora.

Retomada

Faturamento da indústria de máquinas sobe 38,5% em janeiro em comparação anual

A expectativa é de que as vendas internas continuem positivas.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies