Como ter a chance de ficar milionário, começando em 2023; veja vídeo aqui

Cotações por TradingView
2020-10-06T16:30:59-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Transferências gratuitas

PIX pode tirar até 8% das receitas com tarifas dos bancos, diz Moody’s

Pelos cálculos da Moody’s, os bancos faturam hoje até R$ 10,2 bilhões com a cobrança da TED, considerando um valor médio de R$ 10 por transferência

6 de outubro de 2020
16:30
Banco Central Pix
Em poucos meses, PIX transformou-se em um dos principais meios de pagamento no Brasil - Imagem: Shutterstock

A instabilidade nos sistemas provocada pelo cadastro dos clientes pode ser o menor dos problemas dos bancos com o PIX, o sistema de transferências instantâneas do Banco Central.

Pelas estimativas da Moody's, a plataforma que permitirá aos brasileiros fazerem pagamentos e transferências com custo zero pode tirar até 8% das receitas com a cobrança de tarifas dos bancos. A entrada em operação do PIX está prevista para novembro, mas o cadastro já começou.

A perda dependerá do quanto cada instituição recebe hoje por tarifas com transferência. Pelos cálculos da Moody's, os bancos faturam hoje até R$ 10,2 bilhões com a cobrança da TED, considerando um valor médio de R$ 10 por transação.

Além das transferências, os bancos ganham hoje com o processamento de pagamentos no cartão com a cobrança de valores dos comerciantes por transação.

“Essas tarifas serão pressionadas à medida que o PIX se torne um substituto para o uso do cartão de débito”, escreveu a Moody's, em relatório assinado pelo analista Farooq Khan.

O aumento da concorrência, o avanço da tecnologia e as perdas no crédito com a crise provocada pela pandemia do coronavírus colocam imensa pressão sobre os bancos.

Não por acaso, as ações de Itaú Unibanco, Banco do Brasil, Bradesco e Santander acumulam uma queda entre 36% e 41% no ano, contra uma queda de 17,4% do Ibovespa no mesmo período.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

DIA 37

Da defesa ao ataque: Lula fala — de novo — da inflação, do BC e, agora, do BNDES

6 de fevereiro de 2023 - 20:32

Presidente solta o verbo mais uma vez e questiona o nível elevado da taxa de juros, ironiza os efeitos negativos de suas críticas à política monetária e ainda destaca o papel do BNDES para impedir que o Brasil “afundasse”

TENSÃO NO AR

Balão da discórdia: o recado que a China mandou para os EUA após nova crise de espionagem

6 de fevereiro de 2023 - 19:55

Embora tenha colocado panos quentes sobre o que chamou de incidente, Pequim também subiu o tom contra Washington

Montanha de endividamento

O novo calvário da Oi (OIBR3; OIBR4): empresa declara dívidas de quase R$ 30 bilhões à Justiça do Rio; Itaú BBA puxa a fila entre os bancos nacionais

6 de fevereiro de 2023 - 19:44

A Oi (OIBR3;OIBR4) diz ter dívidas de mais de R$ 9 bilhões só com o BNY Mellon; o Itaú BBA, com R$ 2 bilhões, é o principal credor nacional

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Tremores de terra em Brasília e na Turquia, o futuro das criptomoedas e mais destaques do dia

6 de fevereiro de 2023 - 19:34

Muitos desastres ambientais, como furacões e tormentas, são facilmente monitorados e previsíveis, mas abalos sísmicos e os seus inevitáveis tremores de terra são quase sempre uma surpresa indesejável.  Mas ao contrário do que dita a natureza, Brasília consegue sentir a aproximação de um terremoto que pode rachar as estruturas do Banco Central brasileiro e a […]

'inconsistências contábeis'

Caso Americanas: “Fomos vítimas de uma fraude”, diz Verde

6 de fevereiro de 2023 - 19:20

Desempenho do fundo Verde foi parcialmente afetado pela debacle da Americanas em janeiro devido a um investimento em debênture da varejista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies