Menu
2020-07-03T18:53:24-03:00
Estadão Conteúdo
gigante estatal

Petrobras aguarda autorização da ANP para avançar com diesel vegetal

A Petrobras está em fase final de desenvolvimento da tecnologia que permitirá a produção de óleo diesel de origem vegetal em suas refinarias, afirmou o diretor de Relacionamento Institucional da estatal, Roberto Ardenghy

3 de julho de 2020
18:53
Petrobras
Imagem: shutterstock

A Petrobras está em fase final de desenvolvimento da tecnologia que permitirá a produção de óleo diesel de origem vegetal em suas refinarias, afirmou o diretor de Relacionamento Institucional da estatal, Roberto Ardenghy, em conferência virtual promovida pela agência de notícias Epbr.

"Estamos aguardando autorização da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustívies) para produzir diesel de origem vegetal de qualidade. Estamos buscando alternativas mais limpas dentro do processo que conhecemos", disse o executivo.

Ao iniciar sua fala, Ardenghy criticou projetos adotados no governo do PT na área de biocombustíveis. Ele argumenta que esse tipo de negócio não está inserido no foco de atividade da companhia, que são a produção de petróleo, gás natural e seus derivados.

Nesta semana, a companhia petrolífera divulgou ao mercado o início do processo de privatização da sua subsidiária Petrobras Biocombustível, a PBio. O desinvestimento inclui três usinas de biodiesel, e exclui as participações societárias da PBio na BSBios (50%) e na Bambuí Bioenergia (8,4%).

"Estamos olhando o nosso destino e o que realmente nos afeta e conhecemos. A Petrobras jamais será competente na geração de biodiesel e etanol. Mas somos muito competentes em desenvolver tecnologia de diesel vegetal", afirmou.

Na conferência virtual, a estatal informou ainda que planeja reduzir em 32% a emissão de carbono nas operações de exploração e produção de petróleo e gás até 2025. "O pré-sal tem um excelente perfil de carbono", acrescentou Viviana Coelho, gerente de Emissões e Mudanças no Clima da Petrobras, que também participa do evento.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Dificuldades À vista?

Deputados falam em reduzir medidas de ajuste fiscal do texto da PEC do auxílio

Embora defenda celeridade na análise da proposta, Albuquerque admite que o texto pode ser enxugado

escolha da CEO

Investir no Brasil: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come

Confira uma seleção de matérias feita pela CEO do Seu Dinheiro, Marina Gazzoni

Efeitos da pandemia

PEC do auxílio aprovada no Senado prevê abater R$ 100 bi da dívida pública

Pelos cálculos do governo, a necessidade de financiamento da dívida pública federal (DPF) neste ano é de R$ 1,469 trilhão, valor que aumentou por causa do maior volume de títulos de curto prazo que o governo precisou emitir para conseguir captar recursos

Resolvendo pendências

STF: Petrobras não precisa se sujeitar à Lei das Licitações

Nos últimos anos, a Suprema Corte tem dado decisões relativas a Petrobras que consideram o cenário de livre competição em que opera a estatal.

Pacote fiscal aguardado

EUA: Senado aprova extensão de aumento de auxílio-desemprego

A emenda prevê a extensão da duração dos benefícios federais a desempregados, mas reduz seu valor semanal, em comparação com o projeto de lei aprovado pela Câmara dos Representantes no sábado passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies