Menu
2020-03-02T18:46:51-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
COVID-19

Nike fecha temporariamente sede na Europa após registrar caso de novo coronavírus

Sede da Nike na Europa, localizada em Hilversum, na Holanda, ficará fechada por dois dias

2 de março de 2020
12:04 - atualizado às 18:46
Tênis Nike
Imagem: Joseph Barrientos / Unsplash

A sede da Nike na Europa, localizada em Hilversum, na Holanda, ficará fechada nesta segunda (2) e também na terça (3), após um empregado testar positivo para o novo coronavírus. As informações são da agência holandesa ANP, que obteve acesso a um e-mail interno da empresa.

O empregado ficará em casa por duas semanas, segundo a ANP, que também informou que a sede será desinfetada durante o período em que permanecer fechada.

Fabricante de roupas e calçados esportivos, a Nike também já havia informado que fechou metade das lojas na China devido a casos do COVID-19 no país.

Apesar disso, as ações da Nike, que abriram o dia em queda, fecharam o pregão desta segunda-feira em alta de 3,69%, cotadas a US$ 92,68.

Outras empresas também já tinham registrado interrupção em suas atividades por causa do vírus. A Disney, por exemplo, fechou parques em Xangai e em Hong Kong, enquanto a Chanel cancelou um desfile que realizaria na China no mês de maio.

Facebook e Microsoft suspenderam a participação em eventos, sendo que a própria Microsoft e a Apple manifestaram que seus resultados sofrerão impactos negativos pelo surto.

*Com informações da ANP

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Pesquisa da FGV

Presente mais caro: inflação do Dia das Mães é a maior dos últimos quatro anos

Levantamento da FGV mostra que a inflação no Dia das Mães é a maior desde 2017; eletrodomésticos e passagens aéreas tiveram maiores saltos

Expansão

SPX Capital assume operações do Carlyle no país

As operações do Carlyle no Brasil serão absrovidas pela SPX Capital. Com isso, a gestora de Rogério Xavier se expande em private equity

ESTRADA DO FUTURO

Um pé no abismo e outro na casca de banana: como identificar ações de empresas decadentes

Excesso de otimismo, planos mirabolantes e desprezo pela inovação estão entre as receitas para uma empresa falhar, segundo o gestor que se dedicou a descobrir empresas terríveis

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies