Menu
2020-03-06T07:24:44-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
olho no balanço

Após compra da Avon, Natura tem queda de 71,6% no lucro em 2019, a R$ 155,5 milhões

Empresa divulgou o balanço do quarto trimestre e afirmou que o resultado do período inclui o impacto de R$ 206,6 milhões em impostos relacionados à reestruturação societária e R$ 104,2 milhões com a Avon

6 de março de 2020
7:01 - atualizado às 7:24
Fachada de uma loja da Natura
Imagem: Divulgação

A Natura & Co informou nesta quinta-feira (5) um lucro líquido de R$ 155,5 milhões no ano passado, uma queda de 71,6% sobre 2018. Analistas ouvidos pela Bloomberg esperavam que a cifra chegasse a R$ 530,7 milhões. Os resultados foram impactados pelas despesas com a aquisição da até então rival Avon.

A empresa divulgou o balanço do quarto trimestre e afirmou que o resultado do período inclui o impacto de R$ 206,6 milhões em impostos relacionados à reestruturação societária, assim como custos não-recorrentes de aquisição da Avon de R$ 104,2 milhões.

No quarto trimestre, a dona da The Body Shop e Aesop reportou um recuou de 94,2% no lucro líquido, para R$ 22,3 milhões.O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da companhia somou R$ 913,88 milhões, uma alta de 27,8% na comparação anual.

O resultado financeiro do quarto trimestre de 2019 ficou negativo em R$ 251,7 milhões, uma alta de 134% em comparação aos R$ 107,6 milhões de igual período do ano anterior. A receita líquida da companhia no intervalo entre outubro e dezembro de 2019 somou R$ 4,652 bilhões, uma alta de 7,3% sobre o mesmo período de 2018.

Ainda todo ano de 2019, a Natura somou um Ebitda de R$ 2,468 bilhões, uma alta de 33,7% sobre o ano anterior. Já a receita líquida chegou a R$ 14,444 bilhões ao final de 2019, alta de 7,8% sobre 2018.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

em Minas Gerais

Notre Dame Intermédica compra Grupo Serpram por R$ 170 milhões

Aquisição marca avanço da empresa em Minas Gerais; mais cedo, companhia anunciou compra de outra empresa, no Sul do País

forte expansão

Unidas reporta lucro líquido de R$ 124 milhões, alta de 44,4% e melhor da história

Empresa registrou uma forte retomada no segmento de Terceirização de Frotas, que apresentou recordes de contratação

desinvestimentos

Compass apresenta proposta para adquirir participação da Petrobras na Gaspetro

Empresa, que chegou a desistir de abrir capital, não revelou valor pela fatia; processo é mais um desinvestimento da Petrobras, que desembarca de vez da companhia

Dinheiro na conta

Santander pagará R$ 1 bilhão em juros sobre capital próprio

O valor líquido por ação será de R$ 0,10859906709 por ON, com retenção de IR na fonte.

PLANOS

Agora parte do BTG, Necton vai em busca de pequenos investidores

Corretora pretende lançar iniciativas e produtos para a base dos investidores, para quem tem entre R$ 10 mil e R$ 15 mil aportados no mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies