2019-05-22T17:07:04-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
quase lá

Natura e Avon no ‘mesmo pote’ muito em breve. Empresas dizem que estão perto de fechar fusão e ações disparam

Segundo o Financial Times, operação é da ordem de US$ 2 bilhões e envolve troca de ações. A Natura ficaria com 76% da nova companhia criada a partir da união dos negócios.

22 de maio de 2019
9:58 - atualizado às 17:07
avon-natura
Segundo a nota divulgada pela Natura, a operação envolve a troca de ações (all-share merger).Imagem: Shutterstock / Montagem SD

Uma nova gigante do mundo dos cosméticos pode estar perto de nascer. A Natura informou nesta quarta-feira (22) que está em discussões avançadas com a Avon para a aquisição da empresa.  A companhia já havia confirmado  que estava em conversas para um possível negócio.

A ação abriu o dia em queda e chegou a perder quase 6% do seu valor. Ao longo da manhã o papel virou e passou a liderar as altas do Ibovespa. Por volta de 14h50 os papéis da Natura sobem cerca de 5,5% em um momento em que o Ibovespa tem uma leve alta de 0,2%. No mesmo horário os papéis da Avon disparam cerca de 11,7% na bolsa de Nova York.

Acordo está quase pronto

A Natura disse que as empresas estão negociando os termos e condições contratuais finais para a conclusão do negócio. Segundo a nota divulgada pela empresa, a operação envolve a troca de ações (all-share merger) e "resultaria na combinação de seus negócios, operações e das bases acionárias da Natura e da Avon".

A declaração foi uma resposta às informações publicadas pelo Financial Times e replicadas por outros veículos que davam a operação como certa.

O jornal britânico noticiou que o valor do negócio é da ordem de US$ 2 bilhões. Segundo fontes do jornal, a empresa brasileira ficaria com 76% da companhia.

Caso seja confirmado, o uso das ações como moeda na compra deve evitar um aumento no endividamento da Natura, uma das preocupações do mercado.

Em comunicado, a Natura pontuou que não pretende comentar rumores sobre quando será feito o anúncio final do negócio.

A empresa brasileira ainda lembra que não há como garantir que a transação será finalizada. Após as tratativas entre as empresas, a transação ainda dependeria de aprovações regulatórias e dos acionistas.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

SOB NOVA DIREÇÃO

Passou, mas não foi unânime: indicado para comandar a Petrobras (PETR4) é aprovado por comitê — confira a próxima etapa

Caio Mário Paes de Andrade é o quinto gestor da estatal no governo de Jair Bolsonaro, mas seu nome ainda não recebeu aprovação final

VAI FICA DENTRO OU FORA DESSA?

Prepara-se: Metaverso vem aí com jogos, ensino e comércio eletrônico — e deve movimentar US$ 5 trilhões

De acordo com a empresa de consultoria McKinsey, os gastos globais no metaverso podem chegar a US$ 5 trilhões até 2030. Desse total, o e-commerce é visto como o meio que oferece a maior oportunidade, com um valor de mercado previsto de US$ 2,6 trilhões.

CARREIRA DOS SONHOS

Google (GOGL34) é eleita a empresa dos sonhos dos brasileiros; Nubank (NUBR33) e Itaú (ITUB4) também estão na lista

A gigante de tecnologia se mantém na liderança como empresa dos sonhos dos brasileiros na última década; a Google é desejada principalmente entre os mais jovens

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Político pesa no Ibovespa, projeções melhores para VIIA3 e outros destaques do dia

A inflação global elevada e as apostas cada vez maiores de que o mundo deve enfrentar um cenário de recessão econômica continuam alimentando os ursos do mercado financeiro nos quatro cantos do mundo, monopolizando a atenção dos investidores.  Mesmo com um cenário marcado por uma forte aversão ao risco, os principais índices de Wall Street […]

AUMENTA O SOM

Ex-ministro Milton Ribeiro diz ter recebido ligação de Bolsonaro sobre busca e apreensão — ouça o áudio

O telefonema ocorreu em 9 de junho, antes do ex-chefe da pasta da Educação ter sido alvo da operação da Polícia Federal (PF), deflagrada na quarta-feira (22)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies