Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-07-09T10:17:02-03:00
Marina Gazzoni
Marina Gazzoni
CEO do Seu Dinheiro. É CFP® (Certified Financial Planner). Tem graduação em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e MBA em Informação Econômico-Financeira e Mercado de Capitais no Instituto Educacional BM&FBovespa. Foi Diretora de Conteúdo e editora-chefe do Seu Dinheiro, editora de Economia do G1 e repórter de O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo e do portal IG.
REFORÇO DE CAIXA

IRB fará aumento de capital de até R$ 2,3 bilhões com garantias de Itaú e Bradesco

Segundo o comunicado, o Bradesco e Itaú, que são acionistas da empresa, se comprometeram a acompanhar o aumento de capital com investimento somado de, no mínimo, R$ 615 milhões.

9 de julho de 2020
9:08 - atualizado às 10:17
Executivos do IRB em cerimônia do IPO da empresa
Executivos do IRB em cerimônia do IPO da empresa - Imagem: B3

O IRB Brasil anunciou nesta quinta-feira (09) que fará um aumento de capital de até R$ 2,3 bilhões. A capitalização foi aprovada pelo conselho de administração da companhia e visa a buscar recursos para enquadrar a empresa em critérios da Superintendência de Seguros Privados (Susep) sobre cobertura de provisões e margens de liquidez regulatória. .

Segundo o comunicado, os braços de seguro do Bradesco e Itaú, que são acionistas da empresa, serão investidores âncoras no processo de capitalização. Ou seja, eles se comprometeram a acompanhar o aumento de capital com investimento somado de, no mínimo, R$ 615 milhões.

Os acionistas da empresa terão direito de preferência de subscrição e poderão manifestar seu interesse no processo entre os dias 14 de julho e 12 de agosto. Cada ação dará o direito de subscrição de 0,35938828 nova ação ordinária .

O preço das ações emitidas foi definido em R$ 6,93, cerca de 25% de desconto sobre o preço de fechamento no dia 8 de julho.

Reforço de caixa após crise

O aumento de capital em meio à uma reestruturação da empresa, que ocorre após o IRB ter sido alvo de uma série de escândalos que ferem as boas práticas de governança.

Em fevereiro, a gestora Squadra publicou uma carta questionando os dados financeiros do IRB. A seu ver, os números foram inflados para melhorar de forma artificial o resultado da companhia.

A ação do IRB desabou e, no primeiro momento, a companhia contestou a análise da Squadra. Em meio à baixa dos papéis, saiu na imprensa uma notícia de que a Berkshire Hathaway, o conglomerado de Warren Buffett, teria comprado ações da resseguradora, o que foi negado.

A diretoria da empresa foi alterada e a companhia abriu uma investigação interna. No final de junho, o IRB informou que encontrou uma fraude de R$ 60 milhões em bônus pagos a funcionários e os responsáveis pela disseminação da informação falsa sobre a venda de ações para Warren Buffett.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Entrevista exclusiva

A Locaweb (LWSA3) já subiu 450% desde o IPO. E, depois de 12 aquisições, ela segue com o pé no acelerador

Fernando Cirne, CEO da Locaweb (LWSA3), fala dos planos para o futuro da empresa, das novas aquisições no radar e do desempenho das ações

Crise dos chips

Sem carro zero no mercado, preço de usados sobe até 20% e vendas disparam – carro usado chega a custar mais que um novo

Mercado enfrenta escassez de semicondutores, demanda alta por veículos e prazos longos para a entrega

sem escassez

Fábrica da Tesla em Xangai deve terminar setembro com 300 mil carros produzidos em 2021

Marca será atingida mesmo em meio a uma escassez global de semicondutores, disseram duas fontes da montadora à Reuters

Fim da pandemia

CEO da Pfizer prevê que voltaremos à vida normal dentro de um ano, mesmo com novas variantes do coronavírus

Albert Bourla acredita que vacinação contra a covid-19 se tornarão anuais, para cobrir novas variantes, e que vacinas durarão um ano

ainda não acabou

Controladores da Alliar (AALR3) contratam XP para vender o negócio, diz jornal

Empresa de diagnósticos foi alvo, recentemente, de disputa pelo controle pela Rede D’Or e fundos ligados ao empresário Nelson Tanure

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies