Menu
2020-02-07T08:48:55-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
hora de ir para a bolsa

Distribuidora de eletrônicos Allied pede registro de IPO

No mercado desde 2001, empresa lucrou R$ 108 milhões no ano passado; recursos devem ser usados para balanceamento de capital e novos investimentos

7 de fevereiro de 2020
8:27 - atualizado às 8:48
lg
Imagem: Shutterstock

A distribuidora de eletrônicos Allied Tecnologia fez seu pedido de registro para uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Segundo a companhia, a oferta será primária e secundária - com venda de ações detidas pelo fundo de private equity Advent e pela família Radomysler. Por ora, não há prazos para a oferta.

A empresa diz que o capital social é de R$ 772,7 milhões, representado por 79,6 milhões de ações ordinárias, já considerando o grupamento papéis ordinários, na proporção de cinco ações ordinárias para uma ação ordinária, aprovado em assembleia.

Fundada em 2001, a Allied é uma distribuidora varejista de produtos eletrônicos, de marcas como LG, Samsung e Apple. A empresa lucrou R$ 108 milhões no ano passado, numa alta de 67%.

Segundo a companhia, os recursos levantados na oferta primária vão ser usados para balanceamento do capital e investimentos em lojas físicas e tecnologia. Os bancos contratados foram BTG Pactual, Bradesco BBI e Itaú BBA.

Ao longo do ano de 2019, a empresa diz ter comercializado mais de 9 milhões produtos por meio dos canais físicos e digital, chegando a R$ 3,73 bilhões em receita líquida de vendas, um crescimento de 36,6% sobre 2018.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

O varejo ferve

Renner mira compra da Dafiti com recursos da oferta de ações

Varejista anunciou captação de até R$ 6,5 bilhões na bolsa e pode usar os recursos para fazer uma proposta pelo e-commerce de moda

Pouso forçado

Demanda por voos deve encerrar o ano em menos da metade do nível pré-pandemia

O prejuízo total das companhias aéreas em 2021 deve ficar entre US$ 47 bilhões e US$ 48 bilhões, de acordo com a ação Internacional de Transporte Aéreo (Iata)

Agora vai?

Governo vai reduzir valor de arrecadação por áreas “micadas” do pré-sal em novo leilão

A arrecadação que o governo pretende receber pela exploração de dois campos do pré-sal foi reduzida em R$ 25,5 bilhões; novo leilão deve acontecer em dezembro

Mercado de capitais

FGTS embolsa quase R$ 900 milhões com venda de ações da Alupar em oferta

O fundo que reúne o dinheiro dos trabalhadores com carteira assinada tinha uma participação de 12% no capital do grupo de geração e transmissão de energia

O melhor do Seu Dinheiro

Tiradentes e as bolhas financeiras, o balanço da Netflix e outros destaques do dia

Joaquim José da Silva Xavier percebeu que alguma coisa estava fora da ordem ali pelos idos de 1789. A extração de ouro estava em franco declínio, mas a Coroa portuguesa não parava de exigir o quinto sobre tudo o que saía das Minas Gerais. Mais ou menos na mesma época, ideias surgidas na Europa que pregavam […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies