Menu
2020-02-06T12:59:11-03:00
em junho, novidade

CVM permitirá que consultores sediados no exterior prestem serviços no Brasil

Medida é parte do processo de adesão do Brasil aos Códigos de Liberalização emitidos pela OCDE

6 de fevereiro de 2020
12:58 - atualizado às 12:59
cvm
Imagem: CVM

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) edita nesta quinta-feira, 6, uma instrução normativa modernizando a regulação da atividade de consultoria de valores mobiliários. A reforma permitirá que consultores não sediados no País prestem serviços no Brasil.

A medida é parte do processo de adesão do Brasil aos Códigos de Liberalização emitidos pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

A Instrução CVM 619, que altera a Instrução CVM 592, possibilita o exercício da atividade de consultoria no Brasil por prestadores de serviços que, embora sob a competência legal da CVM, não estejam sediados ou domiciliados no País.

"É importante notar que, em suas atividades conduzidas no Brasil e direcionadas para investidores locais, o consultor estrangeiro deverá observar as mesmas condutas exigidas dos consultores aqui residentes", explica em nota Daniel Maeda, superintendente de relações com investidores institucionais da CVM.

A Instrução CVM 619 entra em vigor em 1º de junho de 2020.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Gestão na crise

Legacy vê “repressão financeira” com juro baixo e aposta em carteira global de ações

Felipe Guerra, sócio da gestora que possui R$ 14,5 bilhões em patrimônio, acredita em recuperação em “V” da crise e aponta o teto de gastos como “pau de circo” para sustentar juro baixo no país

SD Premium

Os segredos da bolsa: Brasília volta a mexer com o mercado de ações

Declarações recentes do ministro da Economia, Paulo Guedes, podem inspirar cautela entre os investidores e afetar uma categoria específica de ações na bolsa. O noticiário corporativo intenso também tende a fazer preço por aqui

Enfim uma oportunidade

Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, faz primeira aquisição desde a explosão do coronavírus

Empresa adquire ativos de gás de companhia de energia americana por US$ 4 bilhões, além de assumir parte da sua dívida; desde o colapso dos mercados em março, a Berkshire apenas vendeu ativos, e vinha montada em caixa, no aguardo de boas oportunidades de compra

Um dos bilionários mais velhos

Aos 99 anos, Aloysio de Andrade Faria, o ‘banqueiro invisível’ ainda dá as cartas

Criador do Banco Real, Aloysio de Andrade Faria continua à frente de um império que inclui o banco Alfa e mais uma dezena de empresas.

Entrevista

O agronegócio não precisa das terras da Amazônia para se expandir, diz ministra da Agricultura

Em entrevista ao Estadão, Tereza Cristina diz ser “defensora intransigente de zerar o desmatamento ilegal”; sob escrutínio internacional, agronegócio corre risco de perder investimentos por questões ambientais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements