Menu
2020-01-29T11:10:56-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
balanço

Crise do 737 Max faz Boeing ter o primeiro ano de prejuízo desde 1997

Empresa perdeu US$ 636 milhões em 2019, após apresentar prejuízo de US$ 1,01 bilhão no quarto trimestre – analistas esperavam por lucro de US$ 636 milhões no período

29 de janeiro de 2020
11:04 - atualizado às 11:10
miniatura de Boeing 737 MAX
Miniatura de Boeing 737 MAX em exposição em Moscou em julho de 2017 - Imagem: Shutterstock

Impactada pela crise envolvendo o modelo 737 Max, a Boeing obteve o primeiro prejuízo desde 1997, disse a CNN. A fabricante de aviões divulgou nesta quarta-feira (29) que perdeu US$ 636 milhões em 2019, após prejuízo de US$ 1,01 bilhão no quarto trimestre.

Analistas ouvidos pela Bloomberg esperavam que o resultado no trimestre encerrado em dezembro chegasse a US$ 664 milhões. No ano de 2018, a Boeing havia registrado lucro de US$ 10,4 bilhões.

A Boeing passa por uma crise desde a queda de dois aviões modelo 737 Max - o último em março de 2019 -, que matou 346 pessoas, e fez com que a empresa interrompesse a entrega da aeronaves em todo o mundo.

"Nós reconhecemos que há muito trabalho a ser feito", disse o CEO David Calhoun. "Felizmente, a força de nosso portfólio geral fornece liquidez para seguir um processo de recuperação completo e disciplinado".

Por volta das 10h50, as ações da Boeing negociadas no pré-mercado em Nova York subiam 3,15%, a US$ 316,56. Nos últimos 12 meses, os papéis acumulam perdas de 12%. Acompanhe nossa cobertura de mercados.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Mercados hoje

Bolsas sobem em Nova York após dois dias de queda, mas petróleo pressiona índice de empresas brasileiras

Otimismo com retomada da economia norte-americana impulsiona bolsas. A maior surpresa do dia é o Nasdaq, que sobe mesmo com o peso das ações da Netflix

O varejo ferve

Renner mira compra da Dafiti com recursos da oferta de ações

Varejista anunciou captação de até R$ 6,5 bilhões na bolsa e pode usar os recursos para fazer uma proposta pelo e-commerce de moda

Pouso forçado

Demanda por voos deve encerrar o ano em menos da metade do nível pré-pandemia

O prejuízo total das companhias aéreas em 2021 deve ficar entre US$ 47 bilhões e US$ 48 bilhões, de acordo com a ação Internacional de Transporte Aéreo (Iata)

Agora vai?

Governo vai reduzir valor de arrecadação por áreas “micadas” do pré-sal em novo leilão

A arrecadação que o governo pretende receber pela exploração de dois campos do pré-sal foi reduzida em R$ 25,5 bilhões; novo leilão deve acontecer em dezembro

Mercado de capitais

FGTS embolsa quase R$ 900 milhões com venda de ações da Alupar em oferta

O fundo que reúne o dinheiro dos trabalhadores com carteira assinada tinha uma participação de 12% no capital do grupo de geração e transmissão de energia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies