Menu
2020-05-05T14:19:51-03:00
Estadão Conteúdo
ECONOMIA

Termina reunião de análise de mercado do Copom

Amanhã, tem mais uma rodada de discussões antes de decidirem o novo patamar da Selic (a taxa básica de juros), atualmente em 3,75% ao ano.

5 de maio de 2020
13:45 - atualizado às 14:19
Copom
Reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central, responsável por definir a Selic - Imagem: Raphael Ribeiro/BCB

Terminou às 12h14 a reunião de Análise de Mercado do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. O encontro havia começado às 10h06. Participaram o presidente do BC, Roberto Campos Neto, e os diretores da instituição. À tarde, ocorre a reunião de Análise de Conjuntura, também no âmbito do Copom.

Amanhã, eles têm mais uma rodada de discussões antes de decidirem o novo patamar da Selic (a taxa básica de juros), atualmente em 3,75% ao ano.

Considerando os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a economia brasileira, a expectativa majoritária do mercado financeiro é de que a Selic passará por corte de 0,50 ponto porcentual. Se confirmada, esta será a sétima redução consecutiva no atual ciclo de baixa da taxa básica.

De um total de 58 instituições consultadas pelo Projeções Broadcast, 48 esperam por um corte de 0,50 ponto, para 3,25% ao ano. Dez casas aguardam pela redução da taxa básica em 0,75 ponto, para 3,00% ao ano.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Segredos da bolsa

Com PIB brasileiro em foco, investidores monitoram juros futuros americanos e tensão em Brasília

O grande evento da semana é a divulgação dos números do Produto Interno Bruto brasileiro no ano passado, mas os investidores também monitoram o clima político em Brasília e os sinais de “superaquecimento” da economia americana

Novos tempos

Alvo de Bolsonaro, home office avança no setor público

Bolsonaro usou trabalho remoto para atacar presidente da Petrobras

Mais uma na área

FDA autoriza uso emergencial de vacina de dose única nos EUA

Imunizante é produzido pela Johnson & Johnson

Contra a pandemia

Matéria-prima para produção de 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio

Total de efetivamente imunizados não chega a 1% da população brasileira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies