Menu
2020-05-23T20:50:18-03:00
Desembolsos

Somando parcelas 1 e 2 do auxílio emergencial, Caixa diz ter pago R$ 60 bilhões

Em coletiva de imprensa, o presidente da Caixa Econômica Federa, Pedro Guimarães, deu um balanço dos pagamentos do auxílio emergencial

23 de maio de 2020
20:50
Caixa Economica Federal
Imagem: Shutterstock

A Caixa já pagou R$ 60 bilhões a beneficiários do programa de auxílio-emergencial do governo federal, disse neste sábado, 23, o presidente do banco, Pedro Guimarães. O valor representa a soma da primeira e da segunda parcelas do benefício. Apenas neste sábado, 22, foram pagos R$ 3,4 bilhões.

Em entrevista coletiva virtual, Guimarães defendeu que o banco está avançando nos pagamentos pela internet, o que tem ajudado a conter filas nas agências.

"Só hoje, pagamos 2,1 milhões de pessoas em espécie, enquanto 5,2 milhões de brasileiros receberam o depósito por via digital", informou o presidente da Caixa.

Assim, no total, 7,3 milhões de pessoas receberam o auxílio-emergencial neste sábado.

Ao longo dos seis dias desta semana, foram 35 milhões de beneficiários, novo recorde do programa.

Ainda de acordo com Pedro Guimarães, mais 59 milhões de cidadãos foram considerados elegíveis para receber o benefício ao longo da próxima semana, com saques distribuídos entre segunda e sexta-feira.

Por outro lado, 10 milhões de pessoas seguem aguardando análise do banco para ter acesso ao benefício.

Comemoração

O presidente da Caixa comemorou os pagamentos feitos nos últimos dias do auxílio emergencial de R$ 600. "Tivemos uma semana histórica. Mais de 35 milhões receberam seu auxílio, algo sem precedente no Brasil. Também apresentamos um resultado forte", afirmou Guimarães.

No primeiro trimestre, o lucro líquido recorrente do banco somou R$ 3 bilhões, ficando 7,5% aquém do visto em igual período de 2019. Contudo, no confronto com os três primeiros meses de 2019, houve crescimento de 21,5%.

Guimarães lembrou que, no ano passado, a Caixa fez pagamentos a 60 milhões de pessoas por meio do saque imediato do FGTS, medida adotada a fim de impulsionar a atividade econômica naquela ocasião. "Tivemos dois meses para nos preparar e seis para fazermos o pagamento. Agora, pagaremos 60 milhões durante três meses, tendo dois dias para nos preparar. Isso demonstra a força da Caixa e o compromisso do banco com o Brasil, em especial com o cidadão carente", disse.

O presidente da Caixa afirmou estar "orgulhoso", pois 30 milhões de brasileiros que não tinham acesso ao programa de ajuda estão sendo assistidos neste momento de crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

O vice-presidente de Tecnologia e Digital da Caixa, Cláudio Salituro, reforçou a importância dos pagamentos por meio digitais, voltando a afirmar que em breve os clientes terão novidades na parte tecnológica. "Estamos melhorando o aplicativo, pois tudo foi feito de forma rápida, e temos a certeza de que o perfil do cidadão brasileiro, do cliente da Caixa, está mudando, está sendo digital. Em breve, virão novidades", disse.

Também participou da entrevista a vice-presidente do banco, Tatiana Thomé.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

INVESTIGAÇÃO POLÍTICA

‘Presidente esqueceu de combinar comigo’, diz Aras sobre suposto arquivamento

Cabe a Aras decidir se denuncia ou não Bolsonaro, o que poderia resultar no afastamento do presidente do cargo.

em diário oficial

Governo publica MP que pode destravar o crédito às pequenas empresas

Dentre os vários pontos, o texto autoriza a União a aumentar em até R$ 20 bilhões a sua participação no Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), gerido pelo BNDES

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

12 notícias para você começar o dia bem informado

Cada vez que o dólar sobe eu, você e os demais brasileiros ficamos mais pobres relativamente. Isso fica evidente na hora de converter os custos de uma viagem de férias. Aquele jantar de US$ 50 sai perto de R$ 300 na cotação atual mais custos para o turista.   Dá para minimizar esse efeito alocando […]

efeito coronavírus

Sodexo se volta ao consumidor e entra na disputa por delivery de comida no Brasil

Nas três primeiras semanas de testes da nova estratégia, a Sodexo entregou mais de mil refeições nos Estados de São Paulo e Rio Grande do Sul

assunto encerrado

Celso de Mello arquiva pedido para apreender celular de Bolsonaro

Partidos PDT, PSB e PV haviam solicitado ao Supremo a apreensão dos aparelhos “o quanto antes, sob pena de que haja tempo suficiente para que provas sejam apagadas ou adulteradas”

Esquenta dos mercados

China segue comprando soja dos EUA e notícia anima os mercados globais

Ao contrário do noticiado ontem pela Bloomberg, o jornal chinês Global Times afirmou que o país asiático continuará comprando soja dos Estados Unidos. O alívio visto nas bolsas globais deve ajudar o Ibovespa em dia de agenda ecnômica fraca.

questões do governo

PGR dá aval para prorrogar inquérito

Procuradoria vai avalizar pedido da Polícia Federal (PF) para prorrogar por 30 dias as investigações sobre a suposta tentativa do presidente Jair Bolsonaro de interferir politicamente na corporação

em busca de soluções

Fim de acordo com a Boeing pressiona Embraer a correr para se reestruturar

Atenção do setor agora se volta para as medidas que a fabricante brasileira vai tomar para superar esse duro revés

manifestações americanas

Trump ameaça usar militares para conter atos contra racismo

EUA registraram ontem o sétimo dia seguido de manifestações antirracistas, após a morte de George Floyd, um homem negro de 46 anos, asfixiado por um policial branco

mundo pós-covid

Não podemos entrar em briga tola contra a globalização, diz Mansueto

Secretário do Tesouro afirmou que o Brasil precisa expandir a presença no mercado internacional e aumentar tanto as exportações quanto as importações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements