Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-21T16:52:22-03:00
Estadão Conteúdo
olho em 2021

Retomada e dólar fraco devem impulsionar bolsas na América Latina no 1º semestre, diz Citibank

Brasil deve ser o destaque positivo, uma vez que tem mais exposição a ações “de valor” e maior correlação com a desvalorização da moeda americana, destaca o banco

21 de dezembro de 2020
13:39 - atualizado às 16:52
Mapa da América Latina
Mapa da América Latina - Imagem: Shutterstock

Com o anúncio de vacinas contra a covid-19, as bolsas da América Latina (AL) se beneficiaram recentemente do movimento global de rotação de ações, o que deve continuar no primeiro semestre de 2021, afirma o Citibank, em relatório, citando a "esperança crescente" em uma recuperação econômica e a perspectiva de dólar fraco.

Nesse contexto, o Brasil deve ser o destaque positivo, uma vez que tem mais exposição a ações "de valor" e maior correlação com a desvalorização da moeda americana, destaca o banco.

O Citi projeta que o índice MSCI Latam deve alcançar 2,550 mil pontos no fim de 2021, de 2,416 mil pontos atualmente. O lucro por ação da região deve cair 48% em 2020, mas ter recuperação de 166% em 2021, estima.

"A América Latina é fortemente voltada para os setores de 'valor', especialmente quando comparada aos mercados emergentes da Ásia. A região está bem posicionada para se beneficiar de uma maior rotação de valor global, que esperamos que continue à medida em que os rendimentos dos treasuries aumentem no ano que vem", diz o banco que espera que o rendimento do Treasury de 10 anos atinja 1,25%, de 0,90% atualmente.

No Brasil, a expectativa é de queda de 47% este ano e recuperação de 198% do lucro por ação em 2021. Por setor, o Citi afirma que estão no campo "atrativo" na bolsa brasileira finanças, energia e saúde. O Citi ainda destaca que prefere o Brasil ante o México, onde o lucro por ação deve cair 42% em 2020 e ter retomada de 88% em 2021.

"Esperamos que o dólar se enfraqueça ainda mais em 2021, o que é tradicionalmente útil para as ações da América Latina, especialmente o Brasil. Mas lembre-se de que isso deixa a região vulnerável a quaisquer indícios de aperto monetário nos EUA no final de 2021", explica.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), o Citi espera queda de 7,1% para a América Latina em 2020, com retomada de 4,1% em 2021 - abaixo dos emergentes (6,2%).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

PLANEJAMENTO FINANCEIRO

Reserva de emergência é para todo mundo? Não segundo este planejador financeiro; entenda

Separar uma quantia para imprevistos não importa a sua situação é uma recomendação quase unânime entre os planejadores financeiros, mas esse profissional acredita no contrário

EMISSÃO DE AÇÕES

Marisa (AMAR3) vai aumentar o capital social — o que isso significa para os acionistas?

A varejista de moda emitirá até 81 milhões ações a R$ 3,08 cada, um desconto de cerca de 17,5% em relação ao fechamento dos papéis ontem.

TURISMO DO FUTURO

Embraer (EMBR3) fecha mais uma parceria e vai levar seu ‘carro voador’ para a Grande Barreira de Corais, na Austrália

Em conjunto com a Nautilus Aviation, a empresa irá operar em algumas das atrações turísticas mais icônicas de do estado de Queensland

DOR NO BOLSO

IPVA 2022 encarecerá 30%, em média, em São Paulo; descubra quanto você vai pagar de imposto

E a notícia doí ainda mais no bolso porque a data de pagamento do IPVA está bem próxima: quem quiser desconto tem de quitar a soma já no próximo mês

Bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin e ethereum despencam hoje, e principal criptomoeda do mundo se afunda ainda mais no ‘bear market’

Após uma semana que terminou com ganhos, as duas maiores moedas digitais do mercado sofreram na virada de sexta-feira para sábado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies