Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-03-02T08:14:40-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Bitcoin no mundo

Sem meio termo: bitcoin pode virar moeda universal ou implodir, afirma Citibank

Entre as dificuldades de adoção da moeda, estão a melhoria dos sistemas digitais e a alta especulação em torno do ativo

2 de março de 2021
8:14
Citi: Segundo maior banco estrangeiro do Brasil mira três segmentos
Imagem: Shutterstock

O Citibank afirmou, por meio de um relatório de mais de 100 páginas, que o Bitcoin pode transformar o mercado de uma maneira tão diferente que, no futuro, pode ser usado como uma moeda global.

Os analistas que assinam o relatório afirmam que produtos parecidos com o Bitcoin, como as “stablecoins” (moedas utilizadas para reduzir a volatilidade de criptoativos) e outras moedas digitais, poderiam dar mais legitimidade e até facilitar o uso de criptomoedas pelo público. 

O relatório destacou o aumento do uso de criptomoedas por empresas como PayPal, Mastercard e Tesla, comparando o Bitcoin ao “ouro digital”. "Nesse cenário, o bitcoin pode estar perfeitamente posicionado para se tornar a moeda preferida para o comércio global", disse uma equipe de analistas do Citi liderada por Sandy Kaul, chefe global dos serviços de consultoria de negócios.

Há um porém

Como nem tudo são flores e bytes do mundo digital, os analistas do Citi destacam ainda que existe uma especulação muito alta em torno do Bitcoin, o que gera um “ponto de inflexão” para a adoção mais abrangente da moeda.

Para Bernardo Teixeira, CEO da BitcoinTrade, ainda há um caminho a ser percorrido para a adoção mais ampla do Bitcoin. "Na prática, [o Bitcoin] ainda tem características muito peculiares, e sua adoção em massa depende da resolução desses 'defeitos'. Coloco os defeitos entre aspas, pois na prática estamos avaliando o Bitcoin e comparando-o ao dólar, mas o Bitcoin não deve, à princípio, se propor a ser um substituto ao dólar", comenta.

Ao longo do relatório, são destacados pontos como melhoria dos sistemas e uma adoção de regras menos rígidas, que podem fazer do bitcoin uma moeda possível de ser usada em larga escala. Além disso, é preciso retirar o caráter especulativo da moeda para que ela possa ser adotada de maneira mais segura. 

"Ele ainda é muito volátil. Isso impede que seja largamente utilizada como forma de pagamento no dia a dia, pois obrigaria a todos que ficassem remarcando os preços de acordo com a cotação", afirma Bernardo. "Quando o objetivo é fazer uma remessa internacional com milhões de dólares, esperar 10 ou 20 minutos pode não ser um problema. Mas sentado à mesa de um restaurante esperando para ir embora, por exemplo, 5 minutos já é tempo demais".

Boas perspectivas

"[o bitcoin] É imune à política fiscal e monetária, evita a necessidade de transações de câmbio transfronteiriças, permite pagamentos quase instantâneos e elimina preocupações sobre inadimplências ou cancelamentos, pois as moedas devem estar na carteira do pagador antes que a transação seja iniciado", afirma o relatório.

O Citi destaca que os futuros do bitcoin são desconhecidos. Entretanto, o “desenvolvimento de novas tecnologias no curto prazo podem equilibrar a especulação com a maior aceitação da moeda”, afirma o banco.

Bons ventos

Enquanto você não pode usar bitcoins para pagar uma pizza, a moeda segue sendo um investimento atrativo. Apesar da difícil semana passada, em que a criptomoeda caiu mais de 20%, o Bitcoin teve uma valorização de 400% só neste ano e, às 8h13 de hoje, operava em US$ 48.774.

Valorização do Bitcoin na última semana. Fonte: CoinMarketCap

*Com informações do Business Insider

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

VAREJO DECEPCIONADO?

Black Friday supera prévias, mas vendas do fim de semana ainda ainda perdem para os números registrados em 2019

Segundo índice calculado pela Cielo, as vendas cresceram 6,9% em relação ao ano passado, mas foram 3,8% inferiores ao período pré-pandemia

Adeus ano velho

Ano novo, impostos novos! Reforma do IR fica para 2022, confirma presidente do Senado

O governo Bolsonaro pressionava pela aprovação da proposta para financiar o Auxílio Brasil, mas não conseguiu apoio na Casa

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Bitcoin e bolsa se recuperam após susto com nova variante, Azul e Latam sobem o tom e outros destaques do dia

Pouco se sabe ainda sobre a nova variante do coronavírus detectada na África do Sul, mas o que veio à público até agora é muito melhor do que o mercado financeiro precificou na última sexta-feira (26). Sem o pânico visto na semana passada, o Ibovespa encontrou forças para abrir a semana em alta.  Um estudo […]

Fechamento do dia

Mercado supera susto com ômicron, e bolsas globais engatam recuperação; Ibovespa sobe com menos força, de olho na PEC dos precatórios

Pesando os desafios fiscais brasileiros, o Ibovespa fechou longe das máximas, mas se recuperou parcialmente do tombo de sexta-feira

UM ÚLTIMO TUÍTE

Do Twitter para o bitcoin? Jack Dorsey deixa comando da rede social e reacende rumores sobre projeto em criptomoedas

O fundador da rede social passará o cargo para Parag Agrawal, um veterano da empresa, depois de comandá-la de 2006 a 2008 e de 2015 até hoje

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies