Menu
2020-04-20T19:02:34-03:00
Vai um petróleo aí?

Petróleo para maio cai 300% e fica com preço negativo pela primeira vez na história

Com queda brutal na demanda por conta do coronavírus e estoques cheios, preço do contrato futuro do WTI que vence amanhã chegou a US$ -37

20 de abril de 2020
15:35 - atualizado às 19:02
petróleo e dólares
Imagem: Shutterstock

O preço do petróleo futuro caiu abaixo de zero pela primeira vez na história nesta segunda-feira, 20 de abril de 2020. O contrato do petróleo tipo WTI para entrega em maio, negociado nos Estados Unidos, caiu mais de 100% pouco depois das 15h, horário de Brasília, passando a ser negociado a preços negativos. O preço de fechamento foi de US$ -37,63 o barril (isso mesmo, MENOS 37 dólares e 63 cents), representando uma queda de mais de 300%.

Esses contratos vencem amanhã e têm entrega física, mas os compradores que estariam interessados em receber a commodity estão com os estoques cheios.

A capacidade de armazenagem de petróleo nos Estados Unidos está praticamente no limite, devido à paralisação das atividades no país para combate à pandemia de coronavírus.

Assim, preço negativo significa que a oferta está muito superior à demanda e já começa a superar a capacidade de armazenamento. Com isso, os produtores poderiam, em tese, pagar para quem quisesse comprar petróleo, dado que os custos de estocagem superam os preços de mercado.

Outro fator que pesa sobre o preço do petróleo nesta segunda é que os traders que rolariam as suas posições para junho optaram por encerrá-las. A forte queda do WTI no fim de semana fez com que a diferença entre os preços dos contratos com entrega para maio e junho ficasse muito grande, tornando a rolagem financeiramente desvantajosa.

O WTI para junho, o contrato mais líquido atualmente, fechou em queda de 18,38%, a US$ 20,43 o barril.

A forte queda do petróleo nos EUA contaminou também o preço do petróleo tipo Brent, negociado em Londres, que, no entanto, caiu bem menos. O contrato do Brent para junho recuou 8,94%, a US$ 25,57 o barril.

As ações da Petrobras não são muito afetadas por essa dinâmica nos preços do petróleo nesta segunda-feira, uma vez que a estatal usa como referência para seus preços o barril do tipo Brent. As ações preferenciais (PETR4) fecharam em queda de 1,12%, e as ordinárias (PETR3) caíram 1,02%. Acompanhe a nossa cobertura completa de mercados.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

inflação de alimentos

Após ouvir cobrança, Bolsonaro reforça que preço do arroz não será tabelado

Ministra da Agricultura avisou que atual patamar de preços só deve baixar mesmo a partir de 15 de janeiro, quando entrar a safra brasileira.

ranking da forbes

Varejo invade lista de mais ricos do Brasil; saiba mais sobre os bilionários

Luiza Trajano, Ilson Mateus e Luciano Hang chegam entre os 10 mais ricos do país, em um ano marcado por mudanças no setor varejista, alta das ações e IPOs

Seu Mentor de Investimentos

Como proteger seus investimentos diante do risco de sanções comerciais por causa das queimadas

País tornou-se um pária no mundo por conta do que acontece no Pantanal e na Amazônia, diz colunista Ivan Sant’Anna; ele aponta uma série de tipos de ativos que podem estar imunes a uma eventual protesto da comunidade internacional

caso de fevereiro

Guedes ‘excedeu barbaramente’ limites ao comparar servidor a parasita, diz juíza

Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, da 4ª Vara Federal Cível da Bahia, afirmou que o ministro da Economia ‘insultou’ os servidores públicos

em recuperação judicial

Justiça dos EUA libera empréstimo de US$ 2,4 bi da Latam

Nova proposta retirou cláusula questionada por minoritários

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements