Menu
2020-03-02T18:34:39-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Terceira queda consecutiva

Mercado reduz projeção de alta do PIB para 2,17% em 2020, segundo Focus

Relatório Focus reflete preocupação do mercado com a disseminação do coronavírus pelo mundo e pela terceira semana seguida o mercado reviu para baixo a projeção para o PIB

2 de março de 2020
8:49 - atualizado às 18:34
Gráfico indicando queda
Gráfico indicando queda - Imagem: Shutterstock

A projeção do mercado para a alta do PIB em 2020 caiu pela terceira semana consecutiva e passou de 2,20% para 2,17%. As informações são do Relatório Focus, divulgado nesta segunda-feira (2) pelo Banco Central. Para 2021, a projeção do mercado permaneceu em 2,50%.

Os economistas também reviram levemente a previsão para o IPCA, a inflação oficial, que passou de 3,20% para 3,19%. Há um mês, a projeção era de 3,40%. Para 2021, a expectativa do mercado segue em 3,75% para o índice.

Os números refletem a tensão e o impacto do crescimento do número de casos de coronavírus pelo mundo. Confira os principais números do relatório desta semana:

2020

  • IPCA: 3,19% (ante 3,20%)
  • Selic: 4,25% (ante 4,25%)
  • PIB: 2,17% (ante 2,20%)
  • Câmbio: R$ 4,20 (ante R$ 4,15)

2021

  • IPCA: 3,75% (ante 3,75%)
  • Selic: 5,75% (ante 6,00%)
  • PIB: 2,50% (ante 2,50%)
  • Câmbio: R$ 4,15 (ante R$ 4,15)

2022

  • IPCA: 3,50% (ante 3,50%)
  • Selic: 6,50% (ante 6,50%)
  • PIB: 2,50% (ante 2,50%)
  • Câmbio: R$ 4,11 (ante R$ 4,10)
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

CRESCENDO

Superintendência do Cade aprova compra da Easynvest pelo Nubank

Compra da Easynvest é a terceira feita pelo Nubank em 2020 e visa atingir desbancarizados

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Exile on Wall Street

Save the date: a alma do investidor imoral

Assim como a vida, o investimento também é um ato de equilibrar forças ambivalentes, a intuição de Dionísio com as técnicas de valuation nas planilhas de Apolo

Mercados hoje

Noticiário corporativo não traz fôlego suficiente e Ibovespa opera instável

A temporada de balanços corporativos, com os resultados do terceiro trimestre de 2020, começa a ganhar força no Brasil e no exterior, com grandes empresas entregando um resultado satisfatório.

DE OLHO NOS NÚMEROS

Santander, Unidas e Petz: os balanços que mexem no mercado nesta terça-feira

Resultados do terceiro trimestre mostram que empresas estão se recuperando dos piores efeitos da pandemia de covid-19

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies