Menu
2020-09-14T08:48:38-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
focus

Mercado aumenta para 1,94% projeção para inflação, após alta dos alimentos

Expectativa segue abaixo da meta central, de 4%, e do piso do sistema de metas, de 2,5% neste ano

14 de setembro de 2020
8:46 - atualizado às 8:48
inflação
Imagem: Shutterstock

O mercado financeiro aumentou de 1,78% para 1,94% a projeção para a inflação medida pelo IPCA, mostra a edição do Focus, do Banco Central, desta segunda-feira (14).

O ajuste nas expectativas é apresentado menos de uma semana após o IBGE divulgar que a inflação avançou 0,24% em agosto, com uma alta expressiva de alguns itens da cesta básica - entre eles o arroz.

No entanto, a expectativa para inflação segue abaixo da meta central, de 4%, e do piso do sistema de metas, de 2,5% neste ano. O IPCA pode oscilar até 5,5% sem que a meta seja descumprida. Para 2021, a inflação terminaria o ano a 3,01% - na semana passada a estimativa era de 3,00%.

PIB e Selic

O Focus mostra também uma alteração da estimativa para o PIB em 2020, de queda de 5,31 para baixa 5,11%. No ano seguinte, a economia brasileira avançaria 3,50%.

A expectativa para a Selic em 2020 foi mantida em 2%, mas diminuída de 2,88% para 2,50% no ano seguinte.

Já o dólar, segundo o Focus, terminaria este ano a R$ 5,25 - mesma projeção de uma semana atrás. No ano seguinte, a moeda americana ficaria a R$ 5.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Direto na conta

Caixa começa a pagar hoje segunda parcela do auxílio emergencial

Nascidos em janeiro receberão nas contas poupança digitais

ESTRADA DO FUTURO

As ações de tecnologia estão caras ou baratas? Saiba como os analistas fazem as contas

Com o tempo, a análise dessas empresas migrou da abordagem de tradicional para um modelo de probabilidades e grandes números

Pandemia

Número de óbitos por covid-19 passa de 434 mil; casos passam de 15,5 milhões

Mais de 2 mil mortes e 67 mil novos casos foram registrados nas últimas 24 horas

Polui menos

Petrobras bate recorde de vendas de diesel S-10

Impacto ambiental do derivado é menor

Acabou a mamata?

Congresso reage a supersalários da cúpula do governo

Medida beneficia diretamente o presidente Jair Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies