Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-03-09T09:26:52-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
novo pibinho?

Em meio ao coronavírus, mercado já prevê crescimento do PIB menor que 2% em 2020

Há uma semana, pesquisa Focus, do BC, apontava um crescimento de 2,17% para a economia neste ano; projeção é a primeira após a divulgação do PIB fraco de 2019

9 de março de 2020
8:41 - atualizado às 9:26
coronavírus vírus máscaras
Imagem: Shutterstock

O mercado financeiro reduziu para 1,99% a estimativa de alta do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2020. A expectativa consta na edição desta segunda-feira (9) do boletim Focus — publicação do Banco Central que reúne projeções do mercado.

Há uma semana, a mesma publicação apontava um crescimento de 2,17% para a economia brasileira neste ano. Um mês atrás a estimativa era de uma alta do PIB de 2,30% em 2020.

A redução das expectativas apontada no boletim Focus acontece em meio ao surto de coronavírus em todo o mundo — que já fez outras conceituadas instituições financeiras reduzirem a previsão de crescimento da economia global e brasileira.

Veja algumas dos bancos que, desde o início do mês, reduziram as estimativas para alta do PIB do Brasil neste ano.

O mercado financeiro já precifica as perdas econômicas com a doença. Só na sexta-feira (6), o Ibovespa caiu 4,14%, aos 97.996,77 pontos, fechando abaixo dos 100 mil pontos pela primeira vez desde 8 de outubro de 2019.

A revisão que aparece no Focus desta segunda é também a primeira após os resultados do PIB de 2019, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no último dia 4, confirmando um crescimento de apenas 1,1% da economia brasileira no período.

Ainda segundo o Focus, a economia brasileira deve crescer 2,5% em 2021 e nos dois anos seguintes — mesma projeção da edição do boletim da semana passada. Para este ano, a publicação também manteve a estimativa para dólar em R$ 4,20 e Selic a 4,25%.

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) foi alterada de 3,19% para 3,20%.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

roxinho com mais crédito

Nubank promete aumentar limite em cartão de crédito de 35 milhões de clientes

Segundo a companhia, até o final de 2021, 10 milhões de clientes serão impactados pela novidade do cartão; três milhões em agosto

A vida depois da pandemia?

Ações da Multiplan sobem 5% após balanço que mostra recuperação dos shoppings

Resultados mostram avanço nas vendas e nas receitas de aluguel, à medida que a vacinação avança e os shoppings reabrem

Balanço sólido

Lucro líquido da Mastercard dispara 46% e vai a US$ 2 bilhões no segundo trimestre; resultado superou previsões dos analistas

O resultado foi impulsionado, segundo o CEO da empresa, pela contínua recuperação dos gastos domésticos e internacionais

De olho no futuro

Lucro e receita acima do esperado, mas ação em baixa. O que acontece com a Ambev?

Como de costume, mercado toma decisões baseado nas projeções, e segundo analistas, custos de produção e margens ainda preocupam

Estreia do dia

Brisanet estreia na bolsa em queda de mais de 4% após IPO no piso da faixa indicativa

A empresa desembarca na bolsa brasileira após uma oferta bilionária que levantou R$ 1,4 bilhão, com os papéis no piso da faixa indicativa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies