Menu
2020-03-09T09:26:52-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Jornalista formado pela UFPR. Fez parte da oitava turma de treinamento em jornalismo econômico do Estadão.
novo pibinho?

Em meio ao coronavírus, mercado já prevê crescimento do PIB menor que 2% em 2020

Há uma semana, pesquisa Focus, do BC, apontava um crescimento de 2,17% para a economia neste ano; projeção é a primeira após a divulgação do PIB fraco de 2019

9 de março de 2020
8:41 - atualizado às 9:26
coronavírus vírus máscaras
Imagem: Shutterstock

O mercado financeiro reduziu para 1,99% a estimativa de alta do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2020. A expectativa consta na edição desta segunda-feira (9) do boletim Focus — publicação do Banco Central que reúne projeções do mercado.

Há uma semana, a mesma publicação apontava um crescimento de 2,17% para a economia brasileira neste ano. Um mês atrás a estimativa era de uma alta do PIB de 2,30% em 2020.

A redução das expectativas apontada no boletim Focus acontece em meio ao surto de coronavírus em todo o mundo — que já fez outras conceituadas instituições financeiras reduzirem a previsão de crescimento da economia global e brasileira.

Veja algumas dos bancos que, desde o início do mês, reduziram as estimativas para alta do PIB do Brasil neste ano.

O mercado financeiro já precifica as perdas econômicas com a doença. Só na sexta-feira (6), o Ibovespa caiu 4,14%, aos 97.996,77 pontos, fechando abaixo dos 100 mil pontos pela primeira vez desde 8 de outubro de 2019.

A revisão que aparece no Focus desta segunda é também a primeira após os resultados do PIB de 2019, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no último dia 4, confirmando um crescimento de apenas 1,1% da economia brasileira no período.

Ainda segundo o Focus, a economia brasileira deve crescer 2,5% em 2021 e nos dois anos seguintes — mesma projeção da edição do boletim da semana passada. Para este ano, a publicação também manteve a estimativa para dólar em R$ 4,20 e Selic a 4,25%.

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) foi alterada de 3,19% para 3,20%.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

comércio eletrônico

Desde o início da pandemia, e-commerce brasileira já ganhou 135 mil lojas

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), desde o início da pandemia mais de 135 mil lojas aderiram às vendas pelo comércio eletrônico para continuar vendendo e mantendo-se no mercado

atualização dos dados

Brasil tem 1,66 milhão de casos confirmados do novo coronavírus

Foram 1.254 novas mortes e 45.305 novas pessoas infectadas registradas nas últimas 24 horas, conforme atualização do Ministério da Saúde divulgada hoje

destravando o crédito

Banco do Brasil atinge R$ 3,3 bilhões em empréstimos no Pronampe em dois dias

Banco do Brasil se aproxima, assim, da meta de esgotar os recursos da iniciativa, aposta do governo Bolsonaro para destravar o crédito, ainda nesta semana

Prévia operacional

MRV bate recorde de vendas no 2º trimestre, totalizando R$ 1,81 bi e 11,5 mil unidades

Segundo prévia operacional, companhia também bateu recorde de volume de repasses, graças à regularização do Minha Casa Minha Vida

seu dinheiro na sua noite

A bolsa cheia e um restaurante vazio

Depois de quase quatro meses em home office, voltei a pisar hoje na redação do Seu Dinheiro. Foi uma passagem de um único dia para tratar de alguns assuntos com a Marina Gazzoni. Ela já retomou a rotina de vir ao nosso escritório duas vezes por semana, enquanto eu sigo na equipe que está em home […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements