Menu
2020-12-16T19:22:40-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.

Fed vê juros parados até 2023 e continuará compras de títulos do governo para apoiar economia

Autoridade monetária manterá nível atual de compra de ativos para prover estímulos à atividade americana; comunicado traz pretensão do Fed de inflação “moderadamente acima” de 2% para atingir meta média

16 de dezembro de 2020
16:04 - atualizado às 19:22
Federal Reserve
Imagem: Shutterstock

O Federal Reserve (banco central dos Estados Unidos, o Fed) decidiu manter a taxa básica de juros do país estável na faixa entre 0 ponto e 0,25 ponto, segundo comunicado oficial do Comitê Federal de Mercado Aberto (o FOMC, na sigla em inglês) divulgado nesta quarta-feira (16). A decisão foi unânime.

A autoridade monetária voltou a dizer que está empenhada em usar toda a sua gama de ferramentas para apoiar a economia dos EUA neste "momento desafiador, promovendo assim os objetivos de máximo emprego e estabilidade de preços".

Nesse sentido, o Fed afirmou que, até que esses objetivos tenham "progressos substanciais", continuará a comprar ao menos US$ 80 bilhões de títulos do Tesouro dos Estados Unidos ao mês e, também, pelo menos US$ 40 bilhões de títulos garantidos por hipotecas mensalmente — comprometendo-se, assim, a manter o atual ritmo dessas operações de compra, que ocorrem desde junho.

Segundo Jerome Powell, presidente do Fed, os juros baixos e as compras de títulos "garantirão que a política monetária continuará a fornecer um suporte poderoso para a economia até que a recuperação esteja completa”, disse ele, em entrevista coletiva após a reunião de quarta-feira.

"Essas compras de ativos ajudam a promover o funcionamento suave do mercado e condições financeiras acomodatícias, sustentando assim o fluxo de crédito às famílias e empresas", informou o Fed, no comunicado.

Segundo a autoridade, a economia e o emprego continuam a se recuperar, mas permanecem "bem abaixo" dos níveis pré-pandemia.

Juros parados até 2023

O FOMC ressaltou o objetivo de inflação média de 2% no longo prazo, apontando que, com a taxa persistentemente abaixo dessa meta, possui hoje a pretensão de atingir uma inflação moderadamente acima de 2% por algum tempo para que a sua média seja atingida.

"O comitê espera manter um postura acomodatícia da política monetária até que esses resultados sejam alcançados", disse a autoridade, sinalizando a manutenção da taxa de juros. Dos 17 dirigentes do Fed, 12 veem o juro na faixa atual até 2023.

Além disso, o Fed continua a avaliar que, em um contexto de pandemia do coronavírus, há "riscos consideráveis" para a atividade econômica do país no médio prazo.

"O rumo da economia vai depender significativamente do curso do vírus", informou o Fed.

No mesmo horário do anúncio, o Ibovespa subia mais de 1%, acima dos 117 mil pontos. Ao final do pregão, o índice fechou com alta de 1,5%, a 117.860 pontos.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

INVESTIMENTOS

ETF de criptomoedas: conheça o HASH11, a oportunidade de comprar bitcoin e outras 5 criptos na bolsa com um clique

Com esse fundo, é possível ter exposição a criptoativos de maneira simples, segura e regulada. Em entrevista ao podcast RadioCash, executivos da gestora brasileira Hashdex explicam quais os riscos e oportunidades do ETF e desse criptomercado, confira:

Na CCJ da Câmara

Reforma administrativa é bastante moderada e foi fruto de muita conversa, diz Guedes

Depois de muito tempo engavetada, a proposta de reforma administrativa foi enviada ao Congresso no começo de setembro do ano passado e não tem impacto na estabilidade e nos salários dos atuais funcionários públicos

Resultados do trimestre

A guerra dos bancões: qual deles performou melhor?

Comentar resultados de bancos nunca foi tarefa fácil. Seus grandes números exigem uma análise que contemple tudo o que foi divulgado para um resultado verossímil, considerando ainda seu tamanho e receita. Analisar um ano de valores de uma instituição financeira de maneira que eles façam sentido para o mercado exige profundidade. Por isso, hoje a […]

Exile on Wall Street

5 pontos para entender e superar a economia americana na era Biden

Não sei bem a razão. O Dia das Mães sempre me leva a Winnicott e sua prescrição por uma “good enough mother”. As mães, claro, deveriam ser boas aos filhos. Mas apenas suficientemente boas. Se se tornam mães edípicas, excessivamente protetoras e presentes, estragam a prole. A virtude está no meio.   Depois de duas depressões, […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies