Menu
2020-03-19T14:57:37-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Cortes

Caoa Chery diz que demissões são para manter os demais empregos

Caoa Chery explicou que as demissões são uma tentativa de reequilibrar a operação da empresa no País e “resistir ao cenário econômico atual e previsto para os próximos meses”, além de permitir a manutenção dos demais empregos

19 de março de 2020
14:57
Montadora de carros e veículos
Imagem: Shutterstock

Após a fabricante de veículos Caoa Chery demitir 59 funcionários nesta semana, os metalúrgicos remanescentes começaram uma greve nesta quinta-feira, que paralisou toda a produção da fábrica de Jacareí, no interior de São Paulo. A informação é do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região.

Em nota divulgada à imprensa antes do anúncio da greve, a Caoa Chery explicou que as demissões são uma tentativa de reequilibrar a operação da empresa no País e "resistir ao cenário econômico atual e previsto para os próximos meses", além de permitir a manutenção dos demais empregos, "que serão fundamentais para o lançamento de um novo produto previsto para o primeiro semestre deste ano".

Segundo a Caoa Chery, a situação econômica do Brasil neste início de ano, agravada pela recente disparada do dólar, gerou grande e inesperada queda nas vendas do setor, após recuperação iniciada em 2017.

Em greve, os trabalhadores reivindicam a reintegração dos demitidos, estabilidade no emprego, manutenção dos direitos e licença remunerada para todos durante a crise do coronavírus.

"As medidas são uma exigência dos metalúrgicos neste momento de crise provocada pela disseminação do novo coronavírus", explica a nota do sindicato, que na quarta-feira lamentou que as demissões tenham ocorrido no momento em que os trabalhadores mais precisam de proteção das empresas e dos convênios médicos.

Ainda hoje ocorrerá uma reunião entre representantes do sindicato e a direção da Caoa Chery. O resultado dessa conversa será apresentado na sexta-feira em assembleia dos trabalhadores, que decidirão sobre os rumos da greve.

De qualquer forma, a empresa também anunciou hoje que, para evitar o contágio do novo coronavírus, vai começar a reduzir gradualmente a produção a partir de segunda-feira, com interrupção total a partir do dia 27, uma sexta-feira. A suspensão das atividades, a princípio, valerá por duas semanas, a depender da evolução da situação. Os trabalhadores da área administrativa começam nesta quinta a trabalhar remotamente.

A empresa também avalia antecipar a campanha de vacinação contra a gripe, disponibilizada anualmente a todos os colaboradores da planta de Jacareí. Os colaboradores serão orientados também a seguirem rigorosamente o isolamento social, conforme indicação do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS).

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Boletim médico

Covid-19: Brasil tem 154 mil mortes e 5,27 milhões de casos acumulados

Atualmente há 397.524 pacientes em acompanhamento. De acordo com o Ministério da Saúde, 4.721.593 pessoas já se recuperaram da doença.

aperte o play

Netflix: 5 números que você precisa conhecer do resultado do terceiro trimestre

Ainda que os analistas já estivessem cientes do mercado que se desenha, os números apresentados pela companhia não agradou.

Mudanças no time

Weg anuncia renúncia de diretor de finanças e relações com investidores

A companhia divulga os seus resultados do terceiro trimestre na próxima quinta-feira (22)

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

A bolsa voltou aos 100 mil pontos. Agora pra ficar?

A trilha sonora do mercado nesta terça-feira podia ser O Portão, o clássico de Roberto Carlos do refrão “Eu voltei, agora pra ficar. Porque aqui, aqui é o meu lugar…” O Ibovespa retomou o patamar dos 100 mil pontos depois de pouco mais de um mês. Difícil é dizer se a volta será definitiva. Em outubro, […]

Prévias operacionais

Cyrela tem crescimento de 46% em lançamentos e 58% em vendas no 3º trimestre

Segundo as prévias operacionais, construtora lançou R$ 2,589 bilhões e vendeu R$ 2,456 bilhões no período

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies