Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-04-24T19:39:54-03:00
seu dinheiro na sua noite

O governo Bolsonaro acabou

24 de abril de 2020
19:39
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Seja qual for o futuro do mandato de Jair Bolsonaro, o governo do presidente tal como o conhecemos não existe mais. Como será a gestão a partir de agora e, mais importante, quanto tempo ela durará vai depender do que acontecer em Brasília nos próximos dias.

Bolsonaro foi eleito por quase 58 milhões de brasileiros com três bandeiras: combate à corrupção, liberalismo na economia e uma agenda de costumes.

O desembarque explosivo de Sergio Moro derrubou um desses pilares. Não tanto pela saída em si, mas pelas graves acusações levantadas pelo agora ex-ministro.

Moro acusou Bolsonaro de interferência política da Polícia Federal ao insistir na saída de Maurício Valeixo do comando do órgão. Algo que não teria ocorrido nem mesmo nos governos petistas durante as investigações da Lava Jato.

Bolsonaro respondeu no fim da tarde em um pronunciamento no mínimo confuso, mas negou interferência no trabalho da PF. Ele disse também que Moro teria concordado com a troca no comando da polícia, mas apenas depois que ele fosse indicado a uma vaga no STF.

Seja como for, uma parte do apoio popular ao presidente deve cair junto com Moro. Outra incógnita é como fica o segundo pilar do governo.

A ala liberal sofreu rachaduras nesta semana quando a equipe de Paulo Guedes foi deixada de fora do programa Pró-Brasil de investimentos em infraestrutura. Mas o ministro demonstrou apoio ao comparecer (de máscara) ao pronunciamento de Bolsonaro.

Ao longo do dia, a temperatura em Brasília pôde ser medida nas cotações do dólar. A moeda norte-americana fechou em alta de 2,40%, cotada a R$ 5,661. Mas chegou a encostar nos R$ 5,75 na máxima do dia.

A bolsa também teve um dia para lá de tenso e por pouco não passou por um novo circuit breaker, mas recuperou uma parte das perdas e fechou em queda de “apenas” 5,45%. Vale a pena conferir com o Victor Aguiar como foi o reflexo da tempestade política nos mercados.

As repercussões na política e no seu bolso

 Para a Ace Capital, o impeachment de Bolsonaro é hoje o melhor cenário para o país. A gestora formada por ex-profissionais da tesouraria do Santander mantém a aposta na alta do dólar mesmo depois da forte alta de hoje.

 Mesmo em meio à saída de um dos pilares do governo, o ex-ministro Moro, a queda de outra referência, Paulo Guedes, não está no radar. Saiba por que essa é a opinião de Carlos Kawall, diretor do Asa Bank.

 O presidente da Caixa reforçou a visão de que a saída de Moro não muda em nada a visão do ministro da Economia para a condução das agendas de reformas e da economia brasileira. Confira o que disse Pedro Guimarães.

 A repercussão política à demissão de Moro foi quase imediata. Minutos depois do anúncio, a Câmara articulou uma CPI para convocá-lo a fim de esclarecer as acusações feitas a Bolsonaro.

 A Força Tarefa da Lava Jato também se manifestou contra a suposta interferência na PF. Para os procuradores, as declarações de Moro sobre tentativas de interferência do presidente Jair Bolsonaro na PF são atos "da mais elevada gravidade".

 Moro não conta com a simpatia dos deputados, mas os pedidos de impeachment de Jair Bolsonaro a serem analisados pela Câmara serão fortalecidos após a fala do ex-ministro, na análise da consultora política da BMJ Consultores Associados, Rebeca Lucena.

No calor dos acontecimentos

Para encerrar, recomendo que você assista à transmissão do podcast Touros e Ursos, caso você tenha perdido. O Victor Aguiar e a Julia Witgen comentaram ao vivo como a demissão do ex-juiz federal, famoso pelo seu trabalho na Lava Jato, afetou os negócios no mercado financeiro local. O dólar disparou e o Ibovespa tombou. O que aflige tanto os investidores? Nossos repórteres explicam.

Um ótimo fim de semana para você.
Aquele abraço!

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Para dirigentes de instituições

CMN estende restrição de dividendos até dezembro de 2020

O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu estender até dezembro de 2020 a regra que proíbe o aumento na remuneração de dirigentes de instituições financeiras e a distribuição de dividendos acima do mínimo obrigatório

Campos Neto fala

Para BC, é possível que efeitos do isolamento persistam até metade de 2021

Para Campos Neto, o medo que as pessoas sentem de serem contaminadas fará com que muitos mantenham hábitos adquiridos durante o período de quarentena

Com pandemia

20 mil testes foram realizados em empregados para detectar covid-19, diz Petrobras

Os testes fazem parte das medidas de segurança utilizadas pela empresa para conter o avanço da doença

O Leão está esperando

A contagem regressiva começou e você tem 30 dias até o prazo final

Se você é um dos muitos brasileiros que sempre deixam esta tarefa para os minutos finais, recomendo que mude os seus planos. O Seu Dinheiro pode te ajudar.

Concessão

Em tom de festa e com perguntas de aliados, governo renova Malha Paulista

Com um tom de comemoração, o governo anunciou na quinta-feira, 28, em evento online, a renovação da Malha Paulista com a Rumo

Parcela para prioritários

Receita paga o 1º lote do IR nesta sexta

Nessa primeira parcela, receberão o dinheiro quem se enquadra nas prioridades legais: idosos, pessoas com deficiência física ou intelectual ou moléstia grave

CRÍTICAS AO PRESIDENTE

Doria pede diálogo e afirma que Governo Federal ‘é ausente’

O tucano afirmou que o País passou a ouvir palavras de ódio.

Plano de voo mantido

Governo discute orçamento de 2021 e linha da austeridade continua, diz ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou nesta sexta-feira, 29, que o Brasil já sinaliza para o mercado que seguirá com a linha planejada de austeridade fiscal e solvência. Ele pontuou que o orçamento do próximo ano já está em discussão e que esse perfil permanecerá

Em meio à pandemia

Com queda de 1,5% do PIB, Brasil fica em 15º em ranking de crescimento mundial

As perdas provocadas pela pandemia da covid-19 na economia global melhoraram a posição do Brasil no ranking mundial

Mentirinha branca

Kylie Jenner não é mais uma bilionária de acordo com a Forbes – e talvez nunca tenha sido

De acordo com a revista, a polêmica família do entretenimento pode ter inflacionado os resultados da empresa da caçula, que apesar de rica, nunca foi ultrarrica.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu