⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

O melhor do Seu Dinheiro
Ricardo Gozzi
2022-09-15T08:03:31-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

A grande cautela dos mercados: Fusão do ethereum, ações do Magazine Luiza (MGLU3), big techs e outras notícias que mexem com seus investimentos

Investidores parecem dispostos a manter os ativos de risco em território positivo após a inflação nos EUA ter derrubado as bolsas nesta semana, mas pisam em ovos hoje

15 de setembro de 2022
8:03
imagem conceitual mostra homem com medo de atravessar lago rumo a cifrão, investidor, investimento, cautela, medo
Imagem: Shutterstock

Cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém. E mesmo que não seja comum encarar uma canja no café da manhã, a cautela já se faz presente logo cedo nos mercados financeiros nesta quinta-feira.

Os investidores parecem dispostos a manter os ativos de risco em território positivo depois da inflação norte-americana ter derrubado as bolsas no início da semana, mas pisam em ovos hoje.

Há quem não enxergue razões para que a turbulência tenha continuidade. Uma dessas pessoas é Jeff de Graaf, fundador da Renaissance Macro Research.

Ele não menospreza a gravidade da alta dos preços. Entretanto, ele acredita que a tendência de desaceleração da inflação nos Estados Unidos deve se manter nos próximos meses.

De qualquer modo, os movimentos são tímidos na manhã desta quinta-feira. As bolsas de valores da Europa abriram em leve alta e os índices futuros de Nova York não sinalizam uma direção clara.

Tudo por causa do atacadão de indicadores econômicos esperados para hoje nos EUA. Os dados incluem vendas no varejo, preços de importação, pedidos de auxílio-desemprego e dois importantes índices de atividade industrial: o Empire State e o do Fed da Filadélfia.

No mercado de criptomoedas, nem mesmo as notícias referentes à conclusão da fusão da blockchain do ethereum anima os investidores a deixarem a cautela de lado.

Por aqui, os participantes do mercado estão de olho nos números do IBC-Br de julho. A expectativa é de que o índice de atividade econômica medido pelo Banco Central comece a apontar para uma desaceleração da economia brasileira.

Os investidores também monitoram os movimentos dos principais candidatos à Presidência da República. À noite, já depois do fechamento do mercado, serão conhecidos os números da nova rodada do Datafolha sobre as intenções de voto para 2 de outubro.

O que dispensa cautela é a cobertura de mercados do Seu Dinheiro. Clique e acompanhe sem parcimônia!

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

O que você precisa saber hoje

TER OU NÃO TER
A hora do Magazine Luiza chegou? Saiba por que o Citi elevou o preço-alvo de MGLU3 e se vale a pena comprar agora. Com base no desempenho do Magalu no segundo trimestre, o banco elevou o preço-alvo para os papéis da empresa de R$ 3 para R$ 5.

O CARNÊ GANHOU REFORÇOS
Fintech do Magazine Luiza permite compra por PIX sem acesso ao aplicativo do banco. A transação é feita por meio do Iniciador de Transação de Pagamento, que permite iniciar uma ordem de pagamento sem que o usuário precise sair da loja.

PUNIÇÕES BILIONÁRIAS
Big techs na mira: Google (GOGL34) é multado por União Europeia e Coreia do Sul em bilhões de dólares. A maior das penalidades foi de US$ 4,126 bilhões, referente a um processo aberto pela União Europeia em 2015 por práticas anticompetitivas.

ELEIÇÕES 2022
Guedes se alinha a Bolsonaro e sobe o tom da campanha. Veja as indiretas mandadas para Lula. Ministro da Economia se comprometeu com o Auxílio Brasil de R$ 600, reivindicou a autoria do Pix e considerou equivocadas as projeções de analistas para a inflação.

UM POUCO DOS DOIS
O trabalho no modelo híbrido virou realidade para a maioria dos brasileiros, mas não resolveu todos os problemas. Levantamento do Google aponta que 56% dos brasileiros já atuam em regime híbrido de forma definitiva.

ESTRADA DO FUTURO
7 razões para ficar otimista com as ações de tecnologia na bolsa. Para o colunista Richard Camargo, a esperança é que a lista incentive os investidores de tecnologia a pensar sobre como tantas oportunidades e frentes de pesquisa irão moldar o mundo em que vivemos.

Uma boa quinta-feira para você!

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

O caminho mais seguro

Por que você ainda deve investir em Tesouro Selic, mesmo que os juros tenham parado de subir

7 de outubro de 2022 - 13:19

Para o Itaú BBA, Selic pode permanecer alta por mais tempo do que o mercado espera, e investidor deve manter 60% da sua carteira de títulos públicos em Tesouro Selic

ELEIÇÕES 2022

Simone, Ciro “envergonhado” e até FHC: aonde esses apoios podem levar um eventual governo Lula

7 de outubro de 2022 - 13:15

O petista se movimenta de modo a angariar o máximo apoio possível e confirmar, no fim de outubro, um favoritismo que lhe é atribuído desde sua ressurreição para a política

ELEIÇÕES 2022

Zema, Moro, Garcia e Dallagnol: como esses apoios podem ajudar Bolsonaro no segundo turno?

7 de outubro de 2022 - 13:07

Presidente vem reforçando seu time para a fase final das eleições com nomes da direita da política brasileira; confira os apoios que podem fazer a diferença na reeleição de Bolsonaro

NÃO VAI COLAPSAR?

Ressuscitou? Credit Suisse tenta tranquilizar investidores sobre risco de calote e ações avançam em NY

7 de outubro de 2022 - 12:49

Entre as soluções anunciadas, a instituição financeira recomprará bilhões em dívidas e venderá um famoso hotel de quase 200 anos de história

RECALIBRANDO A CARTEIRA

Rali recente da bolsa brasileira limita potencial de ganhos do Bradesco (BBDC4) e JP Morgan rebaixa ações

7 de outubro de 2022 - 12:38

Com a alta recente e a perspectiva mais conservadora para os resultados do terceiro trimestre, os analistas do JP MOrgan rebaixaram as ações do Bradesco (BBDC4)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies