Menu
2020-09-09T10:01:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
estreia marcada

Subsidiária da Even, Melnick pode captar até R$ 1,23 bilhão na bolsa

Os recursos da oferta primária, que pode levantar até mais de R$ 912 milhões, serão utilizados para a aquisição de terrenos, reforço do caixa da companhia e reforço de caixa das Sociedades de Propósitos Específicos (SPEs) da empresa

9 de setembro de 2020
10:01
Prédio em construção MRV Cyrela Tenda EZTec Even Direcional
Imagem: Shutterstock

Uma das cerca de 20 incorporadoras que se preparam para entrar na bolsa, A Melnick, subsidiária da construtora Even (EVEN3), pode captar até R$ 1,23 milhões em sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). A empresa definiu a faixa indicativa de preço de R$ 8,50 a R$ 12,50.

Segundo o cronograma da oferta, a precificação da ação será no dia 24 de setembro. A estreia na B3 ocorre no dia 28 e a empresa deve ser listada no segmento de Novo Mercado, o mais alto nível de governança da Bolsa.

A oferta terá oferecimento primário e segundário. O lote principal da oferta primária é composto por 73 milhões de ações. A empresa ainda pode oferecer um lote adicional de 14,6 milhões de ações e um suplementar, com 10,9 milhões de papéis, de emissão secundária. Os acionistas vendedores são a controladora Even e a MPAR, Melnick Participações.

Os recursos da oferta primária, que pode levantar até mais de R$ 912 milhões, serão utilizados para a aquisição de terrenos, reforço do caixa da companhia e reforço de caixa das Sociedades de Propósitos Específicos (SPEs) da empresa.

Atualmente, a Melnick atua com foco em projetos residenciais de médio e alto padrão no Rio Grande do Sul. Nos primeiros seis meses do ano, a companhia teve um lucro líquido de R$ 37,983 milhões, contra R$ 55,312 no mesmo período do ano passado. A receita líquida foi de R$ 321,802 milhões, contra R$ 562 milhões no ano passado. O Ebitda ajustado somou R$ 51,130 milhões no primeiro semestre, ante R$ 87,315 milhões em 2019.

A oferta será coordenada pelo BTG Pactual, Itaú BBA, XP Investimentos e Safra.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Ainda falta chão...

Reforma administrativa dá mais um passo na Câmara dos Deputados

O relator leu hoje seu parecer pela constitucionalidade da proposta na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ); votação deve ocorrer a partir do dia 20

Novo momento

Fertilizantes Heringer registra prejuízo líquido de R$ 7,46 milhões no 1º tri

Empresa teve melhor Ebitda da história para um primeiro trimestre, mas resultado foi impactado por despesas financeiras

na b3

GetNinjas estreia em queda na bolsa, após IPO com ação abaixo do previsto

Empresa levantou R$ 550 milhões na oferta inicial de ações, com desconto de quase 20% do valor do papel em relação ao preço mínimo da faixa

Diversificando

BTG Pactual lança fundo de investimento 100% em bitcoin

O lançamento vem em linha com a diversificação de ativos oferecidos pelo banco

Exile on Wall Street

Um investidor conservador sabe que uma boa ação tem seus defeitos

“Sou reacionário. Minha reação é contra tudo que não presta.” Se o sábado é uma ilusão, a segunda-feira deve ser a mais dura e fria realidade. Começamos a semana com Nelson Rodrigues. O conservador é um cético na capacidade de grandes revoluções oferecerem um futuro não testado que seja superior ao que sobreviveu ao teste […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies