Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-09-09T10:01:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
estreia marcada

Subsidiária da Even, Melnick pode captar até R$ 1,23 bilhão na bolsa

Os recursos da oferta primária, que pode levantar até mais de R$ 912 milhões, serão utilizados para a aquisição de terrenos, reforço do caixa da companhia e reforço de caixa das Sociedades de Propósitos Específicos (SPEs) da empresa

9 de setembro de 2020
10:01
Prédio em construção MRV Cyrela Tenda EZTec Even Direcional MRVE3
O setor de construção civil tem um longo caminho pela frente e o credit Suisse não vê motivo para otimismo (ainda) - Imagem: Shutterstock

Uma das cerca de 20 incorporadoras que se preparam para entrar na bolsa, A Melnick, subsidiária da construtora Even (EVEN3), pode captar até R$ 1,23 milhões em sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). A empresa definiu a faixa indicativa de preço de R$ 8,50 a R$ 12,50.

Segundo o cronograma da oferta, a precificação da ação será no dia 24 de setembro. A estreia na B3 ocorre no dia 28 e a empresa deve ser listada no segmento de Novo Mercado, o mais alto nível de governança da Bolsa.

A oferta terá oferecimento primário e segundário. O lote principal da oferta primária é composto por 73 milhões de ações. A empresa ainda pode oferecer um lote adicional de 14,6 milhões de ações e um suplementar, com 10,9 milhões de papéis, de emissão secundária. Os acionistas vendedores são a controladora Even e a MPAR, Melnick Participações.

Os recursos da oferta primária, que pode levantar até mais de R$ 912 milhões, serão utilizados para a aquisição de terrenos, reforço do caixa da companhia e reforço de caixa das Sociedades de Propósitos Específicos (SPEs) da empresa.

Atualmente, a Melnick atua com foco em projetos residenciais de médio e alto padrão no Rio Grande do Sul. Nos primeiros seis meses do ano, a companhia teve um lucro líquido de R$ 37,983 milhões, contra R$ 55,312 no mesmo período do ano passado. A receita líquida foi de R$ 321,802 milhões, contra R$ 562 milhões no ano passado. O Ebitda ajustado somou R$ 51,130 milhões no primeiro semestre, ante R$ 87,315 milhões em 2019.

A oferta será coordenada pelo BTG Pactual, Itaú BBA, XP Investimentos e Safra.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Ajuste seu relógio

Pregão terá uma hora a mais a partir de novembro; entenda a mudança e veja a nova agenda da bolsa

As alterações começam a valer a partir do dia 8 de novembro; a B3 vai ajustar a bolsa para refletir o fim do horário de verão nos EUA

Nada de penny stock

Na Saraiva (SLED3 e SLED4), uma medida para aliviar a pressão da CVM — mas que não tira a corda do pescoço

A Saraiva (SLED3 e SLED4) quer fazer um grupamento de ações na proporção de 35 para 1, saindo da casa dos centavos — mas perdendo liquidez

Seu Dinheiro no sábado

O que esperar para os seus investimentos até 2024?

Como parte das comemorações de três anos do Seu Dinheiro, montamos um conteúdo especial para discutir o cenário de investimentos até 2024

PAPO CRIPTO #004

Bitcoin (BTC) pode chegar aos US$ 100 mil ainda este ano, tudo depende dos EUA, afirma André Franco ao Papo Cripto

As gamecoins como o Axie Infinity devem movimentar ainda mais o mercado até o final do ano

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies