Menu
2020-01-20T17:06:14-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Mercados hoje

Ibovespa tem oscilações tímidas em dia de feriado nos EUA; dólar sobe e vai a R$ 4,18

Após uma abertura em baixa, o Ibovespa reduziu as perdas e, agora, oscila perto do zero a zero. A sessão é marcada pela liquidez reduzida, uma vez que as bolsas americanas estão fechadas

20 de janeiro de 2020
10:21 - atualizado às 17:06
Selo Mercados AGORA Ibovespa dólar
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Os mercados financeiros globais têm um início de semana pouco movimentado, uma vez que as bolsas dos Estados Unidos estarão fechadas nesta segunda-feira (20), em comemoração ao Dia de Martin Luther King. Nesse cenário de liquidez reduzida, o Ibovespa abriu em baixa, mas logo reduziu as perdas e, agora, fica perto do zero a zero.

Por volta de 17h05, o principal índice da bolsa brasileira operava em leve queda de 0,02%, aos R$ 118.460,03 pontos, após chegar a cair 0,46% mais cedo, aos 117.927,53 pontos. Na Europa, as principais praças acionárias fecharam no campo negativo.

Já o mercado de câmbio teve um dia mais pressionado: o dólar à vista fechou em alta de 0,58%, a R$ 4,1887, devolvendo boa parte do alívio registrado na sessão anterior — na máxima, subiu 0,65%, a R$ 4,1916.

Sem o referencial dos mercados americanos e em meio à agenda econômica esvaziada, os investidores promovem apenas ajustes pontuais nas carteiras, sem promover grandes operações.

O grande ponto de instabilidade às negociações em bolsa era o vencimento de opções sobre ações, encerrado às 13h. Segundo a B3, o exercício movimento mais de R$ 12 bilhões, sendo quase R$ 10 bilhões em opções de compra — passado o vencimento, o índice se aproximou da estabilidade.

Vale lembrar, ainda, que o Ibovespa vem de duas altas consecutivas — apenas na última sexta-feira (17), o índice subiu 1,52%. Assim, há espaço para eventuais movimentos de realização de lucros na bolsa brasileira, considerando os ganhos recentes.

Semana agitada

Também é importante ressaltar que, no restante da semana, há diversos fatores que podem mexer com o rumo dos mercados, incluindo o Fórum Econômico Mundial e a agenda de dados econômicos — nos próximos dias, serão revelados indicadores de inflação no Brasil e de atividade nos EUA.

Desta maneira, os investidores optam por assumir uma postura mais cautelosa hoje, embora sem um viés enormemente defensivo, antecipando-se à possível volatilidade que poderá ser verificada nos pregões seguintes.

Juros estáveis

Apesar da pressão vista no dólar à vista, as curvas de juros apresentaram um viés de estabilidade nesta segunda-feira. O mercado ainda está em dúvida quanto aos próximos passos do BC em relação à Selic — há quem aposte em um novo corte, mas também há quem acredite que a taxa permanecerá estável daqui em diante.

Veja abaixo como ficaram os principais DIs nesta segunda-feira:

  • Janeiro/2021: inalterado em 4,42%;
  • Janeiro/2023: de 5,67% para 5,66%;
  • Janeiro/2025: de 6,38% para 6,39%;
  • Janeiro/2027: de 6,75% para 6,77%.

Top 5

Veja a lista com as cinco ações de melhor desempenho do Ibovespa no momento:

  • B2W ON (BTOW3): +4,95%
  • Raia Drogasil ON (RADL3): +2,88%
  • Magazine Luiza ON (MGLU3): +2,83%
  • Gerdau PN (GGBR4): +2,74%
  • Lojas Americanas PN (LAME4): +2,33%

Confira também as maiores quedas do índice nesta segunda-feira:

  • Cia Hering ON (HGTX3): -2,30%
  • Suzano ON (SUZB3): -2,17%
  • Cielo ON (CEL3): -1,80%
  • Bradesco PN (BBDC4); -1,72%
  • Tim ON (TIMP3): -1,77%
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

hora do balanço

Contas do governo têm melhor resultado para janeiro desde 1997

Caixa do Governo Central registrou um superávit primário de R$ 44,124 bilhões no mês, segundo o Tesouro nacional

economia americana em foco

PIB dos EUA à taxa anualizada avança 2,1% no quarto trimestre

Apenas os gastos com consumo, que representam cerca de 70% do PIB americano, tiveram expansão anualizada de 1,7% no período

segundo bc

Juro no rotativo do cartão de crédito cai em janeiro, mas ainda é de 316%

Taxa caiu 2,0 ponto porcentual em relação a dezembro; juro do rotativo é uma das taxas mais elevadas entre as avaliadas pelo BC

panos quentes

Maia diz que não vê confusão entre Legislativo e Executivo. ‘Está tudo tranquilo’

Declaração é feita dois dias depois de revelação de que Bolsonaro compartilhou vídeos convocando a população para protestos contra o Congresso

CORONAVÍRUS

Janet Yellen diz que, dependendo de como o vírus se espalhar, impacto pode levar os EUA a recessão

Mas ela fez algumas ressalvas e disse que ainda vê um cenário bastante sólido nos Estados Unidos

Sem alívio

Aversão ao risco continua elevada e mantém o Ibovespa em queda firme; dólar sobe a R$ 4,45

Os mercados seguem cautelosos com os desdobramentos do coronavírus. Nesse cenário, o Ibovespa dá continuidade às perdas de ontem, enquanto o dólar à vista busca novas máximas

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

olho no indicador

Índice que corrige o aluguel, IGP-M cai 0,04% em fevereiro

Com o resultado, indicador acumula variação de 6,82% nos 12 meses encerrados em fevereiro e de 0,44% em 2019

diálogo difícil

Reino Unido inicia diálogo comercial com UE com ameaça de abandoná-lo

Governo britânico admite que o tempo é “limitado”, mas “suficiente” para que um acordo preliminar seja alcançado nos próximos quatro meses

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

9 notícias para você começar o dia bem informado

É hora de soprar as cinzas da quarta-feira e encarar uma nova realidade de mercados mais voláteis e incertos. Os humores devem continuar a variar conforme dados sobre o avanço ou retrocesso do coronavírus forem divulgados.  Além da questão sanitária, o investidor deve refletir sobre as consequências reais do surto para a economia e o […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements