Menu
2019-03-21T11:16:24-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Negócio avança?

Fusão de Aliansce e Sonae Sierra pode criar empresa de shoppings de R$ 6 bilhões

Ações reagem em alta à notícia de que empresas possuem um acerto preliminar para combinar seus negócios. Juntas, elas possuem administração ou detêm participação em 39 shoppings

21 de março de 2019
11:16
WestPlaza aliansce
Shopping West Plaza, em São Paulo - Imagem: Divulgação

As empresas de shopping centers Aliansce e Sonae Sierra Brasil negociam uma combinação de seus negócios. Um negócio que é bom acompanhar de perto, já que ambas as companhias possuem ações na bolsa.

A transação pode criar uma companhia com valor de mercado da ordem de R$ 6 bilhões, com base nas cotações das ações ontem. Juntas, as empresas possuem administração ou detêm participação em 39 shoppings.

Em comunicado encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Aliansce e a Sonae Sierra informaram que assinaram um memorando de entendimentos não vinculante com acertos preliminares.

As ações de ambas as empresas sobem hoje na bolsa. Por volta das 11h, os papéis da Aliansce eram negociados em alta de 2,02% e os da Sonae Sierra, de 1,72%.

As conversas entre as empresas acontecem desde o ano passado, mas podem avançar diante do avanço da concorrência. A brMalls, líder no setor, negocia a compra do grupo Almeida Junior, dono de seis shoppings centers em Santa Catarina, segundo informações publicadas na imprensa.

A Aliansce é a segunda maior administradora de shoppings do país, com 20 operações próprias e dez de terceiros. No portfólio da empresa estão, por exemplo, a rede Boulevard em seis cidades, como Brasília, Belo Horizonte e Bauru (SP) e o shopping West Plaza, em São Paulo (SP). O principal acionista da companhia é o fundo canadense CPPIB.

Já a Sonae Sierra Brasil é controlada pelo maior grupo empresarial português. No país, a empresa administra nove shoppings, incluindo o Plaza Sul e o shopping Campo Limpo, em São Paulo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Airbus A320

Itapemirim começa a receber aeronaves para voos comerciais após Anac autorizar

A Itapemirim diz que a segunda aeronave Airbus A320 de sua frota deve chegar ao aeroporto de Confins (MG) neste domingo

Efeito reverso

Elon Musk fez piada sobre o Dogecoin na TV aberta — e as cotações desabaram

Elon Musk fez a aguardada participação no SNL no último sábado, fazendo piada sobre si mesmo e falando do Dogecoin — mas a cotação caiu forte

Pesquisa da FGV

Presente mais caro: inflação do Dia das Mães é a maior dos últimos quatro anos

Levantamento da FGV mostra que a inflação no Dia das Mães é a maior desde 2017; eletrodomésticos e passagens aéreas tiveram maiores saltos

Expansão

SPX Capital assume operações do Carlyle no país

As operações do Carlyle no Brasil serão absrovidas pela SPX Capital. Com isso, a gestora de Rogério Xavier se expande em private equity

ESTRADA DO FUTURO

Um pé no abismo e outro na casca de banana: como identificar ações de empresas decadentes

Excesso de otimismo, planos mirabolantes e desprezo pela inovação estão entre as receitas para uma empresa falhar, segundo o gestor que se dedicou a descobrir empresas terríveis

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies