IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2019-05-15T11:04:49-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

14 de maio de 2019
9:31 - atualizado às 11:04
Selo para série preços e taxas do Tesouro Direto com uma sacola de dinheiro com pernas subindo e uma porcentagem caída no chão
Imagem: Montagem Andrei Morais/Shutterstock

As taxas do Tesouro Direto fecharam em queda nesta terça-feira (14) em relação à abertura. O Tesouro IPCA+ 2024 (NTN-B Principal) fechou negociado com taxa de 3,96% ao ano mais IPCA, por um valor mínimo de R$ 52,59, enquanto que o Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTN-B) fechou negociado com taxa de 4,33% ao ano mais IPCA e aplicação mínima de R$ 41,77.

Já o Tesouro Prefixado 2022 (LTN) fechou pagando 7,57% ao ano para quem o comprasse nesta terça-feira, com aporte mínimo de R$ 32,99; finalmente, o Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2029 (NTN-F) fechou remunerando 8,79% ao ano, por valor mínimo de R$ 33,34.

O único Tesouro Selic (LFT) disponível para compra atualmente no Tesouro Direto, com vencimento em 2025, está remunerando Selic + 0,02% para quem o levar até o fim do prazo.

Lembre-se de que essas taxas do Tesouro Direto só são válidas para quem adquirir o título hoje e o levar até o vencimento. Na venda antecipada, o retorno pode ser bem diferente, uma vez que a venda é sempre feita a preço de mercado.

Confira os preços e taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Preços e taxas do Tesouro Direto em 14 de maio de 2019 - fechamento

Sobre o Tesouro Direto

O Tesouro Direto é o programa do Tesouro Nacional para compra e venda de títulos públicos federais on-line pela pessoa física. O investimento mínimo é de apenas R$ 30, desde que essa quantia não seja inferior a 1% do valor de um título.

Para investir no Tesouro Direto, o ideal é abrir conta em uma corretora de valores que não cobre taxa de administração. Dessa forma, o único custo do investimento, além dos impostos, é a taxa de custódia paga à bolsa, de 0,25% ao ano.

Os títulos públicos federais são os investimentos de menor risco de crédito da economia brasileira, pois são garantidos pelo governo. Mas há risco de mercado, uma vez que há volatilidade nos preços.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

CARTEIRA DE 2023

Vale (VALE3), Gerdau (GGBR4), CSN (CSNA3) ou Usiminas (USIM5)? Uma dessas ações vale ouro para o Santander; saiba qual

28 de novembro de 2022 - 16:43

Das quatro empresas que atuam no setor de mineração e siderurgia, três têm recomendação de compra, com potencial de valorização que chega a 45%, e uma foi rebaixada para neutra

CONTÁGIO DA FTX

Mais um ‘chapter 11’: BlockFi dá primeiro passo para pedir falência após FTX ampliar crise de liquidez do mercado de criptomoedas

28 de novembro de 2022 - 15:23

O chapter 11 é o primeiro passo para um pedido de recuperação judicial, quando um tribunal determina datas e exige um plano de reestruturação dos negócios

TEM ESPAÇO PARA CORTE?

Apesar da pressão com governo de transição, Itaú Unibanco vê espaço para queda nos juros em 2023

28 de novembro de 2022 - 15:19

Para Nicholas McCarthy, CIO do Itaú Unibanco, a queda do barril de petróleo deve deixar as expectativas de inflação controladas e possibilidade de corte na Selic ainda existe

SEU DINHEIRO NA COPA

Não foi um chocolate: vitória magra contra a Suíça na Copa mantém Brasil como favorito entre apostadores; saiba quanto a seleção está pagando agora

28 de novembro de 2022 - 15:10

Com uma vitória de 1 x 0, a seleção de Tite garantiu a classificação para as oitavas-de-final e se manteve como a mais cotada para levar o caneco para casa, segundo o agregador de sites de apostas Oddspedia

Governança

Banco do Brasil (BBAS3) está ‘blindado’ contra interferência de Lula? Banco diz a investidores que estatutos suportam quaisquer mudanças na diretoria

28 de novembro de 2022 - 13:00

Lula disse durante a sua campanha eleitoral que iria “enquadrar” o Banco do Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies