Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-06-21T19:04:31-03:00
Seu Dinheiro no sábado

MAIS LIDAS: Esse filme eu já vi

25 de maio de 2019
18:59 - atualizado às 19:04
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Na semana em que o futuro pareceu repetir o passado, o assunto mais comentado não podia ser outro: o tsumani político que varreu Brasília.

O enredo que incluiu derrotas do governo no Congresso, investigações do Ministério Público, manifestações de rua e investidores à beira de um ataque de nervos de fato me trouxe recordações recentes, em um filme que não teve final feliz para a protagonista da história.

Quem também viu semelhanças entre a crise vivida por Bolsonaro e a enfrentada no começo da segunda gestão de Dilma Rousseff foi Tony Volpon, economista-chefe do banco suíço UBS.

Em entrevista ao Eduardo Campos, Volpon chamou a atenção para outra coincidência incômoda entre os dois momentos: a cotação do yuan, a moeda chinesa. A reportagem com o ex-diretor do Banco Central foi a mais lida da semana no Seu Dinheiro.

Mas antes de você conferir as outras campeãs de audiência, recomendo a leitura da análise que o Alexandre Mastrocinque fez sobre as ações da Vale.

Eu sei, trata-se de um tema polêmico, ainda mais com a empresa às voltas com problemas sérios em mais uma mina. Mas o Alê defende que, pelo menos do ponto de vista dos resultados, vale a pena comprar as ações.

Já para a Cielo a situação não anda nada boa para os acionistas. Ou, como escreveu o repórter Fernando Pivetti, deu ruim! A empresa de maquininhas de cartão controlada por Banco do Brasil e Bradesco retirou a projeção que havia dado para o lucro deste ano e ainda reduziu o pagamento de dividendos.

Veja as 5 notícias mais lidas da semana:

1 - Bolsonaro ainda pode escapar da maldição de Collor e Dilma, diz Tony Volpon do UBS

2 - O gigante Itaú, definitivamente, não está adormecido

3 - O mantra dos shoppings: comprem na loja, comprem no site, mas comprem de mim…

4 - Coaf de volta à Economia é derrota auto imposta pelo Congresso, não é derrota do Bolsonaro

5 - Caixa fará mutirão para renegociar dívidas de 3 milhões de clientes

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

diluição?

Notre Dame Intermédica avalia oferta de ações

Operadora de saúde verticalizada pode levantar R$ 2 bilhões com operação, segundo agência de notícias

MERCADOS HOJE

Ibovespa segue clima ameno no exterior e abre o dia em alta; dólar sobe após IGP-M

O cenário de cautela e otimismo se chocam no exterior. De um lado, a China parece se recuperar do coronavírus, de outro, a pandemia ainda parece longe de um fim. Com feriado nos Estados Unidos, liquidez deve seguir baixa

ainda ruim

Taxa de desemprego bate novo recorde no 3º trimestre

Desocupação sobe para 14,6% no trimestre encerrado em setembro, mas fica abaixo da mediana de estimativas

Nova tendência?

‘Efeito Grupo Mateus’ faz bancos de investimento colocarem o pé na estrada

Essa ida ao interior do Brasil deve trazer não só empresas grandes como o Mateus, mas empresas menores, que podem ser beneficiadas com uma nova abertura do mercado brasileiro para ofertas desse tipo

tá barato?

Fleury anuncia programa de recompra de até 3 milhões de ações

Recompra de ações é uma tática frequentemente utilizada por gestões que acreditam que os seus papéis estão valendo menos do que realmente deveriam

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies