🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Estadão Conteúdo
AGRADINHO

Maia nega que antecipação de auxílio-mudança a deputados tenha relação com sua reeleição

O benefício, equivalente a um salário – R$ 33,7 mil -, é tradicionalmente pago ao fim do mandato, que acaba em 31 de janeiro

Rodrigo Maia
Rodrigo Maia - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Em campanha para sua reeleição à presidência na Câmara, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) negou que a antecipação do auxílio-mudança esteja relacionada à sua candidatura.

Reportagem publicada neste sábado, 5, pelo Estado mostra que Maia antecipou o pagamento de auxílio-mudança aos deputados.

O benefício, equivalente a um salário - R$ 33,7 mil -, é tradicionalmente pago ao fim do mandato, que acaba em 31 de janeiro, mas foi depositado no dia 28 de dezembro na conta dos parlamentares.

"Não tem nada a ver [com campanha]. Se eu pagasse tudo junto neste ano, teria um impacto [orçamentário] muito grande", disse Maia.

Maia disse ainda que a reforma da Previdência será sua primeira prioridade na Casa. Depois disso, o foco será na Tributária. Ele lembrou que, como está em campanha para a reeleição, deverá entrar em contato com os 513 deputados.

O presidente da Câmara foi à Goiânia para visitar o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM-GO). Caiado aproveitou a visita para declarar seu apoio à candidatura do correligionário.

"Tenho certeza de que toda a bancada estará conosco", disse Caiado, em uma coletiva transmitida pelo Facebook, em referência aos deputados eleitos por Goiás. O governador deve se reunir com os parlamentares eleitos na próxima semana.

Na coletiva, Caiado disse que Maia pode ajudar a resolver a crise dos Estados. "Sei como fazer, vou te ajudar", disse Maia ao governador goiano.

Compartilhe

entrevista

‘Orçamento está falido e não deveria ser sancionado’, diz Rodrigo Maia

18 de abril de 2021 - 10:17

Para ex-presidente da Câmara, governo e Congresso tem responsabilidade por esse Orçamento em que as emendas parlamentares são maiores do que os gastos discricionários

em brasília

Para Maia, fechamento da Ford no Brasil reforça necessidade de reforma tributária

12 de janeiro de 2021 - 20:24

Para ele, a situação deve jogar luz também no debate sobre os benefícios tributários concedidos pelo governo, juntamente com a reforma

decisão em fevereiro

Maia anuncia bloco com centro e oposição para eleição da Câmara

18 de dezembro de 2020 - 20:22

Presidente da Câmara disse que esse bloco vai dialogar nos próximos dias para construção de um nome de centro-direta, mas não descartou a possibilidade de que ele saia, inclusive, do campo da esquerda

em brasília

Prestes a deixar a presidência da Câmara, Maia diz que Pazuello é um desastre, Guedes está enfraquecido e Bolsonaro é insensível

16 de dezembro de 2020 - 14:54

Críticas do parlamentar são feitas faltando dois meses para eleição no Congresso; atual presidente da Câmara deve demonstrar apoio a um candidato em breve, com apoio da oposição ao governo

criticando o governo

País começará 2021 sem clareza sobre rumo de gastos públicos, diz Maia

16 de dezembro de 2020 - 7:04

Presidente da Câmara reitera que há pouco espaço no teto para despesas e afirma que governo não consegue avançar agenda fiscal

entrevista

‘Demora da vacina é maior erro político de Bolsonaro’, diz Maia

12 de dezembro de 2020 - 14:43

Prestes a terminar seu mandato como presidente da Câmara, Maia disse ao Estadão que o governo está criando um “balcão” de negócios na Câmara para eleger o seu sucessor

disputas em brasília

Maia diz que a reforma tributária não será aprovada neste ano porque proposta tem seu ‘carimbo’

11 de dezembro de 2020 - 20:38

Segundo o presidente da Câmara, a indústria apoia a unificação de vários impostos no IVA para dar competitividade ao setor, ainda que o setor de serviços tenha críticas à proposta

compromisso

Maia descarta prorrogação do orçamento de guerra e do estado de calamidade

9 de dezembro de 2020 - 18:02

Ambas as normas valem apenas para 2020 e liberaram o governo do cumprimento das metas do orçamento devido à pandemia

Reeleição vetada

Maia: Minha cabeça sempre foi da escolha de sucessor (na presidência da Câmara)

7 de dezembro de 2020 - 12:59

Ele indicou que tem quatro ou cinco “ótimos” nomes que considera para a sua sucessão

Inconstitucional

STF barra reeleição de Maia e Alcolumbre no Congresso

7 de dezembro de 2020 - 8:05

Com os últimos três votos divulgados, o Supremo barrou a tese de reeleição de Alcolumbre por 6 votos a 5. Já para Maia, a derrota foi de 7 votos a 4

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies