Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-16T19:35:27-03:00
Estadão Conteúdo
Tensão no ar

Próximos três meses terão maior peso para o governo do que as eleições de 2020, diz Maia

Maia não acredita, contudo, que será possível concluir a votação dessa matéria no Senado e na Câmara até o fim do ano.

16 de novembro de 2020
19:07 - atualizado às 19:35
dsc_5770df
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira (16) que os próximos três meses no Congresso Nacional terão um peso maior para o governo federal e a articulação rumo às eleições de 2022 do que o pleito municipal deste ano.

Leia também:

Em palestra na Associação Comercial de São Paulo (ACSP), ele apontou que a força da gestão de Jair Bolsonaro à frente do Palácio do Planalto será conhecida depois do ciclo de votações no Congresso, protagonizado pela Proposta de Emenda à Constituição conhecida como PEC Emergencial e o Orçamento de 2021.

Para o parlamentar, o governo federal vai ter de tomar decisões difíceis em votações que não são simples. Maia destacou principalmente a PEC emergencial. "São cortes e realocação de recursos do orçamento primário atual para o orçamento de 2021 para que se possa não só atender um programa de transferência de renda, mas possa, também, continuar olhando a necessária redução do déficit primário brasileiro."

Maia não acredita, contudo, que será possível concluir a votação dessa matéria no Senado e na Câmara até o fim do ano. Nesse sentido, ele lamentou que a pauta da sua sucessão à frente da Mesa Diretora da Câmara tenha se misturado com a pauta de votações da Casa.

O deputado do DEM também comentou que não se deve, nas suas palavras, cair na armadilha de votar projetos "bonitos" e que têm "charme", mas não enfrentariam os problemas estruturais do País. Nesse trecho do pronunciamento, ele citou o projeto de facilitação da cabotagem enviado pelo governo federal.

"Não dá para fazer uma lista de dez projetos e fingir que a sociedade não entende o tamanho do problema fiscal", acrescentou.

Em seguida, Maia questionou, deixando as perguntas no ar, se o governo tomará a decisão de transferir verbas hoje dedicadas ao abono salarial para contemplar um programa de renda mínima, ou se terá coragem de cortar a indexação das aposentadorias que corrige a inflação para ampliar o Bolsa Família.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

TAMANHO FAZ DIFERENÇA?

Futebol combina com lucro? Conheça os principais candidatos a SAF e para que tipo de clube ela pode ser mais interessante

Porte do clube faz diferença na hora de se decidir pela possibilidade de transformação em Sociedade Anônima do Futebol

Fechamento Hoje

Tensão entre Rússia e Ucrânia e expectativa com reunião do Fed derrubam bolsas pelo mundo, e Ibovespa cai quase 1%, mas NY vira para o azul na reta final

Wall Street consegue uma virada impressionante e fechar em alta, depois de índices terem chegado a cair mais de 3%; Ibovespa reduziu perdas, mas ainda fechou com queda significativa, enquanto dólar subiu

NOVOS NEGÓCIOS

Google está de olho nas criptomoedas e vai criar unidade de negócio dedicada ao blockchain; entenda o que está por trás da decisão

Antes de se aventurar, gigante de tecnologia assistiu com cautela as movimentações das concorrentes para entrar no mercado de criptomoedas

MELHORA ARTIFICIAL

Pedidos de recuperação judicial caem em 2021 ao menor nível desde 2014

Para os especialistas os números do ano passado não representam uma recuperação econômica, mas uma melhora artificial no ambiente de negócios promovida por políticas públicas pontuais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies