Menu
2020-11-06T15:02:16-03:00
Estadão Conteúdo
agenda da casa

Candidato ao comando da Câmara sem agenda liberal não tem chance de vencer, diz Maia

Presidente da Câmara também afirmou que a base do governo precisa pensar em soluções para o próximo ano diante do cenário de crise

6 de novembro de 2020
15:02
maia
Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que um candidato à sua sucessão, para as eleições de fevereiro do ano que vem, sem agenda liberal não terá chance de vitória.

"A minha opinião é que nenhum candidato a presidente da Câmara que não defenda uma agenda liberal na economia tem chance de sair vitorioso no plenário da Câmara", disse o deputado em evento promovido pelo Banco Itaú nesta sexta-feira, 6.

"A gente está vendo movimentos, e sabe que esses movimentos estão trazendo deputados que querem a presidência para um discurso que nunca fizeram", afirmou.

Maia ressaltou que, no sistema do País, o presidente da Câmara tem um papel decisivo no avanço de reformas estruturantes. "É claro que eu vou sempre defender um presidente da Câmara que garanta a harmonia dos Poderes, mas principalmente sua independência. Uma segunda questão que a gente vai ter que saber é se no exercício da presidência ele vai ser um presidente que vai assumir esse papel. Como eu disse, no sistema brasileiro, é fundamental. Não tem como avançar reformas sem a participação efetiva do presidente da Câmara no parlamento brasileiro", afirmou.

O presidente da Câmara também afirmou que a base do governo precisa pensar em soluções para o próximo ano diante do cenário de crise. Ele quer retomar a pauta do Legislativo depois do fim do primeiro turno das eleições municipais no dia 16, mas disse estar em dúvida sobre qual é a posição do governo em relação aos projetos.

"Não sei se teremos céu de brigadeiro ou com muita turbulência. Hoje eu acho que teremos mais turbulência porque o governo não é só a equipe econômica e não sabemos qual vai ser a posição do governo em questões muito difíceis e polêmicas", disse no evento organizado pelo banco Itaú.

Ele voltou a fazer a defesa do teto de gastos e disse que o ministro da Economia, Paulo Guedes, vai ter de ter capacidade para convencer governo e sua base sobre a importância de não se furar a regra. "Eu acho que o grande desafio é a gente conseguir tirar a inércia dos gastos extraordinários de 2020", disse. "Guedes vai ter de ter capacidade de mostrar que é impossível esse furinho no teto", disse.

Governo Bolsonaro

Maia disse ainda que os próximos seis meses serão decisivos para o fortalecimento ou enfraquecimento do governo do presidente Jair Bolsonaro. "Se o governo não organizar o Estado, abrirá espaço para que outras correntes possam pensar em construir suas candidaturas para 2022", afirmou.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Após vacinação e apoio fiscal

Economia dos EUA está “em ponto de inflexão” positivo, diz Powell, do Fed

Economia norte-americana está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, afirmou presidente do banco central norte-americano em entrevista

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies